Sigmund freud



Baixar 326.96 Kb.
Página7/8
Encontro05.12.2017
Tamanho326.96 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8

Dragon Ball

Animação japonesa, com muita pancadaria e esquisitices, cuja temática são as Artes Marciais, já virou febre, não só entre as crianças, mas também entre os adolescentes.O desenho é o mais assistido atualmente da TV paga (Cartoon Network), com audiência média de 9 pontos (lembrando que cada ponto, equivale a 80 mil telespectadores). O desenho estreou no Japão (pra variar...) em 1986 e levou 10 anos para desenrolar-se em três fases: - Dragon Ball, Dragon Balll Z e Dragon Ball GT. O desenho, que também faz sucesso na TV aberta, em sua trama mirabolante, mistura alienígenas, dragões e uma dose de simbologia ocultista. O personagem principal é Goku, um garoto que sai pelo mundo em busca de 7 esferas de cristal que, quando juntas, invocam um dragão (Shen-lon) que satisfará seus desejos. A história tem também um Mestre (este não podia faltar) que o fará um grande lutador, de quebra, um demônio chamado Piccolo. A febre também atingiu as histórias em quadrinhos e, 130 mil revistas já são vendidas mensalmente, sem falar, é claro, dos games, brinquedos e outras quinquilharias com o personagem. Pode-se observar também, a inserção subliminar do número 666, também conhecido como 'número da besta', na porta do carro do personagem Mr. Satã. (Revista Veja-18/07/01)



Digimon

Animação japonesa que segue os mesmos moldes de todas anteriores. Não faltam seres sinistros encapuzados, monstros, e um enredo que envolve os pequenos pelas sequências das cenas, das cores utilizadas e a trama, sempre envolvente. Analisamos um episódio de Digimon e, numa cena quase que imperceptível, quando pausada em "slow motion" verificamos a presença de uma simbologia bastante complexa, numa antiga mesa de pedra. Nela havia várias inscrições entalhadas de Pentagramas (o signo mais antigo do satanismo) e, do lado direito, um esquado entrecortado por um compasso, ícones maiores da maçonaria. Depois de fazermos inúmeros testes com públicos de diferentes idades em nossas palestras, ficou comprovada a eficiência desta inserção subliminar.



Pokémon

Criados pelo japonês Satoshi Tajiri, que,quando pequeno, além de criar insetos, tinha uma fixação:ser entomologista. Com seus sonhos frustrados devido à ocupação imobiliária de seu país, no final da década de 70 com a construção de grandes shoppings nas áreas de agricultura do arroz, Tajiri, criou os Pokémons na forma de lagartas, traças e caranguejos, espalhados por bosques e rios virtuais. Com a ajuda de um amigo, Pockémon virou um game em 1996, quando o projeto foi comprado pela Nintendo.(Revista Época-27/12/99). Dado o sucesso do jogo, logo se transformou em Desenho Animado e, em seguida, filme, ou melhor "O Filme" que, até o início de dezembro de 99, ou seja, com poucos meses de lançamento, já havia arrecadado US$ 80 milhões. Quanto às suas influências, visite as seções "Nos Games" e "Notícias".



Acidentes e Crimes influenciados pelos filmes/vídeos.

  • Na tarde do dia 16/dez/97, quase 12 mil crianças japonesas foram afetadas pelas cenas de Pokémon, desenho animado que nasceu de um mini-game, virou desenho animado e depois filme no cinema. Do total das pessoas afetadas pelo desenho Pokémon, que é uma junção das abreviatura de Pocket (bolso) e Mon (monster=monstro), 700 precisaram ser internadas em hospitais locais no Japão. Elas foram vítimas de ataques de um caso raro de epilepsia, chamado de Epilepsia Fotossensível provocados pela explosão de flashes coloridos, em golpes luminosos desferidos contra Pikachu e seus colegas. O bombardeio de luzes teria provocado esta espécie de ataque epilético. Este fato fez com que Pokémon fosse tirado do ar durante quatro meses. (Revista Época-27/12/99) Leia mais a respeito desta causa, em "Perigo à Vista" na Seção "Nos Games".

  • Ainda sobre os 'Pokémon': Quatro alunos de segundo grau foram presos na Filadélfia, por atacar outros estudantes a fim de furtar cartões com exemplares de Pokémon. Um estudante de 14 anos, foi esfaqueado em Quebec, no Canadá, em uma briga também pelos cartões. Na Carolina do Sul, um menino foi acusado de quebrar uma vitrine para roubar cartões no valor de 250 dólares. (Revista Educação). Este desenho foi banido da TV na Turquia. O governo tomou esta medida depois que duas crianças morreram depois de se jogarem da varanda dos apartamentos onde moravam. Elas teriam feito isso influenciadas pelos superpoderes dos personagens dos desenhos. Mais detalhes na seção:"Notícias".Veja mais sobre Pokémon, na seção: "Nos Games".

  • O estudante Vitor Alexandre dos Santos, 21 anos, matou em dez/98, a avó, o tio, a tia e a mãe para cumprir uma missão designada por 'vozes do além'. Os crimes ocorreram em Mirandópolis (SP) onde morava, e suas relações com "Spawn, o Soldado do Inferno" são muito evidentes. A forma como ele agia lembra o personagem do filme, do qual o estudante anotou um trecho do texto, que depois foi encontrado pela polícia. Spawn estrangulava as vítimas com as mãos . A exumação dos corpos revelou que Vitor quebrou o hióide - osso do pescoço - dos parentes, conforme constatado pela perícia. (Folha de S.Paulo-16/12/98).

  • Em maio de 99, em Denver, Colorado (EUA), dois jovens abriram fogo contra dezenas de colegas na escola. Tinham idéias nazistas, fabricavam bombas através da Internet, eram viciados no jogo 'Doom', e é muito provável que tenham se inspirado no filme 'Diário de um Adolescente' estrelado por Leonardo de Caprio, que interpreta um jovem drogado de N.York, que jogava basquete nos anos 60. Num de seus delírios, imagina-se na sala de aula de sua escola, vestido com uma capa preta e matando todos ao seu redor. Coincidência ? (Fonte:Vários jornais, revistas e noticiários de TV-Maio/99)

  • Em fev/00, o país assistiu chocado a uma cena brutal. O menino D.J.G, de 9 anos, deu 40 facadas nas costas de sua amiga M.D.N., de 7 anos, enquanto assistia a um programa de TV. O menino disse à polícia que agiu inspirado no filme "Brinquedo Assassino", que havia visto na televisão uma semana antes. No filme, o boneco Chucky 'incorpora' o espírito de um criminoso e passa a matar as pessoas. Trata-se de uma produção americana de 1988 que fez tanto sucesso que teve mais duas continuações, uma delas a 'Noiva de Chucky'. A menina só não morreu porque a faca utilizada era dentilhada, o que dificulta a penetração da mesma no corpo. (Jornal da Tarde-10/fev/00, Revista Educação mar/00)

  • Os Power Rangers foram proibidos no Canadá . A Corte Suprema chegou a conclusão que a maioria dos crimes na adolescência era devido a influência deles. Foram criados por uma seita satânica no Japão - Iokamura em 1972. Um garoto estava brincando no Panamá, com os P.Rangers das 8 as 12 hs, quando caiu e começou a retorcer-se. Levantou-se, pegou uma faca e tentou matar o irmão de 2 meses e dizia "No Risen to live" - Não há razão para viver.; conforme a tradução que vai para o Panamá. Crianças no Panamá estão se suicidando por causa dos Power Rangers.(Dr.Josue Yrion -USA-97).

Notas:

A Influência da violência na TV:

O psicólogo americano Leonard Eron, em 1960, entrevistou 835 crianças em Nova York e observou o papel da TV em sua existência. Ele viu que, quanto mais programas violentos assistiam, mais agressivos eram. Em 1971 e em 1980 ele entrevistou o grupo de novo e verificou que muiitos daqueles que tinham sido cosumidores vorazes de violência na TV tiveram comportamentos hostis na adolescência e como adultos. Quanto mais agressivos eram aos 8 anos, piores tendiam a ser aos 20 e aos 30, protagonizando um maior número de prisões e condenações. (Rev. Super interessante-Ago/99).



Novela das sete fez merchandising "collorido":

Euclydes Marinho, autor da novela "Andando nas Nuvens", da Rede Globo, não satisfeito com os três personagens com o nome de sua mulher, Lilibeth Monteiro de Carvalho, que por sua vez, já foi mulher do ex-presidente Fernando Collor de Mello, criou dois personagens com os nomes dos filhos de Lilibeth com o ex-marido, Arnon Monteiro e Joaquim Pedro. Até aí, não há lei que impeça autores de novela colocarem nos seus personagens os nomes de seu agrado, se não existisse por trás destes nomes, interesses além das 'nuvens':Fora da TV, Arnon Affonso de Mello Neto é presidente do CSA, e a novela fez um merchandising do clube, onde numa cena, Alex (Otávio Augusto) aparece ouvindo um radinho de pilha, vestindo a camisa do time alagoano (CSA) e comemorando um gol enquanto diz que "o CSA é o maior time do Brasil". (Folha de São Paulo - 20/10/99)



Chucky & Maria João da Uga Uga!

Confirmado: a personagem Maria João (Vivianne Pasmanter), da novela Uga Uga!, foi mesmo inspirada em Chucky, o brinquedo assassino!(Revista Época-28/08/00)



Referências:

- Os Teledependentes - M.Alfonso Erausquin - Summus Editorial - S.Paulo - 1980

- A Criança e a Televisão - Luiz Teixeira - Ed. Loyola - S.Paulo - 1985

- Educação e Manipulação - Franz-Dietrich Poelert - Alemanha - 1988

- Oralidade, escrita, visualidade - Meios e modos da construção dos indivíduos e das sociedades - Perturbador mundo novo, apud Televisão e criança: um binômio incompatível - E. Samain - Unicamp - 1993

- Revista Superinteressante - Editora Abril - Junho/99.

Real Perigo

 

          Muitas vezes vemos filmes do cinema ou da televisão os personagens falando de lavagem cerebral, guerra psicológica, desinformação, hipnotismo e mensagens subliminares.



"A primeira vez em que vi uma explicação dos poderes da tecnologia de comunicação subliminar foi num episódio da série policial Columbo. Depois, vi filmes como They Live, do Carpenter, só tratando da manipulação subliminar, até chegar no Arquivo X, no episódio "Senha", no qual são abordados os subliminares governamentais." Flávio Calazans

           Hoje com a atual tecnologia existem sofisticados aparelhos subaudíveis/visuais, ondas de rádio, etc...que fazem o experimento de Jim Vicary parecer brincadeira de criança. As mensagens subliminares são empregadas para ensinar idiomas enquanto o estudante dorme, para vender produtos e até eleger Presidentes da República. Existem grandes empresas que colocam vírus nos computadores que fazem piscar na tela (efeito flicker) frases como "trabalhe mais rápido", para aumentar a produtividade dos empregados. Também supermercados instalam som ambiente com frases "sou honesto" e "roubar é errado", a fim de reduzir os índices de furtos entre os clientes, e bancos agem de forma semelhante para estimular aplicações financeiras.

           Nem todo o subliminar é mau e nocivo; veja, além das artes, os subliminares didáticos e terapêuticos para curar fobias e traumas psíquicos.

 Cores


 

A seguir dois exemplos de centenas de outras logo marcas trabalhadas com os mais modernos conhecimentos de indução psicológica da vontade. Onde é mostrado o funcionamento das cores (Psicologia das Cores) aplicadas ao Subliminar.



Coca-Cola = preto e vermelho, onde preto indica abafado e o vermelho calor, então, abafado + c+ calor dá a sensação de SEDE.alor dá a sensação de SE



Mc Donalds = amarelo e vermelho, onde o amarelo indica vazio e o vermelho calor, então vazio + calor sugere FOME (também sede) de comida quente

 

 http://www.terravista.pt/ilhadomel/5004/



http://www.calazans.ppg.br/home.htm

http://www.geocities.com/edsonkb/

http://www.geocities.com/Area51/Hollow/8261/sublim.htm

http://www.geocities.com/Brodway/Wing/6556/index2.html

http://www.quel1979.hpg.com.br

http://www.mensagemsubliminar.com.br

Teoria da Comunicação Subliminar. Trajetória e questões contemporâneas da publicidade brasileira; org. por J. B. Pinho. São Paulo, Intercom, 1995. p.147-161.

----. Subliminal for a new world. Comunication for a new world: brasilian perspectives; edited by José Marques de Mello. ECA-USP , 1993. p.77-87.

----. Propaganda Subliminar Multimídia. Anuário de Inovações em Comunicação e Artes. ECA-USP, 1991, p.343-353.

 

http://www.members.aol.com/Ryanbut/optical.html



http://www.solute.com.br/vwg

 
O que você vê na figura abaixo?

 

 

Esta propaganda que tem cunho de mensagem sexual, é de uma marca de bolo. Como sempre, a embalagem para apenas mostrar o produto, mas ampliando-se a imagem vê-se um genitália feminina tumescente, segundo os estudiosos.



 

Quando se olha para essa imagem, imagina-se apenas mais uma inofensiva propaganda de bebida alcoólica. Mas, estudando-se cuidadosamente a imagem...

 

 

... observa-se, claramente, que uma das gotas da bebida forma um órgão sexual masculino.



 

E neste anúncio da Camel o que você vê?

 

 

Deixe eu aproximar a imagem...



 

 

E agora você viu?



 

Veja a Gravura abaixo o que você vê nela? Atenha-se aos detalhes. 

 

 

Repare: a gravura que parece somente algumas flores, esconde por trás a palavra SEX.



 

 

            Estas formas de persuasão, estão ligadas diretamente com os nossos prazeres inibidos, retraídos, que são eles: o sexo, a morte e a auto destruição. Quanto ao sexo: nota-se que é o tipo de interação humana de maior controle moral. Desde pequenos nos interessamos por ele, e desde pequenos isto nos é retraído. Podendo ser pelo simples fato de quando pequenos termos saído pelado na rua, e de longe ter a mãe a gritar: -"Meu filho, vai botar uma roupa!".



             Esta gravura foi usada por uma grife de roupa. A gravura original tem cinco cores, tornando assim mais difícil ainda a percepção visual, mas a percepção neural não muda quase nada.
Você vê dois amantes se beijando?

 

Você vê três rostos?

Que figura você vê?



 

Anjos ou demônios?



Rei Leão

 

Pode ser inacreditável, mas foram encontradas propagandas subliminares com objetos em; anúncios de provedores de internet, desenhos animados do Walt Disney ( Rei Leão, Pequena Sereia e Bernado e Bianca - relacionados com o sexo), propagandas de cigarro da Camel e muitos outros.



 Veja este belo desenho de Walt Disney, O Rei Leão.

 

Nesta cena, Simba pula em folhas secas que voam e formam a palavra SEX.



 

 


 

E nesta cena em que o padre...

 

 

E o mais grave é que quem percebeu isso foi uma criança.



 

 

Você lembra do desenho "The Rescuers" - Bernardo e Bianca, da década de 80?

 

 



 

Cartaz do filme Silêncio dos Inocentes. O filme Silêncio dos Inocentes ganhou Oscar e seu cartaz está na capa do livro homônimo, publicado pela Editora Record.

 

 

 





NOS VÍDEOS

A primeira experiência com mensagem subliminar no cinema oficialmente ocorreu em 1956. Este fato veio a público por meio de uma publicação no jornal 'Sunday Times' de Londres, em 10 de junho de 1956, através de seu correspondente em Nova York.

Jim Vicary instalou em um cinema de Nova Jersey um segundo projetor, que tem capacidade para projetar imagens com a velocidade de 1/3.000 de segundos, ou seja, totalmente imperceptível conscientemente aos olhos humanos.

Este aparelho projetou as frases 'Eat Popcorn' e 'Drink Coke' respectivamente, sobre a tela, durante a projeção do filme "Picnic", com Kim Novac ('Férias de Amor' no Brasil). Observou-se um aumento considerável de vendas dos dois produtos.

A experiência se repetiu novamente poucos dias depois, e os dados oficialmente `computados registraram que a mensagem escondida e percebida inconscientemente "Beba Coca" provocou um aumento das vendas do refrigerante da ordem de 57,7 % e "Coma pipoca" da ordem de 18,10 % no consumo de pipocas.

Alguns autores e pesquisadores nesta área tem se confundido ao classificar a experiência de Vicary como a de ''inserção de imagens" usada pela Disney nos desenhos animados. Esta técnica consiste em inserir ou 'esconder' uma imagem a cada 24 quadros por segundo, que é o mínimo que o olho humano precisa para ter noção do movimento.

A técnica de se inserir mensagens comerciais dissimuladas de produtos no cinema e televisão é comumente chamada de 'merchandising' (lê-se: merchandáising). A técnica não é nada recente. Na década de 30 o cinema americano já se utilizava deste artificio para cobrir parte ou até a totalidade dos custos de produção.

No Brasil, desde o tempo da 'Cinédia' ou 'Atlântida' vários produtos eram anunciados nas cenas das chanchadas em troca de ajuda financeira para cobertura de despejas nas filmagens. (vide revista Marketing-jul/87) O cinema tem sido responsável também pelo crescente aumento da delinqüência e violência juvenil.

De acordo com Luiz Gondim, psiquiatra, há uma indefinição, uma imaturidade própria da idade. Na falta de um referencial, os jovens imitam os personagens de Van Damme, Stallone, entre outros, dos filmes violentos. A mídia é responsável por esta geração violenta.

Os personagens das novelas são sempre mau caráter. São estes valores que crianças e jovens estão recebendo. O que você vê nos Shoppings são mães imitando a moda da programação da TV, com as filhas vestidas a caráter.

A psicóloga Loren Bisk, que lida com assuntos religiosos, diz que 'estamos diante de uma conhecida revolta de adolescentes, movidos por radicalismos. Segundo ela, o fundamentalismo religioso explica o satanismo infantil, comum aos criminosos.

H á vinte anos atrás, o filme "O Exorcista" viria revolucionar todo conceito sobre suspense, terror, medo e sadomasoquismo já levados às telas. Como explicar que até as cenas silenciosas pudessem causar um suspense tão palpitante?

Por que cenas de possessão e exorcismo tão reais como nunca vistas antes, foram tão imitadas ou copiadas por dezenas de outros filmes que o sucederam? Deveria haver algo por trás, algo que não vemos, manipulando o subconsciente.

Segundo W.B.Key, o produtor deste filme admitiu publicamente que ele continha 'mensagens subliminares' violentas e assustadoras (Media Sexploitation, pag.98 a116).

E o que dizer do "Silencio dos Inocentes", filme produzido pela Orion, estúdio as portas da falência e que , com um investimento ínfimo se comparado as superproduções de Spielberg, consegue arrebatar o "Oscar" de melhor filme, melhor diretor, melhor ator, melhor atriz e melhor roteiro adaptado?

E na nossa sociedade, como explicar a crescente dissolução das famílias, a rebelião contra a sociedade e as leis, o distanciamento cada vez maior de uma formação religiosa, as tatuagens e marcas cada vez mais presentes nos jovens e adolescentes *quase sempre figurando simbologias ocultistas?

Como explicar o interesse compulsivo em músicas "heavy metal", drogas, bebidas, livros e revistas ocultistas, vídeos, programas de TV e filmes de terror? E a mudança cada vez mais nítida de comportamento psicossocial como depressão, medo, insônia, imoralidade, explosões de ira, pesadelos e calafrios, queda acentuada no comportamento e aproveitamento escolar?

E o aumento assustador nos índices de homicídios e suicídios entre jovens e adolescentes? Sim, havia e há muita coisa por trás de tudo isto, algo que escapa do nosso controle consciente: as Mensagens Subliminares.



NAS H.Q.

Há muito tempo as histórias em quadrinho fazem parte do nosso dia a dia, e, talvez por esta razão não tenhamos percebido que além de um simples lazer elas são tambem um potente meio de propaganda comercial, educativa, política, ideológica, religiosa, etc.

As histórias, harmonizando texto e imagem, grafismos, cores transportam o leitor desde a mais tenra idade, a um mundo de fantasia. Neste mundo, na maioria das vezes, o aficcionado se desliga da sua realidade e passa a viver a utopia das histórias, como personagem principal, coadjuvante ou apenas como simples 'carona', numa viagem ao mundo primitivo, ao velho oeste, ou até mesmo a uma excursão interplanetária.

As mensagens nas HQ podem ser consideradas subliminares, devido ao fato de que o leitor se 'prende'à emoçao do texto, focando praticamente só os balões onde estao inseridos, enquanto a visão periférica capta as imagens de relance, lançando seu conteudo ao subconsciente.



As histórias em quadrinhos tanto podem educar, como também podem 'ensinar' como fazer um pacto com o diabo!



Veja que interessante! Até as HQs fazem referência às mensagens subliminares na música.

(A revista em questão é a edição nacional de Homem-Aranha 2099 nº16, na estória do Incrível Hulk 2099 de 1992, lançada pela editora Abril em 1995. O argumento da estória é de Gerard Jones e o traço é de Dwayne Turner..)



1   2   3   4   5   6   7   8


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal