Universidade estadual de campinas



Baixar 4.13 Mb.
Página51/83
Encontro29.11.2017
Tamanho4.13 Mb.
1   ...   47   48   49   50   51   52   53   54   ...   83

Centro Superior de Educação Tecnológica

T0707

AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE DA ÁGUA E DO SEDIMENTO DO RIO JAGUARI, SP, UTILIZANDO O ORGANISMO-TESTE CHIRONOMUS XANTHUS (CHIRONOMIDAE)


Camila Cristina Biscola Struchel (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Abílio Lopes de Oliveira Neto (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Substâncias potencialmente tóxicas são carreadas ou despejadas em ambientes aquáticos e grande parte acabam se depositando em sedimentos onde podem ameaçar o equilíbrio de comunidades bentônicas e permanecerem como contaminantes, geralmente em concentrações mais elevadas que na coluna de água. Objetivando diagnosticar possíveis contaminações da água e sedimento do Rio Jaguari, nos municípios de Limeira, Paulínia, Jaguariúna e Pedreira, SP, foram realizados testes de toxicidade aguda e crônica utilizando o organismo bentônico Chironomus xanthus, que vive nos sedimentos e está diretamente exposto aos possíveis contaminantes. Neste trabalho, análises fisíco-químicas e toxicológicas da água e do sedimento do rio foram realizadas; para os testes de toxicidade foram utilizadas quinze réplicas de cada ponto coletado (total de quatro pontos), utilizando-se um organismo-teste em cada pote. A maior mortalidade de organismos foi verificada nos pontos 2 e 3 devido a possível presença de substâncias tóxicas que podem ter sido liberadas por uma refinaria de petróleo (ponto 2) e indústria de abate de aves (ponto 3, Jaguariúna – atrecho urbano).

Teste de toxicidade - Chironomus xanthus - Sedimento.


T0708

UTILIZAÇÃO DO ANFÍPODA HYALELLA MEINERTI PARA A AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE DA ÁGUA E DO SEDIMENTO DO RIO JAGUARI, SP


Fabíola Fernandes Parente (Bolsista SAE/UNICAMP) e Prof. Dr. Abílio Lopes de Oliveira Neto (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP

A intensa industrialização e urbanização resultam em despejos de efluentes contendo substâncias tóxicas que deterioram a qualidade dos recursos hídricos afetando diretamente as comunidades aquáticas e a saúde da população. No presente trabalho foi utilizado o organismo-teste Hyalella meinerti (anfípoda), um organismo epibêntico que vive em sedimentos de rios e represas da nossa região. Visando fornecer um diagnóstico da qualidade da água sob o ponto de vista ecotoxicológico no Rio Jaguari e aprofundar o conhecimento da utilização desta espécie regional como organismo-teste, foram testadas amostras de água e sedimento do rio em quatro pontos distintos nas cidades de Limeira, Paulínia, Jaguariúna e Pedreira, SP, através da realização de testes de toxicidade aguda com amostras de água e sedimento. Nas análises toxicológicas foram realizadas quatro réplicas para cada ponto, utilizando dez organismos-teste para cada pote. Constatou-se maior mortalidade no ponto 2, localizado na cidade de Paulínia, onde há uma refinaria de petróleo nas proximidades; e no Ponto 3, na cidade de Jaguariúna, por estar situado em uma área urbana e próximo a uma indústria de abate de aves.



Hyalella meinerti - Teste de toxicidade - - Sedimento.

T0709

Avaliação Ecotoxicológica da Água e do Sedimento do Ribeirão Tatu no trecho urbano do município de Limeira, SP, utilizando o organismo-teste Dugesia tigrina


Talita Natal Batistucci (Bolsista SAE/UNICAMP) e Prof. Dr. Abílio Lopes de Oliveira Neto (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Por meio da avaliação ecotoxicológica, avaliam-se os riscos decorrentes de amostras ambientais contaminadas por espécies químicas indicando efeitos potencialmente danosos ao meio e deletérios aos organismos locais, servindo como importante ferramenta para a preservação e recuperação de ecossistemas aquáticos naturais. Ao optar-se pelo método de testes de toxicidade aquática, corrigem-se as limitações químico-analíticas dos compostos, cujas concentrações por vezes são menores que os limites de detecção dos métodos analíticos. Ademais, fornecem informações sobre o potencial dos efeitos de uma substância tóxica aos organismos aquáticos. O organismo-teste escolhido foi o platelminto Dugesia tigrina, por apresentar características adequadas ao uso, tais como boa sensibilidade e consistência na resposta à exposição de tóxicos. Objetivou-se adequar às condições laboratoriais o organismo Dugesia tigrina de modo a viabilizar sua aplicação nos testes toxicológicos. Secundariamente, avaliar e quantificar a toxicidade da água e do sedimento do Ribeirão Tatu (Limeira-SP), através de testes de toxicidade aguda e crônica com sedimentos utilizando como organismo-teste. Os organismos foram coletados em culturas aquáticas do município de Rio Claro (São Paulo) e reproduzidos e cultivados no laboratório de Ecotoxicologia – CESET/Unicamp. A metodologia de manutenção dos organismos baseia-se principalmente em estudos realizados por SAFADI (1993) em que foram obtidas informações sobre o tamanho das bandejas, forma de captura dos adultos, número adequado de organismos a serem mantidos em cada bandeja, volume de água adequado. Foram realizados diversas experimentações afim de bem adaptar a espécie ao proposto no estudo. Duas vezes por semana, os organismos recebiam porções de fígado bovino cru, trocava-se a água dos recipientes, coletava-se e contava-se os ovos, segregando-os para eclodirem e posteriormente serem separados por data de nascimento e idade dos indivíduos. Por fim, conclui-se que o platelminto em questão requer cuidados referentes à manutenção laboratorial. Alterações de fotoperíodo, quantidade e variedade na oferta de alimento, temperatura local, adequação da água de cultivo e estabilização da cultura; demandaram longa observância. No presente trabalho são apresentados os resultados iniciais do cultivo de Dugesia trigina e sua adequação aos testes ecotoxicológicos.

Ecotoxicidade - Dugesia tigrina - Análise de água


T0710

CULTIVO E OBTENÇÃO DE PARÂMETROS BIOLÓGICOS DE ESPÉCIES NEOTROPICAIS DE ROTíFEROS


Vanessa de Menezes Oliveira (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Abílio Lopes de Oliveira Neto (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológico - CESET, UNICAMP
Os rotíferos desempenham papel fundamental como recicladores e regeneradores de nutrientes, indicadores de poluição ambiental e alimento para larvas de peixes devido a sua posição estratégica na cadeia trófica. Tendo em vista a pequena quantidade de estudos sobre cultivo e biologia de rotíferos da nossa região, esse trabalho objetivou determinar as condições ótimas para cultivo das espécies de rotíferos Platyonus patulus e Lecane bulla que ocorrem abundantemente em rios e reservatórios do Brasil para posterior estabelecimento de protocolos e realização de testes ecotoxicológicos para a avaliação da toxicidade de água e sedimento, garantindo assim maior relevância ecológica destes procedimentos. A princípio observou-se que os organismos se desenvolviam melhor apenas com utilização da alga Selenastrum capricornutum como alimento. Assim, o cultivo se deu utilizando concentrações de algas em diferentes condições de temperatura e luminosidade. Os resultados demonstraram que para Lecane bulla o cultivo apresentou melhor sucesso na concentração de 3.106 células/mL e temperatura variando de 21,7 a 30,9º C e para Platyonus patulus na concentração de 7.105 células/mL e temperatura controlada em 23ºC ±0,3ºC.

Rotíferos - Cultivo Lecane bulla - Platyonus patulus


T0711

ANÁLISE DO SETOR SUCROALCOOLEIRO A PARTIR DA AQUISIÇÃO E COORDENAÇÃO DE CONHECIMENTO MULTIESPECIALISTA E DA MODELAGEM EM DINÂMICA DE SISTEMAS


Daniela dos Santos Santana (Bolsista SAE/UNICAMP) e Prof. Dr. Antonio Carlos Zambon (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Utilizando critérios de análise sistêmica, para extração e sistematização de conhecimento multiespecialista, a pesquisa visa à construção de um modelo que permita a compreensão do atual quadro de oferta de álcool. O objetivo deste trabalho é, modelar de um arquétipo derivado dos modelos mentais dos agentes econômicos que interagem com a produção de etanol no Estado de São Paulo. Este arquétipo foi convertido em um modelo simulado, que compõe um instrumento analítico das variáveis macroeconômicas que influenciam a demanda pelo produto. Para tornar possível o desenvolvimento do modelo, foi empregado o processo MORPH (ZAMBON, 2005), para à aquisição e estruturação do modelo compartilhado e multiespecialista. A partir de um modelo previamente determinado por (MARIANA, 2006), que considerou a produção do etanol no interior do Estado de São Paulo, foi possível, mostrar nuances da configuração do atual cenário do setor sucroalcooleiro brasileiro. Características como a ampliação futura dessa oferta e a importância desse setor para a economia interna, ficaram delineadas no levantamento prévio, demonstrando a oportunidade de sua utilização futura para o apoio à decisão de agentes do setor e como instrumento de aprendizado para avaliar cenários complexos. Além disso, a estrutura de influências das variáveis, transposta para o software de simulação STELLA®, permitiu uma análise prévia de robustez do diagrama situacional, sendo que o mesmo foi aprovado nesta fase em termos de procedimentos clássicos (ZAMBON, et al, 2006) de validação de modelos de Dinâmica de Sistemas.

Dinâmica de Sistemas - Oferta de etanol - Setor sucroalcooleiro


T0712

BIODEGRADAÇÃO DO GLIFOSATO EM SOLO DE CULTIVO DE CANA-DE-AÇUCAR


Ana Paula Corrêa de Souza (Bolsista SAE/UNICAMP) e Profa. Dra. Cassiana Maria Reganhan Coneglian (Orientadora), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
O solo há milhares de anos é um elemento essencial para obtenção de alimento. Seu uso cultivado pelo homem foi se expandindo com o crescimento populacional, criando condições para romper equilíbrios ecológicos milenares. Em conseqüência, a fertilidade e a produtividade natural do solo foram reduzidas. A utilização progressiva de herbicidas, tais como o glifosato, causam a degradação e contaminação do solo, danificando consideravelmente a sua microbiota e interferindo no ciclo de elementos essenciais para a vida na Terra. Ao contaminar o ambiente por meio da água ou do solo, o glifosato passa a fazer parte da cadeia alimentar de seres humanos e animais, podendo causar problemas à saúde. Neste trabalho avaliamos a biodegradação do herbicida glifosato no solo, mediante o método de respirométrico de Bartha. Para avaliar a biodegradação utilizou-se solo de cultivo de cana-de-açúcar, com histórico de aplicação do herbicida, quantificando os grupos de microrganismos mais ativos durante esse período, além de avaliar a toxicidade do solo antes e após os ensaios repirométricos. A biodegradação do glifosato foi avaliada monitorando-se a evolução do CO2, durante um período de 45 dias. Diante dos resultados obtidos verifica-se que o solo possui microrganismos adaptados a presença do herbicida e com capacidade de degradação, avaliada pela geração de CO2.

Glifosato - Biodegradação - Cana-de-açúcar


T0713

MONITORAMENTO ECOTOXICOLÓGICO DE EFLUENTE DE LAGOAS DE ESTABILIZAÇÃO


Caio Leandro Alves (Bolsista PIBIC/CNPq), Prof. Dr. Abílio Lopes de Oliveira Neto (Co-Orientador) e Profa. Dra. Cassiana Maria Reganhan Coneglian (Orientadora), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Dentre muitos métodos utilizados no tratamento de efluentes domésticos, as lagoas de estabilização têm sido amplamente utilizadas, devido principalmente ao custo de manutenção relativamente baixo, entretanto o efluente final pode não atender os padrões de emissão em decorrência de alterações na vazão, que ao aumentar, diminui o tempo disponível para a estabilização da matéria orgânica e inorgânica dentro da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), liberando no corpo receptor altas concentrações de compostos potencialmente tóxicos, como os amoniacais. No Brasil, a resolução CONAMA Nº 357/2005 estabelece que o valor máximo permitido (VMP) de Nitrogênio Amoniacal Total (NAT) em efluentes é de 20 mg/L. O objetivo deste trabalho foi realizar o monitoramento físico-químico, microbiológico e ecotoxicológico em efluentes finais de duas ETEs que utilizam o sistema lagoas de estabilização, na região de Limeira. Foram realizados testes ecotoxicológicos com os organismos-teste Daphnia simillis (CETESB, 1994) e Ceriodaphnia dubia (ABNT, 2003). Os parâmetros físico-químicos, dentre eles pH, NAT e OD, foram realizados segundo Apha (1998) e os testes bacteriológicos segundo a Norma Cetesb (1986). Para D. simillis, as duas amostra da ETE-1, com 24,7 e 13,7 mg/L NAT em pH @ 7,0, não mostraram toxicidade aguda (EC50%), mas apresentaram toxicidade crônica (ICP25), respectivamente, de 49,8% e de 98,8% para C. dubia. As duas amostras da ETE-2, com 49,7 e 46,6 mg/L NAT também com pH @ 7,0, apresentaram EC50% para a C. dubia. Conclui-se que os efluentes possuem efeito tóxico e, que 3 de 4 amostras coletadas nas ETEs não atendem ao VMP de NAT estabelecido na resolução CONAMA Nº 357/2005.

Monitoramento - Ecotoxicologia - Efluente doméstico


T0714

AVALIAÇÃO ECOTOXICOLÓGICA DO RIBEIRÃO PINHEIROS NO MUNICÍPIO DE VALINHOS


Karina Zanetti de Souza (Bolsista PIBIC/CNPq) e Profa. Dra. Cassiana Maria Reganhan Coneglian (Orientadora), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Valinhos se localiza na região metropolitana de Campinas – SP, percorrendo toda a extensão da cidade, o Ribeirão Pinheiros recebe efluentes domésticos e industriais. Seu receptor é o Rio Atibaia, um dos mais importantes da bacia da região. Este projeto teve como objetivo a caracterização de alguns parâmetros físico-químicos como oxigênio dissolvido, pH, dureza, sólidos totais dissolvidos, DQO, DBO; microbiológicos, sendo coliformes totais, termotolerantes e bactérias heterotróficas; e ecotoxicológicos com os organismos Daphnia similis e Ceriodaphnia silvetre. Realizou-se 4 coletas em 3 pontos ao longo do Ribeirão Pinheiros em seu percurso pelo município. O primeiro ponto localiza-se próximo à formação do ribeirão, o segundo na região central da cidade e o terceiro antes do encontro com o Rio Atibaia. Avaliou-se os parâmetros de acordo com Standard Methods (1998). Nos resultados obtidos verificou-se toxicidade apenas na segunda coleta, possivelmente devido à ocorrência de despejo pontual e clandestino. Em todos os pontos e coletas as análises microbiológicas indicaram presença de coliformes fecais, assim como o parâmetro dureza demonstrou uma água moderadamente dura, resultados acentuados no ponto 2. Os demais parâmetros apresentaram normalidade de acordo com a classificação estabelecida pela resolução CONAMA Nº 357/2005. A presença de toxicidade e os elevados números de coliformes fecais evidenciam o impacto provocado no Ribeirão Pinheiros devido ao descarte de efluentes domésticos e industriais sem prévio tratamento. A urbanização e industrialização podem causar grandes impactos no corpo hídrico, levando a um desequilíbrio na biota local e à presença de patógenos.

Ecotoxicologia - Urbanização - Qualidade de água


T0715

estudo da emissão de luz ultra-fraca como alternativa de teste ecotoxicológico utilizando o organismo teste DAPHNIA SIMILIS


Natally Annunciato Siqueira, Cristiane Alves Pereira (Bolsista SAE/UNICAMP), Daniella Cristina Batista, Ádria Caloto Oliveira (Colaboradora), Gilberto de Almeida (Colaborador), Prof. Dr. Abílio Lopes de Oliveira Neto (Co-orientador) e Prof. Dr. Cristiano de Mello Gallep (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Muitos sistemas naturais são dotados de uma propriedade peculiar chamada vida. Estes sistemas são conhecidos como sistemas biológicos que quando presentes em ecossistemas aquáticos de água doce, as interferências negativas no ambiente podem ser detectadas através de testes ecotoxicológicos. Os estudos ecotoxicológicos têm sido amplamente utilizados para a verificação dos efeitos nocivos de substâncias químicas puras ou compostas nos organismos aquáticos. Desses, o teste de toxicidade aguda com o organismo Daphnia similis constitui-se a base de dados. Todavia, devido à importância de se obter resultados em um tempo inferior ao empregado convencionalmente, uma nova metodologia vem sendo estudada. Essa metodologia se baseia em emissões espontâneas de luz ultra-fraca (biofotônica) que observa a variação do comportamento dos organismos teste quando expostas a diferentes substâncias. Nosso objetivo neste trabalho foi avaliar a resposta biofotônica do organismo teste Daphnia similis quando exposta à substância de referência dicromato de potássio (K2Cr2O7) nas concentrações 0,02; 0,04; 0,08; 0,16 e 0,32 mg/L para contagens de biofótons a cada 1 s e a cada 50 ms em um período de 30 e 15 minutos respectivamente. Os resultados obtidos para os intervalos de tempo mostram diferente resposta para cada concentração, no entanto um estudo mais aprofundado deve ser realizado.

Ecotoxicologia - Biofotônica - Daphnia similis


T0716

CARACTERIZAÇÃO BIOFOTÔNICA EM TESTES DE GERMINAÇÃO DE ESPÉCIES VEGETAIS SUBMETIDAS A TESTES DE TOXICIDADE


Samuel Ricardo dos Santos (Bolsista FAPESP), Gilson Oliveira Julião (Bolsista FAPESP), Thiago Alexandre Moraes e Prof. Dr. Cristiano de Mello Gallep (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
A emissão espontânea de luz por seres vivos tem sido objeto de estudo por vários pesquisadores em todo globo e pode ser correlacionada com as condições fisiológicas dos organismos. O objetivo deste trabalho é avaliar a técnica biofotônica como método de análises ecotoxicológicas, em testes de toxicidade utilizando espécies vegetais submetidas à testes de germinação, e monitoradas via testes biofotônicos em câmara escura com fotomultiplicador acoplado. A metodologia baseia-se na avaliação de respostas quimiluminescentes, com acompanhamento dos parâmetros estatísticos de contagem, distribuição das contagens e comportamentos das freqüências via Fast Fourier Transform, em comparação com dados de eficiência de germinação e desenvolvimento dos brotos. Os resultados apresentam claras distinções entre os parâmetros biofotônicos e demonstram a versatilidade da técnica como método rápido e prático com tempo reduzido de análises.

Biophotons - Quimiluminescência - Ecotoxicológica.


T0717

O EMPREGO DO GPS PROMARK 2 E DA ESTAÇÃO TOTAL PULSE LASER NPL 352 NIKON NO TRANSPORTE DE COORDENADAS UTM SEGUNDO A CONCEITUAÇÃO GEODÉSICA E CARTOGRÁFICA DOS SOFTWARES DATAGEOSIS E SURVEY PROJECT MANAGER


Elmagno Catarino Santos Silva (Bolsista SAE/UNICAMP) e Prof. Dr. Edison Roberto Poleti (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Georreferenciar é atividade aplicada aos serviços topográficos e cartográficos atualmente desenvolvidos pelos profissionais da área de Agrimensura e Cartografia. Atividade esta que é normatizada e condicionada aos profissionais que possuem em seu perfil os conhecimentos tanto geodésicos como cartográficos. Uma das atividades que se aplica a estes profissionais seria a do transporte de coordenadas UTM na elaboração dos serviços topográficos exigidos pela normatizações e especificações, e adotadas pelo Sistema Geodésico Brasileiro e pela NBR 13.133. A qualificação do profissional e a utilização de equipamentos adequados vêm garantir que estes trabalhos estejam dentro das especificações técnicas exigidas. Nessa parte II da pesquisa apresentou-se o emprego dos equipamentos GPS ProMark 2 - Tales Navigation e da Estação Total Pulse Laser NPL 352 da Nikon no georreferenciamento de pontos da estação base de segunda ordem dos municípios de limeira e Americana. No processamento dos dados adquiridos foi levado em conta a metodologia empregada, aplicando o tipo de software adequado, segundo a conceituação geodésica e cartográfica aplicada no software DataGeosis v. 2.3, desenvolvida na parte I desta pesquisa.

Georreferenciamento - Transporte de coordenadas - Geodésia


T0718

SIMULAÇÃO DE GUIAS FOTÔNICOS VIA ELEMENTOS FINITOS 2D


Bárbara Caroline dos Santos, Profa. Dra. Marli de Freitas Gomes Hernández (Co-orientadora) e Prof. Dr. Edson Luiz Ursini (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Na área de comunicações ópticas os guias de onda são componentes cruciais para o processamento (geração, transmissão, recepção e decodificação) dos sinais ópticos. Estes guias podem ter comprimentos muito longos (da ordem de quilômetros), como ocorre com a fibra óptica; ou de algumas dezenas de milímetros, como é o caso dos componentes fotônicos integrados (acopladores, divisores de potência, interferômetros, etc). Muitos dispositivos podem ser modelados aproximadamente considerando as suas seções retas como unidimensionais. As seções retas da maioria das fibras ópticas comerciais também podem ser modeladas em uma dimensão, considerando a simetria azimutal das mesmas. Usando coordenadas cilíndricas, podemos descrever a variação transversal dos campos propagantes apenas levando em conta a coordenada radial. Neste projeto pretendemos simular os guias óticos de uma forma mais realística, ou seja, consideraremos a seção reta dos mesmos sem simplificações, isto é, em duas dimensões.

Elementos finitos - Guias fotônicos - Óptica


T0719

aESTUDO DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA POR PARTÍCULAS INALÁVEIS EM PEDÁGIO DE RODOVIA


Clarissa Caximiliano Mattoso (Bolsista SAE/UNICAMP) e Prof. Dr. Francisco Javier Cuba Terán (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
A atmosfera é uma importante fonte de vida e não está livre de emissões poluidoras, sendo estudado neste projeto o material particulado presente em regiões próximas a rodovias com grande fluxo de veículos automotores. Devido à grande quantidade de ar amostrado, a suas características construtivas e ao tamanho de corte que consegue, o equipamento usado para a coleta recebe o nome de Amostrador de Grande Volume para material inalável com tamanho menor a 10 mm (MP10). Resultados preliminares da determinação desse parâmetro acusaram concentrações da ordem de 53 mg/m3, acima do valor igual a 50 mg/m3 estabelecido pelo CONAMA nº 03/1990. Por serem coletadas na Rodovia Anhanguera na base da Polícia Militar Rodoviária da cidade de Limeira, a ocorrência de MP10 nessas amostras, em concentrações além da especificada pela legislação ambiental, coloca em risco a saúde do pessoal da base além da saúde dos trabalhadores do pedágio operado pela empresa concessionária e dos moradores residentes em áreas próximas ao lugar de monitoramento. A segunda fase do trabalho envolve o estudo da toxicidade do material coletado mediante ensaios de toxicidade utilizando como organismo indicador o micro-crustáceo Daphnia similis.

Material particulado - Partículas inaláveis - Poluição atmosférica


T0720

CONTROLE DE POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA – DETERMINAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO DE DIÓXIDO DE ENXOFRE, PELO MÉTODO DE PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO, NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA/SP


Marcelo Lemos Buffon (Bolsista PIBIC/CNPq e FAEPEX) e Prof. Dr. Francisco Javier Cuba Terán (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Grandes quantidades de poluentes estão entrando na atmosfera com o aumento do uso de combustíveis fósseis, expansão da produção industrial e crescente uso de veículos motorizados, impondo ameaças à saúde humana e degradando o meio ambiente. Visando contribuir para o desenvolvimento desta área de pesquisa atualmente escassa, o presente trabalho levantou dados para o monitoramento da qualidade do ar no município de Limeira/SP, determinando a concentração de um dos principais poluentes atmosféricos e causador da chuva ácida, o Dióxido de Enxofre (SO2), através do método de peróxido de hidrogênio, utilizando-se o aparelho Amostrador de Pequeno Volume para Três Gases (APV-Trigás). As amostragens foram realizadas na estação meteorológica do Campus da Unicamp em Limeira/SP. As determinações das concentrações foram realizadas através de análises físico-químicas em laboratório, sendo observado valores abaixo dos padrões estabelecidos por lei segundo CONAMA Nº 03 de 28/06/90. Sendo assim, pode-se concluir que as concentrações deste poluente encontradas neste trabalho não oferece risco à saúde da população e meio ambiente.

Dióxido de enxofre - Peróxido de hidrogênio - Chuva ácida


T0721

ELETRO-COAGULAÇÃO-FLOTAÇÃO APLICADA AO TRATAMENTO FÍSICO-QUÍMICO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS COM ELEVADO TEOR DE MATERIAL EM SUSPENSÃO


Mário Luiz Rodrigues Foco (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Francisco Javier Cuba Terán (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Ultimamente tem sido um grande desafio aprimorar técnicas de tratamento de água residuária em estabelecimentos de pequeno porte, que diminuam os riscos de contaminação e ao mesmo tempo privilegie um baixo custo de implantação e operação. O presente trabalho estudou a aplicabilidade dos princípios da eletrólise da água, da coagulação química e da flotação através do processo de eletro-coagulação-flotação (ECF) de águas residuárias. Os resultados dos experimentos, demonstram eficiências na remoção de cor em torno de 86,14%, turbidez 90,15% e óleos e graxas de 85,43%, em teste realizados com águas residuárias com elevado teor de material em suspensão originadas em lavador de automóveis. A ECF envolve um reator eletrolítico, no qual, a água passa por eletrodos de alumínio conectados a uma fonte de potencial externa. Nessa unidade ocorrem reações eletroquímicas que promovem a emissão de íons Al3+ a partir do ânodo, em razão do potencial aplicado, resultando na neutralização das forças repulsivas dos poluentes. Conseqüentemente há formação de flocos. Em decorrência do potencial aplicado no cátodo ocorrerá a evolução de microbolhas de hidrogênio que capturam e carregam os flocos para o topo da solução, concretizando a flotação e remoção do contaminante, que será separado da fase líquida. A tecnologia proposta apresenta duas vantagens significantes em relação à coagulação e sedimentação convencional, sendo elas: curto tempo de retenção e pouca água contida no lodo produzido.

Coagulação - Flotação - Eletroquímica


T0722

SIMULAÇÃO DO MODELO ELÉTRICO DE MASON PARA TRANSDUTORES PIEZOELÉTRICOS MECANICAMENTE PRÉ-TENSIONADOS


César Augusto Negri de Oliveira (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Francisco José Arnold (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Transdutores piezoelétricos pertencentes à grande maioria dos sistemas ultra-sônicos são compostos de cerâmicas piezoelétricas e peças metálicas e são mecanicamente pré-tensionados. Neste projeto são apresentadas simulações computacionais da impedância elétrica destes transdutores baseadas no modelo de Mason. Objetivos: O objetivo deste trabalho é avaliar o comportamento da impedância elétrica dos transdutores piezoelétricos e compara-los com resultados experimentais. Metodologia: A metodologia consiste em simular computacionalmente modelos elétricos de diferentes configurações de transdutores piezoelétricos e comparar com resultados experimentais. Vários transdutores foram montados e suas ressonâncias obtidas pelo método das ressonâncias. Resultados: Os resultados simulados e experimentais demonstram variações nas ressonâncias e anti-ressonâncias em função das dimensões das partes passivas. Os valores das tensões mecânicas aplicadas também influenciaram nos resultados experimentais. Conclusões: A comparação permite estabelecer uma relação entre as seções transversais efetivas de contato entre as partes do transdutor e os níveis de pré-tensionamento aplicado.

Transdutor - Modelo de Mason - Piezoelétrico


T0723

CONTROLE DA FREQÜÊNCIA DE OPERAÇÃO DE TRANSDUTORES PIEZOELÉTRICOS USANDO DISPOSITIVOS LÓGICOS PROGRAMÁVEIS


Thiago Sabbagh Carneiro (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Francisco José Arnold (Orientador) Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Transdutores piezoelétricos utilizados em potências elevadas na freqüência de ressonância desenvolvem largas amplitudes de deslocamento e liberam energia na forma de calor. Isto produz alterações na freqüência de ressonância dos transdutores. O projeto visa a implementação de um CPLD que receba sinais de referência provindos de um detector de alterações de fase e ajuste a freqüência do oscilador que excita do transdutor. O CPLD será programado em linguagem VHDL, usando-se o aplicativo Quartus II da Altera. O sinal de entrada do sistema é um pulso quadrado obtido de circuitos analógicos com duty cycle proporcional à diferença de fase entre a tensão e a corrente elétrica no transdutor. O CPDL, por meio de operações de comparação, subtração e adição, atua sobre este sinal fazendo com que se restitua a condição de fase nula correspondente à freqüência de operação. Esta informação é realimentada ao circuito oscilador que excita o transdutor. As simulações das etapas já concluídas demonstraram a funcionalidade do sistema. Este sistema está em fase de conclusão e será, em breve, montado em circuito impresso e adaptado a um amplificador em classe D desenvolvido em outro projeto.

Transdutores - CPLD - VHDL


T0724

AVALIAÇÃO E TÉCNICA PARA CARACTERIZAÇÃO DE TRANSDUTORES PIEZOELÉTRICOS


Thiago William Capucin (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Francisco José Arnold (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Transdutores piezoelétricos são compostos de cerâmicas piezoelétricas. O projeto visa caracterizar os transdutores em baixas potências através da injeção de um sinal elétrico proveniente de um amplificador com pulsos quadrados. Objetivos: Fundamentar o estudo do comportamento das cargas piezoelétricas em baixas potências, investigando uma técnica que poderá ser utilizada para a análise e caracterização do transdutor em alta potência, condição esta própria de sua condição de operação. Metodologia: A metodologia envolve a construção de um amplificador Classe-D usando uma ponte completa de MOSFETs, responsável por alimentar a carga. O sinal proveniente de um circuito oscilador (IRS2453D) é amplificado e aplicado ao transdutor. As freqüências de ressonância dos transdutores são captadas com auxílio de um transformador com núcleo de ferrite. Os resultados serão comparados com outros obtidos pelo método da ressonância convencional. O amplificador foi construído e utilizado para alimentar diversos transdutores piezoelétricos. As freqüências de ressonância de diversos transdutores foram identificadas. O amplificador mostrou-se eficiente para alimentar os transdutores piezoelétricos. Atualmente, o circuito para a determinação das freqüências está sendo aprimorado.

Transdutor - Freqüência de ressonância - Amplificador em classe D


T0725

INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DA ESTAÇÃO METEOROLÓGICA AUTOMÁTICA DIGITAL DO CESET


Clarissa Nogueira Mariotti (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. José Geraldo Pena de Andrade (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
A medição de dados climáticos nos postos meteorológicos é importante para os estudos relacionados ao clima, tanto no que se refere ao seu conhecimento como a possibilidade de se fazer previsão do seu comportamento. O Posto Meteorológico do CESET possui uma série histórica, com início no ano de 1973. Recentemente, através de um financiamento do FAEPEX foi adquirido uma Estação Meteorológica Automática Digital, procurando automatizar a coleta desses dados. Esta estação foi instalada e se fez uma sistematização da coleta, armazenamento e disponibilização desses dados para a comunidade interna ou externa à Universidade. Desenvolveu-se uma análise estatística para os dados dos totais anuais do posto do CESET, construindo uma reta de probabilidade (distribuição normal) para os totais anuais, baseada na média e no desvio padrão dos dados. Procurando-se analisar a consistência desses dados conseguiu-se a série histórica da ESALQ-USP/Piracicaba e realizaram-se comparações entre as duas séries, percebendo uma uniformidade de comportamento, fato esperado, já que essas cidades estão dentro de uma mesma região climática. Com a curva de probabilidade ajustada para o Posto do CESET pode-se definir o período de retorno para qualquer total anual.

Estação meteorológica - Precipitação pluviométrica - Clima


T0726

ANÁLISE DOS IMPACTOS AMBIENTAIS OCASIONADOS PELA TRANSPOSIÇÃO DE ÁGUA ENTRE BACIAS HIDROGRÁFICAS


Daniel Lucas Makino (Bolsista PIBIC/CNPq), Prof. Hiroshi Paulo Yoshizane (Co-orientador) e Prof. Dr. José Geraldo Pena de Andrade (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Para o abastecimento das atividades desenvolvidas nas regiões expostas à escassez de água, tornou-se necessário recorrer a alternativas não convencionais, como por exemplo, a transposição de água entre bacias, pelo fato de que, em alguns casos, essa é única solução viável. Entretanto, essa ação interfere diretamente no balanço hídrico de duas bacias e sua implementação requer um cuidadoso estudo do impacto ambiental a ser gerado. Evidencia-se que a solução de transposição de água entre bacias hidrográficas, mostrou ser uma solução adequada em vários projetos ao longo do mundo, inclusive no Brasil, mas sua implementação requer um cuidadoso levantamento dos possíveis usuários (atuais e potenciais), identificação dos impactos ambientais e, também, a criação de mecanismos compensatórios na bacia doadora. O projeto de transposição tem longa duração, assim, recomenda-se, nas análises de viabilidade, acrescentar o cenário de no futuro a bacia doadora necessitar da água cedida para o seu próprio abastecimento. Com isso, pode-se planejar o uso e ocupação do solo no sentido de minimizar tal conflito no futuro. Por fim espera-se que as lições aprendidas com as transposições existentes e analisadas, possam servir de alerta para o processo de formulação de novas propostas.

Transposição de água - Bacia hidrográfica - Abastecimento de água


T0727

RELAÇÃO ENTRE A DISPONIBILIDADE DE ÁGUA DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS E O DESENVOLVIMENTO ECONÕMICO


Felippe Benavente Canteras (Bolsista SAE/UNICAMP) e Prof. Dr. José Geraldo Pena de Andrade (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
A água é o elemento mais importante para o desenvolvimento da vida. A evolução humana sempre esteve atrelada à disponibilidade de água doce. A água foi, por muito tempo, considerada um recurso inesgotável. Devido a esse pensamento, ao desperdício, ao uso inadequado e ao crescente aumento da demanda, hoje existe escassez de água em várias regiões do Brasil e do mundo. Nosso país apresenta situação privilegiada em relação a diversos países, mas a distribuição dessa água não é uniforme na geografia do país, o que resulta em casos de dificuldades de abastecimento em algumas regiões. Apresentam-se casos de cidades que tiveram que tomar atitudes para limitar o desenvolvimento urbano face à indisponibilidade hídrica, especificamente, a não aprovação de novos loteamentos. Também, essa escassez de água tem impossibilitado a instalação de novas empresas e a ampliação da prática agrícola de culturas irrigadas, influindo diretamente no crescimento econômico da região. Analisa-se o caso específico da cidade de Iracemápolis, fazendo-se uma análise do abastecimento atual e da projeção desse consumo para o ano de 2025. Mostram-se as alternativas para a cidade de Iracemápolis tendo como referência os estudos desenvolvidos pelo DAEE/Piracicaba.

Escassez de água - Disponibilidade hídrica - Crescimento econômico


T0728

IMPLEMENTAÇÃO DE DÉBITOS E CRÉDITOS DE VALORES EM APARELHOS CELULARES UTILIZANDO A TECNOLOGIA JAVA


Karen da Cruz Silva (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Leonardo Lorenzo Bravo Roger (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
O projeto tem como objetivo realizar a transferência de valores entre dois aparelhos celulares via Bluetooth estabelecendo uma comunicação com a plataforma J2ME. A aplicação também permite a transferência de valores da conta bancária do cliente para o celular, utilizando o protocolo HTTP, estabelecendo uma comunicação entre as plataformas J2ME e J2EE. Existem dois conceitos envolvidos na transferência de valores, via Bluetooth e via protocolo HTTP: o cliente e o servidor. Na aplicação via Bluetooth, o cliente (celular 1) é quem realiza a transferência do valor para o servidor (celular 2), o qual aguarda a transferência. Na aplicação via protocolo HTTP, o cliente (celular) informa para o servidor (banco virtual) os dados bancários e o valor que deseja transferir para recarga de créditos do celular. Posteriormente, a transferência do valor é efetuada e o débito bancário atualizado. O processo de implementação das classes foi elaborado de uma maneira formal, aplicando procedimentos de engenharia de software e metodologia orientada a objetos. Para a implementação dos códigos de programa do projeto foi utilizada a linguagem de programação JAVA e a plataforma de desenvolvimento ECLIPSE 3.2. A contribuição final desse projeto é apresentar, com exemplos, formas de se integrar as plataformas J2ME com J2EE, utilizando tecnologias sem fio. A partir de conceitos pré-estabelecidos nesse projeto, outras aplicações podem ser implementadas com as mais diversas finalidades.

Aplicativos para celulares - Interfaces de comunicação sem fio - Tecnologia Java


T0729

ANÁLISE DA PROPAGAÇÃO DE ONDAS EM MEIOS DIFRATIVOS E DISPERSIVOS


Rodrigo Alves Cardoso (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Leonardo Lorenzo Bravo Roger (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
No presente projeto foi proposto um estudo sobre os efeitos da dispersão e da difração provocados pelo meio de transmissão sobre pulsos ópticos. Neste contexto, um dispositivo em particular foi analisado, o acoplador dielétrico planar dada sua grande importância nas modernas redes de comunicações, como nos sistemas WDM. Nesta análise, foi utilizado um método numérico desenvolvido em trabalhos anteriores em linguagem Fortran que permite visualizar pulsos ópticos ultracurtos da ordem de fentossegundos nos domínios espacial e temporal simultaneamente. Para alcançar este objetivo foi necessário inicialmente entender o método numérico bem como o funcionamento básico do acoplador. Em seguida, dispositivos analisados em outros trabalhos científicos foram novamente estudados, acrescentando-se as informações relativas ao domínio temporal. Alterando-se parâmetros como índices de refração, largura e separação dos guias, além de diferentes perfis espaciais e variação da largura temporal dos pulsos pode-se verificar a influência destas variáveis na distância de acoplamento e no comportamento temporal do pulso. Como exemplo de um dos resultados obtidos verificou-se que diferentes larguras temporais não afetam significativamente a distância de acoplamento. Em trabalhos posteriores poderão ser analisados dispositivos com diferentes geometrias, tais como acopladores formados de guias cilíndricos.

Difração - Dispersão - Acopladores


T0730

COMPARAÇÃO DA RESISTÊNCIA DE CONCRETOS AUTO-ADENSÁVEIS


Fabio Ioveni Lavandoscki (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Luísa Andréia Gachet Barbosa (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
O presente trabalho tem como principal objetivo contribuir para o desenvolvimento do concreto de alto desempenho, concreto auto-adensável. Caracterizado pela sua alta plasticidade e trabalhabilidade aliada a sua capacidade de passar por áreas restritas contornando armaduras e obstáculos mantendo-se estável sem segregar, o concreto auto-adensável é considerado o material cimenticio mais avançado da atualidade (COLLEPARDI, 2001). De acordo com MEHTA (1994), no projeto de estruturas de concreto, a resistência é a propriedade geralmente especificada. Isto porque, comparada com a maioria das propriedades, ela é relativamente fácil de ser ensaiada. Contudo, muitas propriedades do concreto, como o módulo de elasticidade, stanqueidade, impermeabilidade e resistência às intempéries, incluindo águas agressivas, são diretamente relacionadas com a resistência e podem, portanto, ser deduzidas dos dados da resistência. Sendo assim, este trabalho faz uma analise sobre a influencia dos modificadores de viscosidade na resistência a compressão, comparando também o custo e os benefícios gerados com seu uso, através dos resultados de ensaios de resistência à compressão de concretos auto-adensáveis dosados a partir do método proposto por Tutikian (2004).

Concreto de alto desempenho - Resistência a compressão - Aditivo


T0731

MONITORAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA-ETA CAPIM FINO – PIRACICABA – SP


Flávia Ferreira de Souza dos Santos (Bolsista SAE/UNICAMP) e Profa. Dra. Maria Aparecida Carvalho de Medeiros (Orientadora), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Os descartes de resíduos de Estações de Tratamento de Água nos mananciais têm contribuído para a degradação dos corpos de água, pois, tais resíduos podem intensificar os processos de assoreamento devido ao elevado teor de sólidos sedimentáveis e causar toxicidade dos rios devido à intensa quantidade de produtos químicos utilizados na coagulação-floculação da água bruta. No presente trabalho realizou-se o monitoramento da recuperação do volume de água perdido na lavagem dos filtros e descarga de lodo dos decantadores e a disposição final do lodo desidratado através da estação de tratamento de lodo (ETL) da ETA Capim Fino que abastece a cidade de Piracicaba-SP. O estudo desenvolvido baseia-se nos dados físico-químicos (pH, cor, turbidez, DQO e Série de Sólidos), com ênfase no teor de sólidos e qualidade da água bruta que abastece a ETA, qualificando e quantificando os resíduos sólidos gerados. Através do monitoramento, observou-se que o elevado índice pluviométrico nos meses de outubro/07 (74,9 mm) a dezembro/07 (254 mm) favoreceu o aumento da quantidade de sólidos totais de 173 mg/L a 6662 mg/L, assim como a cor de 262 mg/LPtCo a 901 mg/LPtCo e a turbidez de 60 NTU a 220 NTU da água bruta, respectivamente. Análises preliminares de herbicidas triazínicos não detectaram concentrações acima do valor máximo permitido na água tratada.

Lodo de ETA - ETA/ETL - Resíduos


T0732

APRESENTAÇÃO DE CENÁRIOS SOBRE O FUTURO DO MEIO AMBIENTE VIA RELATÓRIO DO PAINEL INTERGOVERNAMENTAL DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS DA ONU (IPCC) NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE LIMEIRA – SP


Rafael Bueno da Silva (Bolsista SAE/UNICAMP), Eduardo Guardia Evangelista (Bolsista SAE/UNICAMP), Rebeca Mansur Ribeiro (Bolsista SAE/UNICAMP), Dayane Dantas de Oliveira (Bolsista SAE/UNICAMP) e Profa. Dra. Maria Aparecida Carvalho de Medeiros (Orientadora), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
O recente lançamento mundial do relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas da ONU (IPCC, na sigla em inglês) analisa as implicações do aumento de temperatura da Terra em diversas áreas, como economia, ecossistema e saúde humana. Na primeira parte deste relatório, divulgada em fevereiro em Paris, os cientistas projetaram um aumento de até 4 oC na temperatura da Terra até o fim deste século e culparam o homem pelo aquecimento global. Deste relatório altamente qualificado tem-se que a crise ambiental é um reflexo de um conjunto de tendências econômicas que comprometem os recursos naturais do planeta e ao mesmo tempo estas tendências indicam que o conjunto de benefícios que se conseguiu para a humanidade ao longo do século 20, ao custo do uso dos recursos naturais, não resolveu problemas sociais e desigualdades regionais e continentais ainda marcantes. Neste contexto, o presente projeto tem como objetivo a preparação e apresentação de palestras e material de apoio em Escolas Públicas de Ensino Médio da cidade de Limeira, enfocando, sobretudo a importância do uso racional e o reuso da água.

Educação Ambiental - Escolas - Recursos naturais


T0733

PROGRAMAÇÃO LINEAR COM ARITMÉTICA RACIONAL UTILIZANDO VHDL


Aline Cristina Gomes e Profa. Dra. Marli de Freitas Gomes Hernández (Orientadora), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Atualmente muitas empresas buscam soluções otimizadas para seus problemas de produção como por exemplo maximizar seu lucro minimizando a quantidade de matéria prima empregada. A Pesquisa operacional é uma das formas de se encontrar essas soluções otimizadas. A programação linear é uma ferramenta da Pesquisa Operacional aplicada a solução de problemas que tenham seus modelos representados por expressões lineares que objetivam a otimização de um sistema em estudo. Apesar das limitações a programação linear ainda é a ferramenta mais utilizada na resolução de problemas reais que envolvam formulação de modelos matemáticos, não só por sua simplicidade mas como também ao fato do modelo sempre poder ser resolvido com as técnicas anteriormente explicadas. Porém não podemos deixar de explicar que a solução destes problemas na sua grande maioria necessita do auxilio de computadores exatamente pela quantidade de variáveis e de equações a serem resolvidas. Para tal, o projeto será implementado na linguagem VHDL, sendo posteriormente implementado em LP Solver. Finalmente, visando disponibilidade ao publico como laboratório virtual, será desenvolvida uma pequena interface em Labview e disponibilizar na rede Kyatera (projeto temático da FAPESP com o intuito de desenvolver laboratórios virtuais).

Programação linear - VHDL - Aritmética racional


T0734

SIMULAÇÃO ESCALAR DE GUIAS FOTÔNICOS VIA ELEMENTOS FINITOS 1D E 2D


Carmen Lúcia Avelar Lessa (Bolsista SAE/UNICAMP) e Profa. Dra. Marli de Freitas Gomes Hernández (Orientadora), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Guias de ondas são componentes cruciais para o processamento, geração, transmissão, recepção e decodificação dos sinais ópticos. O cálculo analítico dos campos eletromagnéticos, é em geral uma tarefa bastante tediosa e pouco prática. Faz-se necessário e crucial, portanto, o uso de métodos numéricos eficientes. O Método dos Elementos Finitos (MEF) se destaca de maneira incontestável, devido à sua capacidade de discretizar geometrias de contornos curvos de forma mais eficiente que o Método das Diferenças Finitas (MDF). Isto deve-se ao fato que o MEF permite discretizar os domínios através de subdomínios (elementos), distribuídos numa malha arbitrária ou também chamada de não estruturada. A superioridade do MEF é incontestável na solução das equações que descrevem o comportamento dos campos eletromagnéticos no chamado domínio da freqüência. Neste projeto foram simulados guias óticos de uma forma mais realística, ou seja, considerando a seção reta dos mesmos sem simplificações, isto é, em duas dimensões. A linguagem que foi utilizada para desenvolver o programa para simulação foi o Matlab. Foram analisados vários guias laminares tipos filmes com perfil degrau e parabólicos. No modelo criado para simulação percebe-se claramente que a radiação é totalmente absorvida pelas condições de contorno, permitindo simular sem interferências a propagação da onda guiada. Dessa forma, percebe-se que a simulação no modelo criado é realizada com sucesso.

Guias fotônicos - Método dos elementos finitos - Método das Diferenças Finitas


T0735

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE EM OTIMIZAÇÃO NÃO-LINEAR PARA PROBLEMAS BIOMAGNÉTICO DE GRANDE PORTE


Érica Baptistella Giovanetti (Bolsista PIBIC/CNPq) e Profa. Dra. Marli de Freitas Gomes Hernández (Orientadora), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Otimizar é projetar o novo com maior eficiência, melhorando assim o que já existe. A otimização tem como vantagens diminuir o tempo dedicado ao projeto, bem como possibilitar o tratamento simultâneo de uma grande quantidade de variáveis e restrições de difícil visualização gráfica e/ou tabular, obtenção de soluções não tradicionais, menor custo. As técnicas conhecidas de otimização são as utilizadas na física e na geometria, servindo-se de ferramentas associadas às equações diferenciais ao Cálculo Variacional. Pode-se aplicar a otimização em várias áreas, tais como problemas de análises de operações, problemas de otimização de estruturas, problema de otimização não-linear, controle de sistemas dinâmicos, entre outros. O projeto baseia-se no desenvolvimento de software para a otimização não-linear de grande porte, visando o desenvolvimento de um software que busca a solução dos problemas biomagnéticos de uma maneira rápida e simplificada. Para esse desenvolvimento, utilizamos métodos como: Método de Newton, Método de Quasi-Newton, Memória Limitada, Matriz Hessiana. Para que seja possível o desenvolvimento de software competitivo, faz-se necessário uma pesquisa intensa na análise dos métodos, na implementação computacional, nos tipos de testes e nas comparações com os melhores já existentes.

Cálculo avançado - Programação - Eletromagnetismo


T0736

SIMULAÇÃO DOS EFEITOS DA POLUIÇÃO ELETROMAGNÉTICA E DA RADIAÇÃO NA CABEÇA HUMANA


Fabio Rosini Lago (Bolsista SAE/UNICAMP) e Profa. Dra. Marli de Freitas Gomes Hernández (Orientadora), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Devido a recente preocupação de médicos e da população em geral com possíveis efeitos nocivos que a radiação eletromagnética, emitidas por aparelhos celulares, possam causar aos seres humanos, o presente trabalho tem por objetivo medir a quantidade de radiação absorvida pelos usuários e simular diversas situações para estas simulações. O desenvolvimento destas simulações foram baseados em métodos de diferenças finitas no tempo, FDTD, devido a fatores práticos, por se tratar de um método numérico simples e também a fatores de ordem ética, uma vez que é um método não-invasivo. A implementação do método, permite um mapeamento com certo grau de precisão do SAR na cabeça humana, permitindo assim, analisar as áreas mais afetadas em um determinado tempo de observação. Os resultados são apresentados graficamente através do Matlab, mostrando em um ambiente 2D as áreas mais afetadas pela radiação eletromagnética em diversas situações, como um ambiente aberto ou dentro de um elevador. Resultados numéricos também podem ser observados ao final das simulações.

Poluição eletromagnética - SAR - FDTD


T0737

RESOLUÇÃO DE SISTEMAS LINEARES DE GRANDE PORTE COM ARITMÉTICA RACIONAL EM LINGUAGEM VHDL


Marina Gabriela Silva (Bolsista FAPESP) e Profa. Dra. Marli de Freitas Gomes Hernández (Orientadora), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Resolução de sistemas de equações lineares, tem sido de grande importância desde muitos séculos antes de Cristo. Desde então, vem sendo desenvolvidos novos métodos cada vez mais eficientes para resolver sistemas lineares. Mesmo assim ainda necessita-se de métodos mais eficientes com mais exatidão e velocidade. O objetivo nesse projeto é desenvolver um software de ponta, usando métodos diretos ou “exatos”, para resolver sistemas lineares cheios ou esparsos, com matriz quadrada e definida. Os métodos frontais e multifrontais, os quais serão adotados aqui, são os mais eficientes disponíveis na literatura, em se tratando de métodos diretos. Para se obter exatidão perfeita, ou quase perfeita, a aritmética de operação do software será racional. E com respeito a velocidade, ele será implementado em linguagem VHDL, projetada para executar em baixo nível de máquina, o que faz as operações feitas pelo software sejam mais velozes. Finalmente, visando disponibilidade ao publico como laboratório virtual, será desenvolvida uma pequena interface em Labview e disponibilizar na rede Kyatera (projeto temático da FAPESP com o intuito de desenvolver laboratórios virtuais).

Sistemas de equações lineares - Frontal e multifrontal - Aritmética racional


T0738

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DO TRATAMENTO DE CHORUME PARA REDUÇÃO DA TOXICIDADE CRÔNICA, FENOIS TOTAIS E BACTÉRIAS HETEROTRÓFICAS


Fernanda Gabriela Garcia (Bolsista PIBIC/CNPq), Giceane dos Santos Matos, Monalisa Franco, Núbia Natália de Brito Pelegrini, José Euclides Stipp Paterniani e Prof. Dr. Ronaldo Teixeira Pelegrini (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
O chorume ou percolado de aterro é o nome dado ao líquido escuro proveniente da degradação do resíduo sólido armazenado em aterros sanitários. A finalidade deste estudo foi avaliar, por meio de testes de toxicidade, a possibilidade da utilização do percolado tratado por filtração lenta e por processo fotocatalítico em irrigação de cultura de eucalipto. Para determinar a maior concentração de percolado que não se observa efeitos deletérios estatisticamente significativos (CENO) e a menor concentração que se observa efeito tóxico (CEO), empregou-se como organismos teste sementes das seguintes espécies: Eucalyptus citriodora, Eucalyptus grandis; Eucalyptus pellita e Eucalyptus urograndis. Avaliou-se também a redução de fenóis totais e bactérias heterotróficas. No desenvolvimento dos testes com sementes foram realizados estudos preliminares com soluções de fenol, Cu e Cr em água de diluição otimizada para cada espécie no valor de pH 7,2. As concentrações obtidas na qual estabeleceu-se o CENO e CEO, variaram para cada espécie e substância. Nos testes com fenol, Cu e Cr encontrou-se respectivamente o CENO na faixa de 150 a 250mg/L, 30 a 50mg/L e 5 a 100mg/L, e CEO variando de 200 a 300mg/L, 50 a 100mg/L e 20 a 150mg/L. Para fenóis totais os resultados foram de 2,130 a 15,285 mg/L e para bactérias heterotróficas de 5,4 x 103 a 1,56 x 107 UFC/mL. Foi possível concluir que as espécies Eucalyptus citriodora e Eucalyptus pellita apresentaram-se mais resistentes para utilização do percolado tratado na irrigação e as espécies Eucalyptus grandis e Eucalyptus urograndis obtiveram melhores resultados para testes de toxicidade em função da maior sensibilidade aos poluentes.

Toxicidade - Percolado - Sementes de eucaliptos


T0739

AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE DO CHORUME DO ATERRO SANITÁRIO DO MUNICÍPIO DE LIMEIRA


Juliana Graciani Carniato (Bolsista SAE/UNICAMP), Simoni Micheti Geraldo, Núbia Natália de Brito Pelegrini, José Euclides Stipp Paterniani e Prof. Dr. Ronaldo Teixeira Pelegrini (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Os testes de toxicidade são utilizados no controle de poluição com a finalidade de determinar as concentrações permissíveis de um agente químico para o desenvolvimento/sobrevivência de determinados organismos. Este trabalho teve como objetivo o estudo da toxicidade em amostras de chorume pós-tratamento biológico e fotocatalítico. A avaliação ecotoxicológica foi realizada através de testes de toxicidade aguda e crônica utilizando: Selenastrum capricornutum (algas verdes), Daphnias similis, Eruca sativa (rúcula), Allium fistulosum (cebolinha verde). Em média, a diluição de chorume bruto, filtrado e fotocatalisado que mata ou inibe em torno de 50% das algas verdes foi de 1:13, 1:14 e 1:8, respectivamente; e para Daphnia similis foi de 6%, 7% e 6%. A média da concentração de Efeito Não Observável (CENO) de chorume bruto, filtrado e fotocatalisado para rúcula foi de 2%, 1% e 4% respectivamente; e para cebolinha verde foi de 3%, 4% e 1%; e a média da concentação de efeito observável (CEO) de chorume bruto, filtrado e fotocatalisado para rúcula foi de 5%, 3% e 6% respectivamente; e para cebolinha verde 5%, 4% e 2%. Os ensaios de toxicidade demonstraram grande aplicabilidade no monitoramento e gerenciamento de chorume pós-tratamento biológico e fotocatalítico, demonstrando alta toxicidade para ambientes aquáticos.

Toxicidade - Chorume de lixo - Aterro sanitário


T0740

AVALIAÇÃO DA REDUÇÃO DE FENÓIS TOTAIS EM PERCOLADO DE LIXO ATRAVÉS DE TRATAMENTO POR SISTEMA DE LODOS ATIVADOS.


Ludmila de Oliveira Ferreira (Bolsista PIBIC/CNPq); Gilberto de Almeida e Prof. Dr. Ronaldo Teixeira Pelegrini (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Percolado de lixo, também conhecido como chorume, é um líquido poluente originado da decomposição do lixo que somado a ação da água das chuvas lixiviam os compostos para o meio ambiente. A composição físico-química do chorume é extremamente variável, dependendo de vários fatores que vão desde as condições ambientais locais, tempo de disposição do lixo e até características do próprio despejo. A finalidade deste estudo foi desenvolver em escala laboratorial um reator de lodos ativados para operação em sistemas contínuos, para o tratamento de chorume do Aterro Sanitário de Limeira SP. Para avaliação do tratamento foram avaliadas reduções de DQO e Fenóis Totais, juntamente ao comportamento da microfauna do lodo frente às dosagens de chorume. O desempenho do processo de lodos ativados foi mensurado a partir da análise qualitativa e quantitativa dos microrganismos: protozoários (ciliados predadores de flocos, pequenos e grandes ciliados livre-natantes e ciliados fixos ou pedunculados; flagelados e rizópodes) e micrometazoários (rotíferos, anelídeos, nematóides e tardígrados). O impacto do chorume na microfauna do Lodo apresentou-se muito elevado e governado por diversos fatores, tais como a carga elevada da matéria orgânica e fluxo da massa de contaminantes transportados continuamente. Após realizar o tratamento com diferentes dosagens de chorume, foi observado que há reduções de DQO e Fenóis Totais na faixa de 50 a 90% e de 20 a 80%, respectivamente, mas a eficiência do tratamento e o comportamento da microfauna variam de acordo com a dosagem do chorume. Para uma melhor estabilidade do sistema de Lodos Ativados observou-se a necessidade de um pré-tratamento do chorume por processos mais enérgicos.

Lodos ativados - Microfauna - Chorume


T0741

DESENVOLVIMENTO DE TESTES DE TOXICIDADE EM SEMENTES DE FLORES PARA AVALIAÇÃO DO USO DE PERCOLADO DE LIXO NA IRRIGAÇÃO DE JARDINS


Noely Bochi Silva (Bolsista PIBIC/CNPq), Eloísa Maria dos Reis dos Santos; Núbia Natália de Brito Pelegrini, José Euclides Stipp Paterniani (Colaboradores) e Prof. Dr. Ronaldo Teixeira Pelegrini (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Os testes de toxicidade representam uma ferramenta importante para avaliar as características agressivas de águas residuárias. Este estudo visou desenvolver testes de toxicidade crônica para avaliar a maior concentração de percolado de aterro sanitário que não se observa efeitos tóxico (CENO) e a menor concentração que se observa efeito tóxico (CEO) empregando sementes de flores como: Celósia argenta; Celósia cristata; Dianthus caryophyllus; Dahlia spp; Carinatum; Zinnia lilliput; Antirrhinum; Balsamina; Viola tricolor L... No desenvolvimento da técnica foram realizados estudos preliminares com soluções de Cr, Cu, NH4+ e Fenol em água de diluição otimizada para cada espécie no valor de pH 7,2. Pode observar, que cada tipo de semente de flor apresentou concentrações diferentes na avaliação de CENO e CEO para substâncias químicas diferentes. As substâncias Fenol, NH4+, Cu e Cr apresentaram o CENO na faixa de 0,0005 a 0,45 g/L , 0,0065 a 0,4 g/L , 0,04 a 0,50 g/L e 1,0 a 1,4 g/L, respectivamente e o CEO na faixa de 0,001 a 0,5 g/L, 0,055 a 0,5 g/L, 0,05 a 1,0 g/L e 0,5 a 1,5 g/L, respectivamente. Foi possível concluir que as espécies: Celósia argenta; Celósia cristata; Dianthus caryophyllus; Balsamina apresentaram melhores resultados como metodologia de toxicidade crônica para avaliar a possibilidade de reutilização do percolado, tratado por processo de filtração lenta e fotocatálise na irrigação de flores.

Toxicidade - Percolado - Semente de flores


T0742

ESTUDO DE ANTENAS BASEADAS NA ESTRUTURA FRACTAL E SIMULAÇÃO DE ANTENAS NÃO-FRACTAIS


Phillip Palazzo Batista (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof Dr. Térsio Guilherme de Sousa Cruz (Orientador), Centro Superior de Educação Tecnológica - CESET, UNICAMP
Este trabalho apresenta os resultados alcançados até o momento no projeto, o qual tem como objetivo estudar antenas com estruturas fractais .Foram estudados parâmetros como resistência e reatância de entrada, ganho e potência irradiada. Tais parâmetros foram confrontados com aqueles obtidos de antenas com geometrias euclidianas não fractal. Foram feitas ainda simulações de antenas não-fractais usando o programa Mat-Lab.As pesquisas bibliográficas realizadas mostraram que conceitos fractais podem ser aplicados no desenho de antenas e arranjos de antenas. Tais aplicações podem contribuir para a construção de antenas multibandas (usando a característica auto-similar de muitos fractais), em antenas com melhor casamento com a rede de alimentação e coma a miniaturização das antenas.

Antenas - Fractais - Não-fractal






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   47   48   49   50   51   52   53   54   ...   83


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal