Título do livro



Baixar 0.7 Mb.
Página1/40
Encontro26.02.2018
Tamanho0.7 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   40

Crescimento do jovem na comunidade cristã - Catequese Crismal

Livro do catequista. Editora Salesiana



INTRODUÇÃO 2

Encontro 00 4

Quebra-gelo

Introdução 4



Encontro 01 7

Somos um grupo que busca algo mais 7

Encontro 02 10

Amizade e grupo: eu e o outro 10

Encontro 03 14

Valores dos jovens: liberdade e amor à vida 14

Encontro 04 16

Afinal de contas, quem é você? 16

Encontro 05
Busca de senso crítico e de autenticidade 19


Encontro 06
Vida em família 24


Encontro 07
Descobrindo-se mulher e homem (Tema: Sexo) 27


Encontro 08 32

Namoro e Casamento 32

Encontro 09
Vida na escola 38


Encontro10
Vida no trabalho 41


Encontro11
Vida numa sociedade em transformação 44


Encontro 12
Desvio de rota (Tema: Drogas) 49


Encontro 13
Análise da sociedade 54


Encontro 14
O Pai tem um projeto para a sociedade 58


Encontro 15
Aliança: projeto de sociedade em realização 62


Encontro 16
Jesus Cristo: o novo e o definitivo do projeto de Deus 67


Encontro 18
Espírito Santo: ação de Jesus ressuscitado na história 75


Encontro 19 81

O Espírito: presença de Jesus na vida dos cristãos 81

Encontro 20 85

Igreja: continuadora da missão de Jesus 85

Encontro 21 89

Igreja: comunidade viva e histórica 89

Encontro 22 94

O Espírito Santo distribui seus dons para o serviço 94

Encontro 23 97

Chamados, como Maria, na Igreja 97

Encontro 24
Liturgia: rezar, celebrar, viver do Espírito 100


Encontro 25
Sacramentos: uma nova criação 104


Encontro 26
Crisma: sacramento da maturidade 108


Encontro 27
Missão do jovem crismado 113



INTRODUÇÃO

Para se entender o livro Crescimento do jovem na comunidade cristã: Catequese crismal



Texto que nasceu da vida


O primeiro passo na realização desta obra foi relacionar o que já se fizera sobre confirmação: textos, orientações e, principalmente, experiências pessoais. Todos os componentes do grupo traziam, além de seu preparo específico, uma contribuição eclesial nesse campo.

A partir disso a equipe escolheu vinte e sete temas, bases do texto de trabalho. Depois, pensamos no método -há várias maneiras de trabalhar uma preparação para o sacramento da crisma - e escolhemos aquele que vem sendo utilizado pela Igreja no Brasil nas últimas décadas: ver, julgar, agir, celebrar e rever.

Redigiu-se, então, um texto-mártir contendo todas as aquisições dos componentes do grupo. Depois de muito conversar, acrescentar e corrigir, naquela época e hoje, produziu-se a obra que você tem em mãos agora.

Método histórico-transformador


Tivemos sempre presente uma preocupação: não existe juventude abstrata. Existem jovens vivendo um peculiar momento de sua história. Embora o desejo fosse o de nos dirigir ao maior número possível de jovens, nossa atenção se deteve sobre o jovem urbano: aquele que vive nas cidades de nosso país, sejam elas grandes, médias ou pequenas. Esse jovem tem exigências particulares. Vive assoberbado por problemas concretos.

Ao escolher um método histórico queremos que cada jovem e cada grupo que o utilize consiga perceber que o caminho só se faz caminhando. Mais que falar sobre Deus, queremos que se sinta realmente essa presença divina hoje, animando nossa caminhada de jovem.


Ressaltamos que o ver, julgar, agir e celebrar devem estar presentes em todos os encontros, dando-se ênfase a esta ou aquela dimensão, dependendo do enfoque do tema a ser trabalhado.




VER - constatação do projeto da vida.

Temas O a 13: têm perfil marcadamente antropológico. Fornecem elementos que auxiliam o jovem, enquanto ser humano e social, a assumir seu papel na sociedade. Não tivemos receio de reservar grande espaço para esses temas. Temos consciência, como educadores e agentes de pastoral que somos, que as principais dificuldades dos jovens encontram-se nessa área.




JULGAR - o projeto do Pai se realiza por Jesus e no Espírito Santo.

Temas 14 a 21: de cunho mais teológico, sem pretender fazer teologia para jovens. Anunciamos a pessoa de Jesus, com suas exigências e sua proposta. Jesus, pela ação do seu Espírito, age na Igreja. Nela ele acolhe e atinge o jovem. Nesses encontros buscamos assimilar o que a teologia ensina hoje. A Igreja é criatura da Trindade. É sua imagem, seu ícone precioso.


A dimensão trinitária está presente em cada capítulo dessa parte, Trindade que se manifesta como família aconchegante. Assim, a palavra Pai significará o Deus criador e provedor de toda a vida, autor e doador de toda a energia vital, princípio e razão última da vida. Com o termo Filho falamos de Jesus de Nazaré, Crucificado e Ressuscitado, confessado como Cristo, Cabeça da Igreja, Caminho, Verdade e Vida de toda criatura humana, fonte de vocação última e modelo fundamental de toda existência. A palavra Espírito indicará a presença vital, santificadora e transformadora da Terceira Pessoa da Santíssima Trindade.




AGIR e CELEBRAR - prática dos sacramentos, momentos operativos da salvação.

Temas 22 a 27: os sacramentos são apresentados em sua dimensão operativa de salvação e de transformação do mundo. Trata-se da preparação para o envio dos jovens. Preferimos tratar os sacramentos em bloco unitário. Reservamos um espaço maior para o da confirmação, por ser a razão de ser deste texto.


REVER - avaliar para caminhar melhor.

É importante que em determinados momentos da preparação para o sacramento da crisma, a equipe de catequistas promova uma avaliação da caminhada com todo o grupo. Sugerimos revisões freqüentes entre os integrantes da coordenação. Quem não avalia o que faz não aprende com os erros nem com os acertos.



Livro do catequista

Neste livro quisemos partilhar com vocês informações e dicas sobre os temas abordados, nascidos, principalmente, da nossa própria experiência com crismandos. Por isso, ele se apresenta de maneira didática e prática:

Introdução: oferece orientações preliminares sobre o tema a ser trabalhado, ligando os encontros dentro de blocos maiores;


Objetivo: mostra aonde se quer chegar com o encontro;


Estratégias: sugere um roteiro para a oração inicial e duas ou mais dinâmicas para ajudar na assimilação do conteúdo proposto. Cremos que a novidade desta obra está na preocupação em fazer do jovem agente de seu próprio crescimento, construindo e partilhando seu saber para ser realmente adulto na fé;


Leitura de apoio: auxilia a equipe de catequistas a entender melhor o assunto;

Celebração: propõe um roteiro de celebração final, quando se agradece pela riqueza de vida que brotou na reunião;


Próximo encontro: apresenta algumas reflexões ou tarefas a serem desenvolvidas pêlos jovens para o encontro seguinte.

Esses materiais deverão ser vistos primeiramente pela equipe de catequistas, analisando se poderão ser úteis ao grupo. Cada turma é única, com características próprias. Nem tudo que serve para um grupo terá o mesmo efeito em outro (isso varia conforme o número de participantes, idade, quantidade de rapazes e moças, se a preparação se dá numa comunidade ou numa escola, o número de encontros, o tempo disponível, o espaço a ser utilizado, se os integrantes moram no centro ou na periferia...).

Na medida do possível, seria interessante incentivar os jovens a trazerem outros materiais, inclusive produzidos por eles





Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   40


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal