The new ford kuga



Baixar 380.02 Kb.
Página1/4
Encontro25.02.2018
Tamanho380.02 Kb.
  1   2   3   4

O NOVO FORD Kuga
índice pág.
O novo Ford Kuga - Introdução 3


  1. O Kuga em resumo 4

1.1: Bases sólidas 4


  1. Design carismático 7

2.1: Grande estilo interior 11


  1. Ambiente interior 13

3.1: Confortável e prático com espaço para cinco adultos 13

3.2: Adaptável e funcional 15


4. Níveis de equipamento 17

4.1: Kuga Trend 17

4.2: Kuga Titanium 18
4.3: Plataforma para uma maior personalização 18

5. Motorizações 20

5.1: Simbiose perfeita 20

5.2: Económico e eficiente 21


  1. Tecnologias de assistência ao condutor 22

6.1: Interruptor de arranque “Ford Power” (Arranque sem Chave)

e Abertura sem Chave 23


6.2: Câmara traseira 24
6.3: Porta da bagageira com duas aberturas independentes 24
6.4: Sistema de abastecimento de combustível Ford Easyfuel

6.5: Tomada de 230 Volt 25

6.6: Sintonizador de rádio digital (DAB) 26

6.7: Módulo de ligação 26

6.8: Novos sistemas de entretenimento a bordo e info-entretenimento 27

6.9: Sistema de Detecção de Perda de Ar no Pneu (DDS) 27

6.10: Tecto panorâmico 28

6.11: Vidros azuis 29

6.12: Barras de tejadilho 29



  1. Qualidade de condução 30

7.1: Concebido para possuir as qualidades de um automóvel de passageiros 30
7.2: Conforto em andamento 31
7.3: Direcção 33

7.4: Maneabilidade 34

7.5: Sistemas electrónicos integrados 35

7.6: Programa Electrónico de Estabilidade (ESP) 36

7.7: Sistemas de assistência para uma maior confiança na condução 37

7.8: Mitigação Anti-Capotamento (ARM) e Assistência à Estabilidade

em Reboque (TSA) 39



  1. Kuga – Todo-o-terreno com tracção integral “inteligente” 42

8.1: Binário, consumo de combustível e tracção optimizados 42
8.2: Tracção integral “inteligente” em todas as situações 44



  1. Segurança 46

9.1: Resumo dos sistemas 46
9.2: Segurança passiva 47

9.3: Concebido para a protecção dos peões 48

9.4: Assistência activa ao condutor 49



  1. Qualidade e sustentabilidade 51

10.1: Desenvolvido para atingir os mais baixos níveis de ruído e vibrações 52

10.2: O compromisso da Ford Europa para com o ambiente 55





  1. A Ford Europa toma uma nova direcção com o Kuga 57




  1. Especificações técnicas preliminares 58


O novo Ford Kuga – Introdução



  • Um novíssimo aditamento ao portfólio de automóveis de passageiros da Ford Europa – um “crossover”

  • O Kuga representa a estreia da Ford Europa no segmento dos “crossover” compactos

  • O Kuga é o mais recente modelo criado em torno do estilo “kinetic design” da Ford

  • Excelente dinâmica de condução em estrada, exibindo também substanciais capacidades fora de estrada

  • Gama dotada de sistemas “inteligentes” de tracção integral e tracção dianteira e dois níveis de equipamento distintos – Trend e Titanium

  • Propulsionado pelo aclamado motor diesel Ford Duratorq TDCi de 2.0 litros e 136 cv, e opção do motor a gasolina Ford Duratec de 2.5 litros e 200 cv disponível no final de 2008

  • O elevado nível de equipamento do Kuga inclui o ESP em combinação com o sistema de Mitigação Anti-Capotamento (ARM), ABS com Distribuição Electrónica de Força de Travagem (EBD) e interruptor “Ford Power”

  • O sistema de tracção integral “inteligente” distribui o binário do motor numa relação que pode chegar aos 50/50 frente/trás

  • O Kuga possui o melhor nível de emissão de CO2 na classe dos veículos com tracção integral 'inteligentes', com um valor de apenas 169 g/km

  • As novíssimas características disponibilizadas pela Ford Europa e que são exibidas pela primeira vez no Kuga, incluem uma câmara traseira e uma porta da bagageira com duas aberturas independentes

  • Os baixos níveis de ruído atingidos e uma qualidade sonora e níveis de vibração optimizados contribuem para uma condução descontraída e para uma comunicação fácil

  • Os spoilers dianteiros em plástico reduzem o peso e proporcionam uma resistência a danos melhorada

  • Será produzido unicamente na fábrica da Ford de Saarlouis, na Alemanha e será lançado progressivamente na Europa durante a primeira metade de 2008

1. O Kuga em resumo
O novíssimo Ford Kuga representa a estreia da Ford Europa no altamente competitivo mercado dos veículos “crossover”, prometendo uma mistura de qualidade de condução em estrada com uma surpreendente capacidade de enfrentar as incursões fora dela.
A génese para o Kuga surgiu pela primeira vez no espantoso Ford iosis X Concept, que fez a sua estreia no Salão Automóvel de Paris de 2006. John Fleming, Presidente e CEO da companhia, confirmou então que a Ford Europa iria desenvolver um veículo de produção inspirado no iosis X Concept, a ser lançado no prazo de dois anos.
No Salão de Frankfurt de 2007 a Ford demonstrou que este compromisso iria tornar-se realidade a curto prazo, apresentado uma antevisão do modelo de produção.
Assinalando a sua importância na nova direcção que a Ford Europa estava a tomar, o novo modelo apresentou-se com nome próprio. Nascia assim o Ford Kuga, destinado a juntar-se ao portfólio de modelos da Ford Europa durante a primeira metade de 2008.
"Com o novo Ford Kuga estamos a cumprir a promessa que fizemos em 2006 em Paris, apresentando um veículo altamente capaz, expressivo e carismático que irá aumentar a gama de modelos Ford," afirmou John Fleming. "Estou convicto que o Kuga irá apelar a muitos dos clientes leais da Ford que procuram algo um pouco diferente e que será igualmente capaz de repetir o sucesso do S-MAX na conquista de novos clientes para a marca Ford.
Um design exterior distinto, dotado da assinatura 'kinetic design', a aclamada dinâmica de condução em estrada da Ford e uma qualidade “premium” são apenas alguns dos predicados que o novo Kuga irá trazer para este segmento de mercado em rápida ascensão."
1.1 Bases sólidas

O novo Ford Kuga é claramente baseado na aclamada arquitectura dos modelos da Ford do segmento C – com provas dadas tanto no Ford Focus como no Ford C-MAX. Com o Kuga, os engenheiros conseguiram integrar no design novo e distinto os requisitos-chave para o condutor e passageiros num modelo destinado a um “nicho de mercado”.


O exterior é atraente e desportivo, demonstrando bem como a linguagem flexível de “kinetic design” da companhia pode ser aplicada com êxito ao género “crossover”.
Bem equilibrado e proporcionado, o dinâmico Kuga oferece uma acomodação espaçosa para o condutor e passageiros, apesar de ser baseado numa área compacta.
Foi concebido um interior de alta qualidade, de forma a complementar o exterior e a oferecer um veículo altamente prático e moderno. Estes elementos de estilo, combinados com os novos sistemas de condução e com as já comprovadas motorizações, são um convite claro para que os clientes “Sintam a Diferença”.
O Kuga está equipado com tracção integral “inteligente” e permanente, ao passo que o modelo de tracção dianteira está disponível consoante o mercado, sendo perfeito para os condutores que se sentem atraídos pelo estilo e presença do Kuga mas que não necessitam da tracção integral.
O Ford Kuga está disponível em dois níveis de equipamento distintos – Trend e Titanium – passíveis de serem acrescidos de outras opções que permitem ao condutor personalizar o seu automóvel exactamente de acordo com as suas necessidades.
O elevado nível de equipamento de série inclui importantes tecnologias de assistência ao condutor, como o Programa Electrónico de Estabilidade (ESP) em combinação com o sistema de Mitigação Anti-Capotamento (ARM) e o ABS com Distribuição Electrónica de Força de Travagem (EBD). Todos os modelos do Kuga estão também equipados com o interruptor de arranque “Ford Power”.
A gama de opções de entretenimento a bordo oferece soluções de conectividade e outras funcionalidades, ao passo que os sistemas de navegação por satélite disponíveis asseguram que segue sempre o caminho certo.
O Ford Kuga é uma festa para os sentidos e foi estilizado e acabado com um alto nível de atenção aos pormenores. Todos os aspectos do veículo foram concebidos e construídos de forma a promover uma resposta emocional positiva por parte do condutor e passageiros.
O ambiente criado pelo design fluido e integrado apresentado no iosis X Concept foi melhorado no modelo de produção. A existência de uma câmara traseira que auxilia as manobras de estacionamento – uma estreia num veículo de produção da Ford Europa – e uma tomada de 230 Volt acessível aos passageiros dos bancos de traseiros, são outras das características práticas do veículo.
O atractivo e carismático Kuga é mais uma demonstração da nova direcção que os novos produtos da Ford Europa estão a tomar. O estilo novo e moderno é o ponto de partida, com a essência do automóvel a conjugar-se com a promessa contida neste estilo. Esta promessa é cumprida pela elogiada dinâmica de condução da Ford, pelo forte e competente “pedigree” a nível de segurança, pelos elevados níveis de qualidade e acabamentos e ainda pelo competitivo pacote de equipamento deste “crossover”.

Uma posição de condução elevada, o sistema de tracção integral inteligente e a grande capacidade de carga tornam o Kuga numa proposta muito atractiva.


"Estamos seguros que a chegada do Kuga irá elevar a fasquia no segmento dos crossover", afirmou Stephen Odell, Vice-Presidente de Marketing, Vendas e Serviço da Ford Europa. "O nosso estilo 'kinetic design' dotou este automóvel de uma grande personalidade que o torna muitíssimo atractivo nos salões de exposição, captando potenciais clientes".

2. Design carismático
A linguagem de “kinetic design” da Ford tornou-se parte integrante e reconhecida da gama da marca na Europa e está a ser introduzida em todos os novos modelos, quer sejam estreias ou .

“facelifts”.

Martin Smith, Director Executivo de Design da Ford Europa, chefiou a equipa de design durante a criação do Kuga, com Stefan Lamm responsável pelo exterior, Niko Vidakovic pelo interior e Ruth Pauli pela selecção de cores e materiais.
Um dos objectivos principais da equipa era transpor a essência do iosis X Concept de 2006 para o Kuga de produção.
“Era importante tornar o Kuga instantaneamente reconhecível como sendo um modelo Ford da nova geração, mas queríamos também manter uma relação de design com o iosis X Concept, que assinalou a nossa intenção de entrar neste mercado", disse Smith. “Creio que atingimos esses objectivos no design final do Kuga – capturámos a essência do conceito, conferindo ao automóvel uma aparência robusta e dinâmica de modo a evidenciar as suas capacidades na estrada e fora dela”.
“As linhas dinâmicas e musculadas e as superfícies amplas são uma parte crucial dos elementos da nossa assinatura “kinetic design”. No entanto, como já foi demonstrado com veículos como o novo Focus, Mondeo, S-MAX e com o novo Fiesta, cada novo modelo da Ford possui a sua própria personalidade”, comentou Smith. “O Kuga será distintivo dentro da gama Ford bem como no seu segmento de mercado. Creio que é um automóvel verdadeiramente atraente e irresistível sob todos os ângulos”.
A estrutura de cinco portas e a essência do design permanecem inalterados, quer na versão de tracção integral inteligente quer na de tracção dianteira. Os detalhes de estilo variam consoante o nível de equipamento – Trend ou Titanium. Os clientes do Kuga poderão levar a personalização do seu automóvel ainda mais além, através de artigos cuidadosamente seleccionados, disponíveis opcionalmente sob a forma “Packs” feitos à medida e de um vasto leque de acessórios específicos, disponibilizados pela Divisão de Pós-Venda.
O Kuga adopta a nova face da Ford, com grelhas trapezoidais superiores e inferiores proeminentes e as formas fortemente inclinadas dos faróis dianteiros. Por debaixo do trapézio inferior encontra-se uma placa protectora que assinala a robustez e as capacidades fora de estrada do veículo.

Os faróis de nevoeiro circulares, situados em cada um dos lados da grelha inferior, fazem parte do equipamento de série em ambos os níveis.


O capot, esculpido e musculado, possui duas saliências distintivas que reforçam a rigidez estrutural da peça.
“A nossa estratégia de “kinetic design” permite-nos incorporar os elementos-chave característicos da marca em todos os nossos automóveis, dando-nos ao mesmo tempo a flexibilidade de os adaptarmos a cada modelo”, afirmou Smith.
Os faróis dianteiros, fortemente inclinados e de grandes dimensões estão disponíveis com duas tecnologias: a de Faróis Direccionais (AFS) da Ford ou Bi-Xénon equipada de série no nível mais completo de equipamento – o Titanium. A tecnologia Bi-Xénon é identificável pelo tom azulado dos reflectores.
“Os elementos de “kinetic design” do Kuga combinam-se para reforçar a nossa filosofia de “energia em movimento”, explicou Smith. “A linguagem poderosa e os gráficos arrojados fundem-se para dar uma impressão de movimento ao veículo, mesmo quando está parado”.
Quando visto de perfil, o Kuga é tão atlético como um moderno sapato de corrida. Os gráficos arrojados são evidentes ao longo de todo o automóvel, com uma linha de cintura crescente e a elevação da janela traseira.
O arcos das rodas proeminentes envolvem as jantes de 17 polegadas, equipadas de série na maioria dos mercados, com os restantes a apresentarem jantes de 16 polegadas de série e de 18 e 19 polegadas como opção, em vários estilos e com diferentes tipos de pneu.
A nova gama de jantes com design moderno desenvolvidas para o Kuga sublinha a sua aparência robusta e desportiva. Foram introduzidos quatro designs de jantes de liga leve completamente novos e exclusivos do Kuga. Pela primeira vez num Ford de produção, estes novos designs incluem umas impressionantes jantes de liga leve de 19 polegadas, influenciadas directamente pelo iosis X concept, que estarão disponíveis aos clientes do Kuga como opção no final de 2008.

Os robustos arcos das rodas são unidos por embaladeiras que se estendem ao longo de ambas as portas laterais e correm paralelamente à alta e pronunciada linha de ombros. O “vinco” lateral realça ainda mais as suas intenções dinâmicas. Conjuntamente, estes elementos conferem uma aparência musculada e forte ao veículo.


Os retrovisores exteriores exclusivos possuem indicadores de mudança de direcção integrados e o design foi optimizado de forma a produzir níveis de ruído e vibração extremamente baixos, através da criação de um espaço entre o retrovisor e a porta.

As barras do tejadilho em alumínio escovado rematam com elegância o perfil, harmonizando-se com os cromados utilizados na linha de cintura. Um pequeno spoiler montado no tejadilho e o tecto panorâmico opcional reforçam os retoques “premium” e contribuem para a modernidade e longevidade do design do Kuga.


Com uma distância entre eixos de 2690 mm, a área total do Kuga é compacta e as suas proporções são equilibradas por projecções da carroçaria relativamente curtas à frente e atrás.
O design traseiro confere ao Kuga uma postura sólida e incorpora assinaturas de “kinetic design”.
Uma placa protectora traseira, semelhante a um difusor, estende-se visivelmente por debaixo do pára-choques traseiro e integra as duas ponteiras desportivas do tubo de escape, equipadas de série em todos os níveis de equipamento. A placa protectora inferior acomoda também os faróis de nevoeiro rebaixados. As luzes traseiras separadas e de grandes dimensões são uma característica horizontal dominante da traseira.
Outros detalhes agradáveis incluem uma terceira luz de travagem LED integrada no spoiler traseiro da cor da carroçaria e sensores de estacionamento traseiros incorporados no pára-choques pintado na cor da carroçaria. Os vidros azuis são equipados de série no Titanium e contribuem para a sensação de qualidade superior deste nível de equipamento. As superfícies são mantidas “limpas” e desimpedidas com um par de ovais Ford de grandes dimensões complementadas apenas por um emblema exclusivo com o logótipo “KUGA” na porta da bagageira.
Uma palete cuidadosamente seleccionada de dez cores exteriores da carroçaria complementa a natureza carismática do Kuga. Foi especialmente desenvolvida uma nova cor metalizada – o Chill – que está disponível em ambos os níveis de equipamento e motorizações do Kuga.
Como reflexo das suas raízes no iosis X Concept, o Kuga de produção está disponível no novo tom metalizado Electric White e no sólido Frozen White tradicional. Esta foi a cor escolhida tanto para o iosis X Concept como para o Kuga de pré-produção revelado no Salão Automóvel de Frankfurt de 2007. O Kuga é o primeiro modelo de produção da Ford Europa a utilizar a cor Electric White, que recorre a um método específico de aplicação na carroçaria.
Naturalmente, o design exterior incorpora uma variedade de aspectos práticos que vão para além do que a vista alcança. O acesso à bagageira com duas aberturas independentes oferece um máximo de flexibilidade e conveniência, com acesso separado à secção superior ou a ambas as secções simultaneamente, através de micro-interruptores.
As dimensões da abertura da secção superior foram calculadas de forma a permitir um acesso cómodo à bagageira. Quando a secção superior está aberta, é possível aceder ao compartimento da bagagem sem ter que retirar a cobertura da bagageira equipada de série, permitindo que os objectos mais pequenos possam ser colocados de forma rápida e fácil.
A cobertura da bagageira de fácil remoção pode ser inteiramente retirada e facilmente guardada por debaixo do piso de carga.
A elevada distância ao solo, o pára-choques com superfície de grandes dimensões e o design da traseira ajudam a evitar danos na chapa durante um impacto traseiro a baixa velocidade.
Na dianteira, a utilização de spoilers em plástico contribui para a facilidade de reparação e prémios de seguro mais vantajosos. A utilização de spoilers em plástico ajuda a reduzir o peso total do veículo e confere uma maior resistência aos danos. Evitar reparações de chapa dispendiosas auxilia o Kuga a atingir os sempre desejados baixos prémios de seguro.
Um painel inferior com acabamento em antracite mate envolve todas as arestas inferiores do automóvel, oferecendo uma maior resistência à acumulação de sujidade ao longo do tempo e proporcionando protecção contra a projecção de detritos, além de realçar o visual “fora de estrada” do Kuga.
2.1 Grande estilo interior
O interior do novo Ford Kuga dá uma sensação de espaço, com ou sem o tecto panorâmico em vidro de grandes dimensões, disponível como opção.
O design ordenado e ergonómico do painel de instrumentos e do grupo central converge para uma consola central de grandes dimensões, que proporciona uma excelente acessibilidade aos compartimentos de arrumação. Todos os componentes interiores contribuem para um ambiente envolvente e confortável para o condutor e passageiro da frente. A posição elevada dos bancos contribui para que os passageiros desfrutem de um ambiente luminoso e arejado e proporciona ao condutor uma visão sobranceira do meio envolvente. O capot é visível quando o condutor e os passageiros da frente estão sentados e reforça a sensação de “domínio da estrada”.
“Com o Kuga quisemos dar ao condutor e aos seus passageiros um acabamento “economicamente acessível mas de qualidade superior” com um leque de novas cores interiores complementares e acabamentos de elevada qualidade”, disse Smith.
Os materiais seleccionados para o interior do Kuga demonstram também as ligações próximas ao iosis X Concept. O atraente interior do veículo de produção incorpora couros requintados, tecidos de excelente qualidade e acabamentos lustrosos em áreas-chave, numa selecção de vários tons e disponíveis consoante o nível de equipamento escolhido. O painel de instrumentos e os acabamentos das portas são realçados por detalhes em cores coerentes com o restante interior, criando um visual completo e unificado, que exala qualidade e desportividade.
Cada um dos dois níveis de equipamento disponíveis representa uma escolha distinta para os clientes. O Trend possui acabamentos em laranja ou azul. No Titanium, a sensação “tecno” altamente contemporânea combina com as aspirações do veículo a ser o topo da gama e está de acordo com o posicionamento do nível de equipamento Titanium noutros produtos recentes da Ford. O Titanium oferece um revestimento parcial ou total em couro mais escuro e colorido.
O estilo interior é complementado na perfeição pela atenção dada aos detalhes e pela ergonomia dos principais comandos: volante, posição dos pedais e da alavanca das mudanças, assim como as múltiplas posições dos bancos, interruptores, dispositivos de entretenimento a bordo e info-entretenimento. Todos estão cuidadosamente situados e todos receberam uma atenção especial aos seus detalhes.
Tudo, desde a pressão necessária para activar o interruptor de arranque “Ford Power”, ao relevo para os polegares no volante, foi cuidadosamente considerado com o intuito de oferecer a mais convidativa e satisfatória experiência possível ao condutor e passageiros. Outros pormenores de detalhe incluem as áreas de arrumação suplementares para pequenos objectos, áreas para bebidas, óculos de sol, moedas, canetas e uma tomada para dispositivos eléctricos.
3. Ambiente interior
O novo Ford Kuga oferece espaço e conforto para um máximo de cinco adultos.
De modo a optimizar o ambiente de condução, os especialistas da Ford desenvolveram o novo Kuga com o auxílio de um sistema de Engenharia Virtual Assistida por Computador (CAVE). O CAVE utiliza um conjunto de computadores e projectores digitais para criar um interior virtual de um automóvel à escala real. É fixado um banco de um automóvel verdadeiro ao dispositivo para que o “condutor” possa então avaliar a visibilidade global, bem com os níveis de conforto necessários para alcançar e utilizar os comandos mais importantes.

Este sistema provou ser inestimável nos primeiros estudos com clientes, avaliando a reacção ao novo automóvel por parte dos potenciais condutores do Kuga e servindo igualmente como plataforma para que exprimissem as suas opiniões à medida que o novo modelo tomava forma. Permitiu também que a equipa de desenvolvimento pudesse efectuar alterações rápidas e eficientes na representação virtual dos seus designs.


O sistema CAVE é um bom exemplo das várias medidas de redução de custos que introduzimos para beneficiar áreas-chave do desenvolvimento do veículo, com benefícios adicionais no produto final e em última análise, na satisfação dos clientes.
3.1 Confortável e prático com espaço para cinco adultos
No interior, o novo Kuga oferece aos seus ocupantes uma distância do assento ao tejadilho de 1008 mm e uma largura de 1422 mm para os ombros do condutor e do passageiro da frente.
Um banco desportivo ajustável electricamente em 6 posições para o condutor, que possui regulações individuais de distância, altura, inclinação e reclinação do encosto, reforça a sensação de se encontrar num “cockpit” que a posição de condução transmite.

A espuma utilizada nos bancos é concebida para oferecer um conforto, desempenho ergonómico e apoio óptimos. É complementada por uma selecção de revestimentos que incluem o couro com acolchoamento extra: uma camada suplementar de espuma imediatamente por baixo do revestimento de couro que proporciona um maior conforto e altos níveis de requinte. Os acabamentos dos bancos recebem melhorias adicionais se forem especificados bancos em couro com acolchoamento extra.

Os passageiros da segunda fila beneficiam de elevados níveis de conforto e de características. Os confortáveis bancos traseiros proporcionam um espaço de 1395 mm para os ombros e 987 mm de distância do assento ao tejadilho, oferecendo um espaço generoso para acomodar passageiros adultos.
As acções específicas levadas a cabo por parte da equipa de ruídos e vibrações significam que qualquer ruído do vento, do rolamento ou do motor foi tratado individualmente, podendo agora os passageiros dos bancos dianteiros e traseiros conversar mais facilmente entre si sem terem necessidade de erguer a voz.
“Temos uma medida que permite avaliar a capacidade de compreender a linguagem falada. Mesmo nas ocasiões em que o condutor viaja sozinho, não haverá problema em fazer uma chamada em modo “mãos livres”, ouvir o equipamento de áudio ou dar instruções ao automóvel através funcionalidade de comando por voz. Todas estas coisas podem ser levadas a cabo confortavelmente, mesmo a altas velocidades”, disse Klaus Peter Tammm, Engenheiro-Chefe de Programa para o Ford Kuga.
Uma outra melhoria interior é a introdução de uma tomada de 230 Volts opcional, localizada na traseira da consola central, que permite aos passageiros do banco traseiro utilizarem dispositivos eléctricos com uma potência até 150 Watts. Existe um compartimento adicional para a arrumar objectos de pequenas dimensões, localizado por debaixo da tomada.
Os bancos da segunda fila são rebatíveis assimetricamente 60/40 e foram desenhados para rebaterem completamente, maximizando a utilização do compartimento de carga na configuração de dois lugares. Os espaços de arrumação debaixo dos bancos da segunda fila são um aspecto prático, existindo espaço para mais arrumação por baixo do piso do compartimento de carga, que se divide em vários espaços de modo a maximizar a sua utilização prática. Os 758 mm de altura do compartimento de carga facilitam a carga e descarga de objectos pesados

Tal como todos os modelos Ford lançados recentemente, o Kuga será submetido a testes anti-alérgicos completos.



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal