Sociedade brazilisense de doenças torácicas



Baixar 7.95 Kb.
Encontro26.06.2018
Tamanho7.95 Kb.

SOCIEDADE BRAZILISENSE DE DOENÇAS TORÁCICAS


Resenha 02 - 31/03/10

Título: Effect of procalcitonin-based guidelines vs standard guidelines on antibiotic use in lower respiratory tract infections: the proHOSP randomized controlled trial.
Periódico: JAMA 2009; 302(10):1059-1066.
Autores: Schuetz P, Christ-Crain M, Thomann R, Falconnier C, Wolbers M, Widmer I et al.
Área de interesse: Infecção de Vias Aéreas Inferiores.


Introdução/Objetivos: A procalcitonina é um biomarcador sérico para infecções bacterianas, potencialmente útil para balizar a prescrição de antimicrobianos nas infecções do trato respiratório inferior. O objetivo do estudo foi verificar se um algoritmo de decisão que incluísse esse biomarcador poderia reduzir a exposição do paciente a antimicrobianos, sem aumentar o risco de desfechos indesejáveis.

Métodos: Todos os pacientes foram recrutados em prontos socorros de seis hospitais terciários da Suíça, com sintomas de infecção do trato respiratório inferior. Dois terços dos participantes tiveram pneumonia comunitária. No braço experimental foi utilizado um algoritmo que incluía os níveis séricos da procalcitonina na decisão de prescrever e, posteriormente, interromper os antimicrobianos. Sumariamente, todo paciente com procalcitonina 0,25 ug g/l foi prescrito com antimicrobiano; a partir de então os níveis séricos foram monitorados no 3º, 5º e 7º dias; o tratamento era encerrado quando a procalcitonina ficasse abaixo do ponto de corte. Para aqueles casos que, na avaliação inicial, a procalcitonina estivesse ≤0,25 ug g/l, o paciente não recebia antimicrobiano, a não ser que exibisse critérios de gravidade e de risco, bem definidos no protocolo. O grupo controle utilizou consensos internacionais (ATS/ERS) baseados em evidências.

Resultados: Após 30 dias, uma proporção semelhante nos grupos tinha evoluído para óbito, foram admitidos em UTI, apresentaram complicações ou tiveram uma infecção recorrente: 15,4% (103/671) no grupo procalcitonina contra 18,9% (130/688) no controles (diferença de -3,5%, 95%IC de -7,6 a 0,4). Os controles receberam 3 dias a mais de antimicrobianos em relação ao grupo procalcitonina (8,7 versos 5,7 dias) e foram considerados mais propensos a experimentarem efeitos colaterais (28,1% contra 19,8%; diferença -8,2%, 95%IC -12,7% a -3,7%).

Discussão/Conclusão: Em pacientes com infecção do trato respiratório inferior, uma estratégia de decisão baseada num algoritmo que considere os níveis de procalcitonina resulta em taxas semelhantes de resultados adversos, como também taxas inferiores de exposição antibiótica e efeitos adversos antimicrobiano-associados.

Comentários: Esse artigo mereceu comentários no BMJ1 e JWatch Emergency Med.2 Trata-se do maior ensaio clínico publicado sugerindo que o tratamento das infecções do trato respiratório inferior, baseado em uma dosagem rápida de procalcitonina, reduz a exposição a antimicrobianos, protegendo contra efeitos colaterais, sem interferir na recuperação clínica.  O editorial que comentou o artigo considerou os resultados encorajadores, embora preliminares.3 Mais estudos deverão ser conduzidos em outras populações, também considerando custos e efetividade. O estudo recebeu duas cartas que, essencialmente, criticaram a extrapolação desses resultados para pacientes menos graves, conduzidos em ambiente de atenção primária;4 e se a redução no tempo de utilização de antimicrobianos no braço procalcitonina não poderia ser obtido com uma atenção maior para essa questão no grupo controle, considerando as recentes evidências.5

Artigo resumido e comentado por Paulo Sérgio S. Beraldo - TE SBPT 2008, responsável técnico pelo Laboratório de Função Pulmonar do SARAH Centro, Brasília, DF. Se você é sócio da SBDT, qualquer uma das citações dessa resenha poderá ser obtida em nossa secretaria (Samuel Bastos, sbdt@ambr.com.br).



Referências

  1. All you need to read in the other general journals. Procalcitonin tests help control antibiotic prescribing. BMJ 2009; 339(658):658.

  2. Procalcitonin Algorithm Reduces Antibiotic Use for Lower Respiratory Tract Infections. JWatch Emergency Med 2009; 2009:1.

  3. Yealy DM, Fine MJ. Measurement of Serum Procalcitonin: A Step Closer to Tailored Care for Respiratory Infections? JAMA 2009; 302(10):1115-1116.

  4. Cals JW, Metlay JP. Procalcitonin-Based Guidelines and Lower Respiratory Tract Infections. JAMA 2010; 303(5):418.

  5. Stijnis C, van Nieuwkoop C, van Dissel JT. Procalcitonin-Based Guidelines and Lower Respiratory Tract Infections. JAMA 2010; 303(5):418-419.


Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal