Teste por líquidos penetranters



Baixar 34.63 Kb.
Encontro30.01.2018
Tamanho34.63 Kb.

CETREND-MG

Centro de Treinamento em END de Minas Gerais

PROGRAMA DO CURSO

ENSAIO POR ULTRA-SOM – NÍVEL 2




Folha: /

Revisão: 00

Elaboração: Etevaldo José Miranda

Aprovação: Adolpho Soares

Data: 16/06/04




OBJETIVO: 1. CONHECIMENTOS GERAIS

CONTEÚDO



    1. Processo e defeitos

      1. Processos primários e defeitos relacionados

      2. Processo de fabricação e defeitos relacionados

    2. Materiais em serviço

      1. Comportamento dos materiais em serviço

      2. Condições de serviço determinantes de defeitos e falhas

  1. Corrosão

  2. Fadiga

  3. Desgaste

  4. Sobrecarga

  5. Fratura frágil

      1. Conceitos de ruptura dos metais

    1. Qualidade e padronização

      1. Definição de qualidade, qualidade e controle e padronização

      2. Aplicação de um sistema de qualidade

      3. Exame, ensaio e inspeção

      4. Padrões, códigos, especificações e procedimentos

      5. Protocolos, registros e relatórios

OBJETIVO: 2. TERMINOLOGIA, PRINCÍPIOS FÍSICOS E FUNDAMENTOS DE ULTRA-SOM

CONTEÚDO


    1. A natureza das ondas ultra-sônicas

    2. Característica de propagação das ondas

      1. Freqüência

      2. Amplitude

      3. Comprimento de onda

      4. Velocidade

      5. Impedância acústica

      6. Pressão acústica

      7. Energia acústica

      8. Intensidade acústica

    3. Tipos de ondas ultra-sônica e suas aplicações

      1. Ondas longitudinais

      2. Ondas transversais

      3. Ondas superficiais

      4. Ondas de Lamb

    4. Comportamento das ondas ultra-sônicas: incidência normal e angular; reflexão e refração; modo de conversão

    5. Energia de transferência de um meio para o outro

      1. Geração das ondas ultra-sônicas

      2. Energia perdida nos vários meios

    6. Efeito piezoelétrico e magneto restritivo dos cristais

    7. Características dos feixes sônicas

      1. Campo distante e campo próximo

      2. Influência da velocidade do som e tamanho do transdutor

      3. Campo de divergência

    8. Atenuação do som: causa e efeito: princípios e medida da atenuação

OBJETIVO: 3. TÉCNICAS DE ENSAIO E SUAS LIMITAÇÕES

CONTEÚDO


    1. Métodos de ensaio: método de transmissão; pulso-eco; método de ressonância; método automático e semi automático

    2. Transdutores: de incidência normal; angulares especiais

    3. Técnicas: Tandem; Transdutor focado; Duplo cristal; ondas superficiais; imersão

    4. Limitações na aplicação do ensaio ultra-sônico.

    5. Técnicas de dimensionamento do defeito: Queda do 6db; 20 db; Distância-Ganho-Tamanho (DGS)

    6. Detecção de descontinuidade

      1. Sensibilidade das reflexões

      2. Resolução

      3. Determinação do tamanho da descontinuidade

      4. Localização da descontinuidade

    7. Sensibilidade do ensaio

      1. Correção distância amplitude ( DAC)

      2. DGS

      3. Atenuação e correção de transferência

    1. Sistema de classificação de ecos: Planos repostas 1,2,3a,3b,4 (BS 3923); defeitos planares; defeitos volumétricos; reflectores discreto; reflectores difuso

OBJETIVO: 4. EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS

CONTEÚDO


    1. Construção e modo de operação dos equipamentos de ultra-som

      1. Função dos elementos eletrônicos de uma instrumentação típica

      2. Tipos de instrumentação:

  1. portáteis

  2. laboratório

  3. digital

  4. instalação automática

    1. Característica do equipamento e sistema de controle

      1. Propriedades dos amplificadores vertical e horizontal

      2. Correlação entre potência e freqüência, potência de transmissão, damping

      3. Linearidade

      4. Saturação e limiar de amplificação

    2. Apresentação do sinal: Amplitude do eco e seu controle; A-Scan; B-Scan; C-Scan; Correlação sobre sinais digital e analógico

    3. Instrumentação de controle

      1. Monitores automáticos

      2. Interface computadorizada

      3. Registros, impressão e registros coloridos

OBJETIVO: 5. CALIBRAÇÃO DO SISTEMA DE ENSAIO

CONTEÚDO


    1. Calibração do Equipamento

      1. Linearidade Horizontal

      2. Linearidade Vertical

    2. Verificação do Transdutor

      1. calibração do Bloco V1 e V2

      2. Sensibilidade do Transdutor

      3. Resolução do Transdutor

      4. Verificação do Transdutor angular

    3. Curva de calibração em corpos-de-prova curvados

    4. Construção da curva de correção Distância - Amplitude (DAC)

    5. Método DGS

    6. Meio de acoplamento

OBJETIVO: 6. APLICAÇÕES ESPECIFICAS

CONTEÚDO


    1. Métodos de inspeção

      1. Corpos-de-prova fundidos

      2. Corpos-de-prova soldado

      3. Componentes e sistemas

      4. Materiais austeníticos

      5. Corpos-de-prova forjados

      6. Materiais não metálicos (cerâmicos, plásticos, etc.)

      7. Estruturas ligadas (soldadas)

OBJETIVO: 7. CÓDIGOD, PADRÕES, ESPECIFICAÇÕES E PROCEDIMENTOS

CONTEÚDO


    1. Códigos, Padrões e especificações especialmente relacionadas com o ensaio de ultra-som

    2. Procedimentos de ensaio:

      1. Seleção de equipamentos

      2. Posição e direção de varredura

      3. Calibração

      4. Procedimentos de comparação

        1. Padrões e referência

        2. Relação Área de amplitude e distância

        3. Aplicação dos resultados de outros métodos de END

      5. Objeto de investigação (appraisal)

      6. Histórico do componente

      7. Interpretação do código/ especificação

      8. Tipo e localização de descontinuidade.

  • Especificações

  • Procedimentos

OBJETIVO: 8. REGISTRO E AVALIAÇÃO DE RESULTADOS

CONTEÚDO


    1. Resposta do equipamento a vários tipos de defeitos

    2. Avaliação de descontinuidade de acordo com as especificações, padrões e códigos

    3. Registros e relatórios dos resultados dos ensaios

OBJETIVO: 9. TÉCNICAS ESPECIAIS



CONTEÚDO


    1. Problemas especiais de inspeção e técnicas usadas para resolvê-los

    2. Técnicas automáticas e semi-automáticas de ensaio

    3. Técnicas especiais de processamento de dados (resultados)

    4. Time of flight diffraction

    5. Ultra-som automático (P Scan)

    6. Phased array

    7. Varredura (C Scan portátil)

    8. Mapeamento e detecção de corrosão (T Scan)

    9. Ondas guiadas (Guided waves)


Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal