Universidade da Beira Interior



Baixar 382.39 Kb.
Página5/5
Encontro26.02.2018
Tamanho382.39 Kb.
1   2   3   4   5

ÍNDICE DE FIGURAS


  • Figura 1 Custos associados a cuidados de saúde entre os pacientes com FM em comparação com a população geral [p. 20]

  • Figura 2.1. – Etiopatogenia 1 da FM [p. 22]

  • Figura 2.2. – Etiopatogenia 2 da FM - Depressão vs Desregulação do SNC [p. 23]

  • Figura 2.3. – Hipótese da ampliação e modulação da dor como parte do modelo neuro-humoral da etiologia da FM [p. 25]

  • Figura 2.4. – Hipótese de Predisposição Genética [p. 28]

  • Figura 2.5. – Hipótese Nociceptiva [p. 29]

  • Figura 2.6. – Hipótese Neurossomática – evolução hipotética da FM [p. 30]

  • Figura 2.7. – Hipótese da Hormona do Stress [p. 31]

  • Figura 2.8. – Hipótese Integrada [p. 32]

  • Figura 2.9. – FM: um processo dinâmico [p. 36]

  • Figura 3 – Pontos Dolorosos na FM [p. 40]

  • Figura 4 – Qualidade de vida em pacientes com FM [p. 49]




  • Figura 5 – Algoritmo de Diagnóstico e Tratamento da FM [p. 59]


ÍNDICE DE TABELAS



  • TABELA 1Factores que influenciam os sintomas na FM [p. 38]

  • TABELA 2Triggering events percepcionados no início da FM [p. 39]

  • TABELA 3 – Características clínicas da FM [p. 40]

  • TABELA 4.1.Co-morbilidades I na FM [p. 41]

  • TABELA 4.2.Co-morbilidades II (Psiquiátricas) na FM [p. 41]

  • TABELA 5Critérios do ACR (1990) para classificação da FM [p. 42]

  • TABELA 6 – Categorização da FM segundo Wolfe (1994) [p. 45]

  • TABELA 7 – Critérios Clínicos e Diagnósticos de FM [p. 45]

  • TABELA 8Diagnósticos Diferenciais de FM [p. 46]

  • TABELA 9 Protocolo laboratorial básico [p. 47]

  • TABELA 10 Recomendações para diagnóstico e avaliação na FM [p. 48]

  • TABELA 11 Características da personalidade pró-dolorosa [p. 51]

  • TABELA 12 Sinais de alerta para o desenvolvimento de FM [p. 51]

  • TABELA 13 Prognóstico da FM [p. 52]

  • TABELA 14 Esquema Prático de Tratamento Farmacológico [p. 53]

  • TABELA 15 – Estratégias Terapêuticas segundo o grau de afecção [p. 54]

  • TABELA 16 – Critérios de Referenciação para Consulta de Reumatologia [p. 55]

  • TABELA 17 – Critérios de Referenciação para a Psiquiatria [p. 55]

  • TABELA 18 – Síntese da Abordagem da FM [58]



ANEXO I
FIBROMYALGIA IMPACT QUESTIONNAIRE (FIQ)
Last name: First name: Age: Today’s date:
Duration of FM symptoms (years): Years since diagnosis of FM:



Directions: For questions 1 through 11, please check the number that best describes how you did overall for the past week. If you don’t normally do something that is asked, place an ‘X’ in the ‘Not Applicable’ box.


Were you able to:

Always

Most

Occasionally

Never

Not

Applicable

1. Do shopping?

□0

□1

□2

□3

□4

2. Do laundry with a washer and dryer?

□0

□1

□2

□3

□4

3. Prepare meals?

□0

□1

□2

□3

□4

4. Wash dishes / cooking utensils by hand?

□0

□1

□2

□3

□4

5. Vacuum a rug?

□0

□1

□2

□3

□4

6. Make beds?

□0

□1

□2

□3

□4

7. Walk several blocks?

□0

□1

□2

□3

□4

8. Visit friends or relatives?

□0

□1

□2

□3

□4

9. Do yard work?

□0

□1

□2

□3

□4

10. Drive a car?

□0

□1

□2

□3

□4

11. Climb stairs?

□0

□1

□2

□3

□4

Sub-total scores (for internal use only)












Total score (for internal use only)
















12. Of the 7 days in the past week, how many days did you feel good? Score

□0 □1 □2 □3 □4 □5 □6 □7



13. How many days last week did you miss work, including housework, because of fibromyalgia? Score

□0 □1 □2 □3 □4 □5 □6 □7


(Continued)

(Continuação)



ANEXO II
PROTOCOLO PARA DIAGNÓSTICO DA FIBROMIALGIA
(Adaptado do Protocolo criado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – Divisão de Medicina de Reabilitação)
IDENTIFICAÇÃO
Nome: Data:
Idade: Telefones para contacto:
1- Sexo 3- Raça

a)  F a)  Caucasiana

b)  M b)  Negra

c)  Outra


2- Trabalho 4- Escolaridade anos

a)  Doméstico

b)  Activo 5- Estado Civil

c)  Afastado a)  Solteiro

d)  com litígio b)  Casado

e)  sem litígio c)  Separado

f)  Aposentado d)  Viúvo

g)  Estudante

h)  Autónomo

i)  Desempregado



HISTÓRIA DA DOENÇA
6- Inicio dos sintomas há quanto tempo? 8- Distribuição inicial

………………………………………… a)  MSD



7- Início relacionado com: b)  MSE

a)  Trauma Físico c)  MID

b)  Trabalho d)  MIE

c)  Infecção e)  Coluna toracolombar

d)  Acto Médico f)  Coluna cervical

e)  Sem motivo aparente g)  Coluna sacral

f)  Outra h)  Generalizada
9- Dor generalizada há quanto tempo? _____________________________
10- Enumerar os eventos principais na evolução do quadro clínico:

 Tem dor músculo-esquelética desde a infância/adolescência? (descrever)

 Dor durante a gestação?
11- Tratamentos Prévios 12 – Queixas:
a)  Analgésicos a) Insónia inicial n) Tremores

b)  AINE b) Sono leve o) Cefaleias

c)  Relaxantes musculares c) Sono não-reparador p) Disfagia

d)  Antidepressivos d) Fadiga q) Tontura/vertigem

e)  Neurolépticos e) Fraqueza r) Dor torácica

f)  Meios físicos f) Sonolência diurna s) Palpitações

g)  Cinesioterapia g) Dificuldade de t) Dispneia

h)  Condic. Físico concentração u) Epigastralgia

i)  Psicologia h) Ansiedade v) Cólicas intestinais

j)  Cirurgias i) Irritabilidade w) Dismenorreia

k)  Outros j) Ataques de pânico x) Alterações do ritmo

k) Choro imotivado/ menstrual

depressão y) Disúria

l) Hipersudorese z) Dispareunia

m) Parestesia em mãos

13- Antecedentes Pessoais

14- Tratamento em uso no momento

15- Exame Físico
Peso = Altura = IMC = PA = Pulso =
Geral: __________________________________________________________

Tiróide:  Normal  Alterada: ______________________
Cardiovascular: __________________________________________________
Respiratório: ____________________________________________________
Abdómen: ________________________________________________________
Aparelho locomotor: _______________________________________________


COLUNA


CERVICAL


TORACOLOMBAR

Escoliose  Hiperlordose 

Escoliose  Hiperlordose 




Rectificação  Spurling 

Cifose  Projecção abdominal 




Músculos dolorosos à palpação

Sinal de Laségue  Patrick 







OMBROS

1. A.D.M.

Normal  Limitada 

Indolor  Dolorosa 


COTOVELOS

1. A.D.M.

Normal  Limitada 

Indolor  Dolorosa 


MÃOS

1. A.D.M.

Normal  Limitada 



2.  Impacto

2.  Deformações

2.  Deformações

3.  Instabilidade

3. Força

Normal  Reduzida 



3.  Tinel  Phalen

 Finkelstein



4.  Desfiladeiro torácico

  1. Força

Normal  Reduzida 

  1. Força

Normal  Reduzida 

  1. Força

Normal  Reduzida 

4. Palpação




6. Palpação







ANCAS

1. ADM

Normal  Limitada 

Indolor  Dolorosa 


Joelhos

1. ADM

Normal  Limitada 

Indolor  Dolorosa 


Pernas e Pés

  1. ADM

Normal  Limitada 

Indolor  Dolorosa 



2.  Deformações

2.  Deformações

2.  Deformações

3. Força  Trendelemburg


3. Força

Normal 

Reduzida 


3. Força

Normal 



Reduzida 

Normal  Reduzida 

4.  Rótula

4. Palpação

4. Glúteos D  E 

5.  Sinais Meniscais







5. Piriforme D  E 

6.  Instabilidade







7. Palpação








Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal