Universidade estadual de campinas



Baixar 4.13 Mb.
Página33/83
Encontro29.11.2017
Tamanho4.13 Mb.
1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   ...   83

Instituto de Computação

E0307

ESTUDO DE UMA HEURÍSTICA PARA A EXTRAÇÃO DE SUBMATRIZES DE REDE PURAS EM UM PROBLEMA DE PROGRAMAÇÃO LINEAR INTEIRA


Caludia Akemi Furushima (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Cid de Souza (Orientador), Instituto de Computação - IC, UNICAMP
Matrizes de restrições de modelos de Programação Linear Inteira oriundos de aplicações práticas muitas vezes possuem algum tipo especial de estrutura. A identificação de certas estruturas, como Submatrizes de Rede Puras Refletidas (SRPR), permitem o desenvolvimento de algoritmos baseados em técnicas de decomposição, como os algoritmos Lagrangeanos. Quanto maior for o tamanho da SRPR e encontrada, melhor o desempenho de tais algoritmos. Contudo, tal problema é NP-difícil. Assim, neste trabalho, foi implementada uma heurística disponível na literatura para resolve-lo. Ela é composta de 4 passos sendo um a construção de uma árvore geradora e outro o cálculo de um conjunto independente em um grafo definido em função da árvore obtida no passo anterior. A qualidade da solução final depende fundamentalmente destes dois passos. Esta Iniciação concentrou-se na implementação e estudo de diferentes formas de resolução dos mesmos. Concluímos que o tamanho da SRPR retornada pela heurística depende mais fortemente da forma como é construída a árvore, o que pode variar com a densidade e a estrutura particular apresentada pela matriz de restrições.

Programação linear inteira - Otimização combinatória - Submatrizes de Rede Pura Refletidas


E0308

FERRAMENTA PARA AQUISIÇÃO AUTOMÁTICA DE DADOS CIENTÍFICOS VIA WEB


Taísa Cristina Costa dos Santos (Bolsista SAE/UNICAMP) e Profa. Dra. Claudia Maria Bauzer Medeiros (Orientadora), Instituto de Computação - IC, UNICAMP
O WebMAPS (Sistema baseado na WEB Semântica para Monitoramento Agrícola e Previsão de Safras) é um sistema de informação Web em desenvolvimento no Instituto de Computação (IC) cujo objetivo é servir de apoio ao monitoramento e planejamento de safras agrícolas no Brasil. Este sistema foi apoiado por dois editais Universal do CNPq (setembro de 2003 a março de 2006 e agosto de 2006 a dezembro de 2008). O projeto requer pesquisa multidisciplinar em Computação e Ciências Agrárias. Na Computação, envolve esforços em bancos de dados, processamento de imagens, redes de computadores, engenharia de software e interfaces homem-computador. O trabalho de iniciação científica teve por objetivo a criação de uma nova ferramenta para integrá-la ao sistema de informação WebMAPS, denominada Paparazzi, visando facilitar a aquisição dos dados científicos necessários para o funcionamento do sistema. Esta ferramenta foi desenvolvida em Python seguindo a metodologia aplicada em projetos FLOSS (Free-Libre Open Source), ou seja, com controle de versões e documentação das atividades. O principal resultado obtido é a implementação da aplicação, que é executada via terminal e obtém da Internet um conjunto de imagens de satélite, a partir de uma consulta ao site da Nasa, e retorna as regiões do mundo sobre as quais há imagens disponíveis, a data de sua geração e as imagens propriamente ditas.

Imagens de satélite - Aquisição de dados científicos - Desenvolvimento de software


E0309

DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTAS E ANALISE DE DESEMPENHO E QUALIDADE DE SERVIÇO (QoS) EM ENLACES PRÉ-WIMAX


Rafael Seraphin Seste (Bolsista PIBIC/CNPq), Prof. Omar Branquinho (Co-orientador) e Prof. Dr. Guido Costa Souza de Araújo (Orientador), Instituto de Computação - IC, UNICAMP
Atualmente as redes wireless (sem fio, tanto no padrão 802.11 - Wi-Fi quanto no 802.16 - WIMAX) estão se multiplicando rapidamente, principalmente as do primeiro tipo. Porém a tendência é que o padrão WIMAX comece a deslanchar definitivamente, pois as homologações começaram a ocorrer no final de 2006 e o preço vem decaindo consideravelmente. Mas mesmo sem as certificações, muitos equipamentos já estavam sendo vendidos, são os chamados Pré-WIMAX. Tendo em vista esse cenário, neste trabalho nos dispôs a desenvolver ferramentas para realizar a análise de desempenho dessas novas redes, para isso utilizamos o protocolo de gerencia de redes, SNMP e armazenamos os dados em um banco de dados. De posse desses resultados desenvolvemos uma ferramenta baseada na web (PHP) para analisá-los, ou seja, gerar gráficos e dados estatísticos sobre a qualidade dos enlaces. Para avaliar a qualidade das antenas Pré-WIMAX elaboramos três cenários de testes, um com visada total, um com visada parcial e o um sem visada (árvores). Os dois primeiros tiveram resultados bem próximos do esperado, porém o último dificilmente fechava o link, o que impossibilitou a maioria de nossos testes.

WIMAX - Wireless - Desempenho


E0310

FLUXOS INTEIROS E COBERTURA POR CIRCUITOS EM GRAFOS


Luiz Fernando de Faria Pereira (Bolsista SAE/UNICAMP) e Prof. Dr. Orlando Lee (Orientador), Instituto de Computação - IC, UNICAMP
A Teoria dos Grafos tem origem desde o problema das pontes de Konigsberg resolvido por Euler no século XVIII, mas a maior parte de estudos, teoremas e resultados ocorreram durante o século XX, com um dos fatores de tal impulsionamento ser a descoberta de diversas aplicações práticas, especialmente na área da computação. O estudo foca em diversos aspectos básicos de Teoria dos Grafos, como grafos bipartidos, árvores, emparelhamentos, grafos eulerianos, planaridade, grafos eulerianos, grafos hamiltonianos, coloração de arestas, minors e outros aspectos interessantes, incluindo definições, teoremas e aspectos históricos importantes e relevantes, além da teoria de fluxos inteiros e outros resultados avançados e conjecturas importantes nessa área.

Grafos - Teoria - Computação


E0311

DESCRITORES DE IMAGENS BASEADOS EM ESQUELETOS


Marcio Alexandre Marar Moreno () e Prof. Dr. Ricardo da Silva Torres (Orientador), , UNICAMP
Com as inovações tecnológicas tanto na área de hardware quanto de software e com a diminuição dos custos de armazenamento e aquisição de imagens, vêm sendo geradas grandes coleções de imagens. Neste cenário, verifica-se a demanda por sistemas computacionais que possibilitem a busca por imagens. Este trabalho de iniciação científica visa ao estudo de mecanismos de recuperação de imagens baseado na forma dos objetos, a partir do uso de esqueletos. Um esqueleto de um objeto é a união dos centros dos círculos de raio máximo que tocam em pelo menos dois pontos do contorno. Este projeto de iniciação científica tem como objetivo proposta de dois novos descritores de imagens baseados em esqueletos. Um deles utiliza formas reconstruídas em diferentes escalas obtidas através do esqueleto e o outro analisa as áreas de influência de cada ramo do esqueleto. As principais contribuições esperadas são: (i) proposta de novos descritores de formas baseados em esqueletos; (ii) levantamento e estudo de técnicas de esqueletonização; e (iii) estudo comparativo dos descritores propostos frente aos descritores de forma existentes. Experimentos preliminares indicam que a abordagem baseada na reconstrução de forma pode melhorar a eficácia de descritores de imagens.

Descritores de forma - Esqueleto - Recuperação de imagens por conteúdo


E0312

RECUPERAÇÃO DE IMAGENS POR CONTEÚDO UTILIZANDO DESCRITORES DE RELACIONAMENTO ESPACIAL


Otávio Augusto Bizetto Penatti () e Prof. Dr. Ricardo da Silva Torres (Orientador) - , UNICAMP
A crescente quantidade de imagens nos dias de hoje tem aumentado a demanda por sistemas eficientes de busca de imagens. Existem diversas técnicas usadas atualmente por estes sistemas. Uma das mais importantes é a recuperação de imagens por conteúdo, que se baseia nas características visuais das imagens, como cor, forma, textura e relacionamento espacial. Relacionamentos espaciais podem ser fundamentais para o reconhecimento e recuperação de imagens beneficiando aplicações geográficas e médicas, por exemplo. Este trabalho de iniciação científica teve como objetivo realizar um estudo comparativo de descritores de relacionamento espacial. Além do estudo de descritores já existentes na literatura, foram propostos novos descritores. Os experimentos realizados compararam os diversos descritores levando-se em conta medidas de eficácia e eficiência e requisitos de armazenamento. Os resultados indicaram o bom desempenho dos descritores propostos, sendo inclusive superior ao desempenho dos descritores da literatura estudados.

Recuperação de imagens por conteúdo - Descritores - Relacionamento espacial


E0313

DESCRITORES DE FORMA BASEADOS NA DIMENSÃO FRACTAL MULTIESCALA


Vítor Baccetti Garcia () e Prof. Dr. Ricardo da Silva Torres  (Orientador), , UNICAMP
Com o surgimento de grandes coleções de imagens, novos métodos para recuperação desse tipo de informação são necessários. Dentre estes métodos, uma abordagem de maior destaque é a Recuperação de Imagens por Conteúdo, isto é, a recuperação de imagens de um banco de dados a partir das propriedades dos seus pixels (por exemplo, cor, textura, forma de objetos). Neste contexto, a Dimensão Fractal Multiescala é um descritor de forma recentemente proposto que permite caracterizar imagens a partir da complexidade do seu contorno. Apesar dos bons resultados inicialmente obtidos, este descritor não é invariante à escala, ou seja, instâncias de uma mesma imagem em diferentes escalas não são consideradas completamente similares. Este projeto de Iniciação Científica tem por objetivo a proposta de um descritor de forma baseado na Dimensão Fractal Multiescala que solucione este problema. A abordagem proposta para atingir a invariância consiste em usar o descritor original para caracterizar imagens em novas escalas. Resultados preliminares no banco de imagens MPEG-7 Core Experiments Shape Part B (1400 imagens divididas em 70 classes) com medidas de eficácia Revocação em 40 e Precisão por Revocação mostram que o descritor proposto obtém resultados mais efetivos que o descritor original.

Recuperação de imagens por conteúdo - Descritores de forma - Dimensão fractal multiescala


E0314

CRIPTOGRAFIA EFICIENTE PARA REDES DE SENSORES SEM FIO


Felipe Gomes Daguano (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Ricardo Dahab (Orientador), Instituto de Computação - IC, UNICAMP
Redes de Sensores Sem Fio (RSSFs) são redes ad hoc compostas basicamente por pequenos sensores de recursos limitados e uma ou mais estações rádio base, as quais são mais poderosas e conectam os sensores com o ambiente externo. Tais redes podem ser utilizadas para diferentes aplicações, tais como operações de resgate em áreas de conflito e/ou desastre, espionagem industrial e detecção de exploração ilegal de recursos naturais. Como qualquer outro tipo de rede ad hoc sem fio, RSSFs são vulneráveis a ataques. Porém, devido a sua maior escassez de recursos e o ambiente em que são executadas, essas redes são ainda mais vulneráveis. O baixo poder computacional dos sensores torna inviável a utilização de algoritmos de Criptografia de Chave Pública (PKC) convencionais (RSA/DSA, por exemplo). Nesse trabalho, investigou-se o emprego de técnicas mais eficientes de PKC, especificamente a criptografia baseada em curvas elípticas (ECC) e, dentro de ECC, o uso da Encriptação Baseada em Identidade (IBE). Através da análise e escolha de parâmetros no contexto de RSSFs, e da implementação de algoritmos de emparelhamentos de Tate e esquemas simples de IBE em sensores de recursos limitados, pudemos verificar a viabilidade de IBE para RSSFs, além da sua natural aplicabilidade nesse contexto.

Redes de sensores sem fio - Criptografia - Emparelhamentos bilineares


E0315

ANÁLISE E COMPARAÇÃO DE ALGORITMOS PARA A SINCRONIZAÇÃO DE MASSIVE MULTIPLAYER ONLINE GAMES


Marcelo Guimarães de Souza (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Ricardo de Oliveira Anido (Orientador), Instituto de Computação - IC, UNICAMP
Os jogos online vêm se tornando cada vez mais populares, com isso os servidores de jogos devem suportar um número cada vez maior de jogadores simultâneos. A arquitetura mais usada atualmente é a Cliente/Servidor, onde o jogador se conecta a um servidor central e se comunica exclusivamente com este servidor. Essa arquitetura impõe limites ao número de jogadores, a arquitetura peer-to-peer se mostrou como uma das possíveis soluções. Nessa arquitetura os jogadores se conectam diretamente e usam o poder de processamento e banda de internet de todos para poder manter a simulação do jogo. Apesar de permitir um número maior de jogadores, a arquitetura exige um controle mais rígido sobre as mensagens trocadas entre eles. Os algoritmos de sincronização organizam os jogadores e controlam a troca de mensagens, evitando divergências entre as visões dos jogadores sobre o jogo. Este projeto visou o estudo e a comparação dos principais algoritmos de sincronização conhecidos. A reunião dessas análises visa dar um melhor suporte aos desenvolvedores de aplicações pee-to-pper. O Projeto final contém os principais conceitos dessa nova tecnologia, além das técnicas usadas para a solução de certas deficiências da arquitetura.

Peer-to-peer - Sincronização - Massive multiplayer online games






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   ...   83


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal