Universidade estadual de campinas



Baixar 4.13 Mb.
Página43/83
Encontro29.11.2017
Tamanho4.13 Mb.
1   ...   39   40   41   42   43   44   45   46   ...   83

Faculdade de Engenharia Agrícola

H0524

PLURIATIVIDADE DE PRODUTORES RURAIS NO RURAL METROPOLITANO: ESTUDO DE CASO DO DISTRITO DE BARÃO GERALDO, MUNICÍPIO DE CAMPINAS/SP


Rafael Aroni (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Nilson Antonio Modesto Arraes (Orientador), Faculdade de Engenharia Agrícola - FEAGRI, UNICAMP
O trabalho contribui para o debate do tema pluriatividade, em específico para áreas periurbanas. Assim, buscou-se conhecer e explicar as dinâmicas na articulação entre atividades agrícolas e não agrícolas, entre produtores rurais, em espaços de transição de campo para cidade. O objetivo geral caracterizar os produtores rurais seus respectivos sistemas de produção. Os objetivos específicos identificar as áreas de produção agropecuária, caracterizar os seus entornos, investigar a ocorrência de produtores pluriativos. A metodologia compreendeu aplicação de questionário estruturado e entrevista diretiva, bem como auxílio do DSA (Diagnóstico de Sistemas Agrários). Foram identificadas 10 áreas com atividades agrícolas, abrangidas em duas grandes regiões com atividades agropecuárias concentradas: Sítios Amarais e Colônia Tozan. Os entornos apresentaram crescente uso para fins especulativos residenciais. A amostra aleatória foi de 35 produtores. Dividida em três áreas entre os eixos viários do distrito. Tentou-se captar a diversidade de produtores entre proprietários e não proprietários, entre grandes, médios e pequenos. Constatou-se a ocorrência de 30 famílias de produtores pluriativos tanto entre proprietários e não proprietários, com a tendência da comercialização dos produtos como principal atividade não agrícola.

Pluriatividade - Agricultura familiar - Caracterização de produtores




Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo

H0525

MODELOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS EM CENTROS METROPOLITANOS CONSOLIDADOS: ESTUDO DO CONCURSO BAIRRO NOVO


Débora Gomes dos Santos (Bolsista SAE/UNICAMP) e Prof. Dr. Leandro Silva Medrano (Orientador), Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo - FEC, UNICAMP
É intensa e crítica a conjuntura de desigualdade social que caracteriza as cidades brasileiras desde os mais remotos registros. Dentre as inúmeras formas pelas quais se consolida essa situação se encontra a insuficiência dos planejamentos e de suas correspondentes ações no meio urbano. Nesse contexto, é fundamental a reflexão acerca de um dos mais importantes pilares da segregação sócio-espacial: a moradia – sua produção, sua localização. Em decorrência disto, a manutenção de um número significante de áreas vazias ou subutilizadas em regiões centralizadas e supridas em infra-estrutura torna-se uma contradição. Sob esses aspectos coloca-se a importância em aliar as dadas questões, na tentativa de alterar áreas centrais segundo políticas que visem reverter a lógica predatória do mercado imobiliário, promovendo a democratização da cidade, sobretudo através da habitação. Desta forma, o concurso Bairro Novo, realizado na cidade de São Paulo em 2003, apresentou-se como um painel referencial de metodologias projetuais, analisadas nesta pesquisa segundo preceitos teóricos contemporâneos de desenho urbano relacionados à reestruturação de áreas centrais e à apreensão das dessemelhanças características deste ambiente, a partir dos quais se possibilitou a construção de um amplo panorama de como se compreende o fazer urbano no Brasil hoje.

Planejamento urbano - Concurso público - Habitação social


H0526

HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL EM ÁREAS CENTRAIS: CONCURSO HABITASAMPA ASSEMBLÉIA


Eduardo Marotti Corradi (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Leandro Silva Medrano (Orientador), Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo - FEC, UNICAMP
O déficit habitacional é um grave problema brasileiro, principalmente quando se trata da cidade de São Paulo, a maior do país e uma das que apresenta maior índice de desigualdade social. Grande parte da população da cidade não tem acesso à cidade “legal”, urbanizada, habitando assim a periferia, não provida de infra-estrutura de serviços e equipamentos públicos. Estudos recentes buscam no centro da cidade uma alternativa aos grandes conjuntos habitacionais da periferia – marca de nosso processo de urbanização. Esta pesquisa buscou estudar o caso da habitação de interesse social nas áreas centrais, identificando programas e ações governamentais a partir de um levantamento bibliográfico relacionado a esta questão e os assuntos que a cerca. Com base nestes estudos foram analisados os projetos vencedores do concurso Habitasampa Assembléia e entrevistados os escritórios responsáveis por estes projetos, mostrando-nos que a arquitetura brasileira mantém-se fortemente vinculada à tradição da arquitetura moderna, seja nos aspectos teóricos e/ou morfológicos.

Arquitetura - Habitação de interesse social - Habitasampa


H0527

TÍTULO: OS TELECENTROS DE SÃO PAULO. UMA ANÁLISE SOBRE SUA RELEVÂNCIA AO ESPAÇO PÚBLICO URBANO


Giovana Savietto Feres (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Leandro Silva Medrano (Orientador), Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo - FEC, UNICAMP
Além de promover a inclusão digital em áreas periféricas e/ou degradadas da cidade através de um programa desenvolvido pelo Governo Eletrônico (PMSP), os Telecentros têm outras funções implícitas e não menos importantes para as comunidades das quais fazem parte: inclusão social, educação, formação profissional, local de encontro e intercâmbio e mobilização para resolver problemas e necessidades da comunidade. Dessa forma, a arquitetura desses edifícios, bem como sua integração com a área urbana local, possui fundamental importância para o sucesso e manutenção de um Telecentro à sua utilização pública. A correta relação entre essa política pública e um projeto de arquitetura-urbana, é considerada como um dos fatores imprescindíveis para a concretização de seus anseios sociais. A partir, então, de visitas realizadas aos Telecentros Gal Penha, Olido-Centro e CEU-Butanta, na cidade de São Paulo, realizou-se uma análise dos programas, objetivos e infra-estrutura arquitetônico-urbana desse meio de inclusão digital. Uma pesquisa que pretende auxiliar no desenvolvimento de novos Telecentros adequados às demandas atuais das metrópoles contemporâneas.

Telecentros - Espaços públicos - Inclusão digital


H0528

CONCURSOS DE ARQUITETURA PARA HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL EM ÁREAS CENTRAIS. O CASO DO HABITASAMPA - ASSEMBLÉIA


Lílian Tamie Akune Lopes da Silva (Bolsista SAE/UNICAMP) e Prof. Dr. Leandro Silva Medrano (Orientador), Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo - FEC, UNICAMP
Enquanto os grandes centros urbanos conformam um generoso acervo imobiliário a ser aproveitado, com alto valor de uso, os mesmos abrigam grandes áreas sub-aproveitadas. Ao mesmo tempo, a maioria pobre é alocada em periferias cada vez mais distantes, levando a um crescimento desmesurado dessas grandes aglomerações habitacionais. Buscando alternativas para a questão da habitação de interesse social e reversão do processo de “museificação” dos centros das cidades, surgem novas opções de desenho urbano para as metrópoles contemporâneas. Caracterizadas como intervenções em áreas consolidadas que buscam uma reorganização territorial através da compreensão de seu potencial histórico, cultural e de sua infra-estrutura urbana. Dentre os diversos planos de intervenção, em São Paulo, diferentes programas realizados pela prefeitura (2001-2004) como o “Morar no Centro” e “Locação Social” foram criados, sendo o concurso nacional de arquitetura “Habitasampa” parte de tais programas. O presente trabalho busca organizar um levantamento técnico e gráfico, além de uma análise crítica, dos projetos que receberam menção honrosa nesse concurso, através de questionários e entrevistas aos seus autores e levantamento bibliográfico. Tal iniciativa soma-se a outros projetos de pesquisa que visam analisar os primeiros colocados do concurso. As conclusões ao final do trabalho têm por objetivo contribuir para a realização de novas propostas aprimoradas em seus fundamentos e forma.

Habitação de interesse social - Reestruturação de centros consolidados - Habitação em áreas centrais






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   39   40   41   42   43   44   45   46   ...   83


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal