Universidade estadual de campinas



Baixar 4.13 Mb.
Página40/83
Encontro29.11.2017
Tamanho4.13 Mb.
1   ...   36   37   38   39   40   41   42   43   ...   83

Laboratório Nacional de Luz Síncroton

E0463

FABRICAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE MICROMOTORES ELETROSTÁTICOS


Douglas Diego Felix Ferreira (Bolsista PIBIC/CNPq), Maria Helena de Oliveira Piazzetta (Co-orientadora) e Prof. Dr. Ângelo Luiz Gobbi (Orientador), Laboratório Nacional de Luz Síncroton - LNLS
Com o advento da tecnologia de microfabricação de MEMS (MicroElectroMechanical Systems), a partir de 1980, a construção de micromotores eletrostáticos atraiu o interesse do meio científico internacional. Atualmente, os micromotores vêm sendo pesquisados em diversos campos da Engenharia devido ao seu grande potencial no desenvolvimento de novas tecnologias, que vão desde o chaveamento óptico de dados na área de telecomunicações, até à construção de dispositivos destinados à realização de microcirurgias. Este trabalho tem como objetivo a fabricação de micromotores eletrostáticos otimizados. A metodologia utilizada consistiu no projeto de máscaras para fotolitografia UV (com base em modelos desenvolvidos por simulação computacional e otimização topológica), desenvolvimento e otimização de processos para fabricação de moldes de rotores e estatores e a posterior eletroformação dos mesmos. Paralelamente, foi desenvolvido um drive eletrônico composto por componentes discretos destinado a operar eletricamente o micromotor. Resultados preliminares indicaram problemas relativos ao atrito entre as partes móveis e à definição das estruturas de elevada razão de aspecto do dispositivo, dificultando o funcionamento do micromotor. A análise destes dados irá nos permitir projetar e fabricar um novo dispositivo.

Micromotor - Microfabricação - MEMS




University of Missouri-Columbia

E0464

ESTUDO DE MICROTERMOMETRIA EM INCLUSÕES FLUIDAS NOS DEPÓSITOS DE FLUORITA DO DISTRITO ILLINOIS-KENTUCKY, EUA


Rafael Andrello Rubo (Bolsista CAPES-FIPSE), Prof. Dr. Roberto Perez Xavier (Co-orientador) e Prof. Dr. Martin S. Appold (Orientador), Department of Geological Sciences, University of Missouri-Columbia
O Distrito Illinois-Kentucky contém depósitos de Pb e Zn, com fluorita (CaF2) associada, que pertencem à categoria de depósitos do tipo Mississippi Valley (MVT), hospedados em seqüências sedimentares Paleozóicas. O presente estudo tem como objetivo a caracterização da salinidade e temperatura dos fluidos mineralizantes responsáveis pela formação desses depósitos, por meio de análises microtermométricas de inclusões fluidas em fluorita. As inclusões investigadas em fluorita são predominantemente bifásicas aquosas a temperatura ambiente, ocorrendo em grupos isolados de forma homogênea pela fluorita. Temperaturas de fusão do gelo nessas inclusões variam entre -8 a -18º C, correspondendo a salinidades de cerca de 12 a 21% em peso equivalente de NaCl. Temperaturas de homogeneização, invariavelmente para o estado líquido, concentram-se entre 100 e 150º C. Estes resultados são consistentes com estudos prévios de inclusões fluidas do distrito e mostram que os fluidos mineralizantes foram altamente salinos e anomalamente quentes em relação a outros fluidos de profundidades rasas. Em uma próxima etapa, serão realizadas medidas para se determinar a composição elementar dos fluidos por meio de ablação a laser em espectrometria de massa com plasma indutivamente acoplado (LA-ICP-MS).

Microtermometria - Inclusões fluidas - Fluorita








PROJETOS DA ÁREA DE CIÊNCIAS HUMANAS




Centro Superior de Educação Tecnológica

H0465

CONTRIBUIÇÕES PARA A AVALIAÇÃO DOS CONCEITOS DE PERTENCIMENTO, ALTERIDADE E POTÊNCIA DE AÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL


Daniela S. Nakamura (Bolsista PIBIC/CNPq), Marcos L. Chabes (Bolsista FAPESP) e Prof. Dr. Sandro Tonso (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Este projeto foi desenvolvido junto a duas comunidades de pescadores localizados na foz do Rio São Francisco, buscando contribuir para a construção do sentimento de pertencimento ao meio social, para a prática da alteridade e para a potencialização de ações. Num primeiro momento, desenvolveram-se atividades de Educação Ambiental cuja dinâmica buscou traçar um paralelo entre meio natural e meio social. Estas atividades educacionais se constituíram em espaços de diálogo em que foi possível refletir sobre a atual situação dos povoados e organizar ações coletivas que buscaram a superação de alguns problemas identificados. Num segundo momento foi construída de forma coletiva a “I Exposição de Fotografias dos Povoados Saramém e Cabeço”, que demonstrou que atividades que partam da realidade concreta dos envolvidos podem contribuir fortemente para o desenvolvimento dos três conceitos supramencionados. Como resultados, puderam-se construir indicadores e apresentar possíveis parâmetros de avaliação destes conceitos e de atividades de Educação Ambiental.

Educação Ambiental - Avaliação qualitativa - Potência de ação


H0466

DIFERENTES GRUPOS SOCIAIS, CONSUMISMO E MEIO AMBIENTE – SUBSÍDIOS PARA UMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL CRÍTICA


Maíra Miller Ferrari (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Sandro Tonso (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
O presente trabalho busca entender a relação entre consumo e consumismo, estudar as distintas formas com que ele se apresenta em diferentes grupos sociais e analisar diferentes efeitos e percepções dos principais impactos ambientais, ocasionados pelo atual padrão de consumo nestes grupos. Para isso foram realizadas entrevistas e questionários, com sete grupos sociais distintos. Através dos dados obtidos nas atividades observou-se distintas manifestações do consumismo no contexto atual da sociedade de consumo e arquitetou-se vias de ação para uma Educação Ambiental Crítica.

Consumismo - Educação Ambiental Crítica - Diferentes grupos sociais


H0467

CONTRIBUIÇÕES PARA A AVALIAÇÃO DOS CONCEITOS DE PERTENCIMENTO, ALTERIDADE E POTÊNCIA DE AÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL


Marcos L. Chabes (Bolsista FAPESP), Daniela S. Nakamura e Prof. Dr. Sandro Tonso (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Este projeto foi desenvolvido junto a duas comunidades de pescadores localizados na foz do Rio São Francisco, buscando contribuir para a construção do sentimento de pertencimento ao meio social, para a prática da alteridade e para a potencialização de ações. Num primeiro momento, desenvolveram-se atividades de Educação Ambiental cuja dinâmica buscou traçar um paralelo entre meio natural e meio social. Estas atividades educacionais se constituíram em espaços de diálogo em que foi possível refletir sobre a atual situação dos povoados e organizar ações coletivas que buscaram a superação de alguns problemas identificados. Num segundo momento foi construída de forma coletiva a “I Exposição de Fotografias dos Povoados Saramém e Cabeço”, que demonstrou que atividades que partam da realidade concreta dos envolvidos podem contribuir fortemente para o desenvolvimento dos três conceitos supramencionados. Como resultados, pôde-se construir indicadores e apresentar possíveis parâmetros de avaliação destes conceitos e de atividades de Educação Ambiental.

Educação Ambiental - Avaliação qualitativa - Potência de ação






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   36   37   38   39   40   41   42   43   ...   83


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal