Ufv / XV sic / marçO-2006 / Engenharia Agrícola / 31



Baixar 4.32 Kb.
Encontro01.07.2018
Tamanho4.32 Kb.

UFV / XV SIC / MARÇO-2006 / Engenharia Agrícola / 37 
___________________________________________________________________

EFEITO IMEDIATO DO OZÔNIO SOBRE AS CARACTERÍSTICAS FISIOLÓGICAS DOS GRÃOS DE MILHO

ROMA, Rafaela Carolina Constantino (Bolsista); FARONI, Lêda Rita D´Antonino Faroni (Orientador); PEREIRA, Alexandre de Melo (Estudante); PAES, Juliana Lobo (Bolsista-IC); BATISTA, Maurílio Duarte (Estudante)



Com o crescimento da produção brasileira de grãos há necessidade de conservá-los em razão de estarem sujeitos às infestações de insetos-praga. Como alternativa aos métodos tradicionais de controle de insetos-praga surge a modificação do ar atmosférico existente na massa de grãos com o gás ozônio. Desta forma, objetivou-se neste trabalho, avaliar o efeito imediato do gás ozônio sobre as características fisiológicas dos grãos de milho. Grãos de milho foram distribuídos em recipientes cilíndricos de PVC, com conexões para injeção e exaustão de gás. A 10 cm da base, colocou-se uma tela metálica para sustentação dos grãos formando um plenum para distribuição do gás. Em todos os ensaios foram utilizados seis recipientes, sendo que em três injetou-se ozônio e nos outros foram injetados ar atmosférico. Para a avaliação do efeito imediato do gás ozônio, grãos de milho foram distribuídos em gaiolas de 3,0 cm de altura e 15 cm de diâmetro, também em PVC, sendo o fundo e a tampa confeccionados em tecido tipo organza. Estas gaiolas foram dispostas no plenum e na camada superior da massa de grãos e submetidas a uma atmosfera modificada com 50 ppm de ozônio em diferentes períodos de exposição. O ozônio foi injetado a um fluxo contínuo de 8 L min-1, através de conexões localizadas na base (plenum) do recipiente cilíndrico. Em todo o experimento, a temperatura da massa de grãos foi mantida próxima de 25oC. Observou-se que, em geral, não ocorreram alterações significativas na qualidade fisiológica dos grãos, independente da distribuição ao longo da coluna. Com base nestes resultados, conclui-se que o ozônio pode ser utilizado como fumigante sem efeito prejudicial para a massa de grãos de milho. (PIBIC/CNPq)

Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal