Ufv / XV sic / marçO-2006 / Biologia Animal / 487



Baixar 4.13 Kb.
Encontro23.01.2018
Tamanho4.13 Kb.

UFV / XV SIC / MARÇO-2006 / Biologia Animal / 569 
___________________________________________________________________

MEDIAÇÃO FITOQUÍMICA DE POSTURA DE BICHO-MINEIRO (Leucoptera coffeella) EM GENÓTIPOS DE CAFEEIRO

Damasceno, Bruno Lima (Bolsista); GUEDES, Raul Narciso Carvalho (Orientador); CORREA, Alberto Soares (Estudante); SANTOS, Camila Toledo (Estudante)



O bicho-mineiro-do-cafeeiro, Leucoptera coffeella (Lepidoptera: Lyonetiidae) se destaca como um importante problema fitossanitário da cafeicultura brasileira, devido aos danos e prejuízos causados e como qualquer outra espécie de inseto, possui a capacidade de detectar estímulos mecânicos, químicos e sonoros produzidos pelo ambiente, os quais possibilitam uma resposta seletiva a ele. Dada a importância da quimiorrecepção na comunicação de insetos, acredita-se que estímulos químicos produzidos pelos cafeeiros devam nortear ao menos parcialmente suas relações interespecífica com o bicho-mineiro. Dessa forma, o presente trabalho testou a hipótese de que derivados do ácido clorogênico e da cafeína presentes na folha de cafeeiros atuem como mediadores de interação, norteando a oviposição de Leucoptera coffeella. Desta forma, estes fitoquímicos foram quantificados em folhas de doze genótipos de cafeeiro com variados níveis de resistência e a preferência para oviposição nestes genótipos. Através de análises de variáveis canônicas bem como de correlação canônica parcial verificou-se que o composto químico que mais contribuiu para a divergência entre os genótipos foi a cafeína, o que evidencia a sua relevância como mediador potencial desta interação. Em seguida foi conduzido um ensaio de preferência para postura usando concentrações crescentes de cafeína pulverizadas nas folhas de um dos genótipos com menor teor deste fotoquímico (i.e., Híbrido 3). Os resultados obtidos possibilitaram o estabelecimento de uma relação concentração-resposta significativa, confirmando a hipótese de que a cafeína atua estimulando a postura do bicho-mineiro em folíolos de cafeeiro. (CNPq)

Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal