Universidade estadual de campinas



Baixar 4.13 Mb.
Página63/83
Encontro29.11.2017
Tamanho4.13 Mb.
1   ...   59   60   61   62   63   64   65   66   ...   83

AVALIAÇÃO DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTOS DA CIDADE DE CAMPINAS OBJETIVANDO O PÓS-TRATAMENTO E REÚSO DE SEU EFLUENTE


Tatiane de Oliveira (), Oder Luiz de Sousa Junior, Adriano Luiz Tonetti e Prof. Dr. Bruno Coraucci Filho (Orientador), Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo - FEC, UNICAMP
A precariedade dos serviços públicos de saneamento nas áreas urbanas, suburbanas e rurais exige a implantação de alguma forma de disposição de esgotos locais com o objetivo de evitar a contaminação do solo e da água. Em sua maioria, essas regiões são desprovidas de sistemas públicos de abastecimento de água e utilizam poços como fonte para suprimento desse recurso, razão pela qual se exige extremo cuidado para evitar a contaminação das águas subterrâneas. Esses danos podem ser minimizados empregando-se sistemas simplificados para o tratamento dos esgotos, os quais devem ter como característica uma facilidade construtiva e também um baixo custo, tornando-se viáveis para essas áreas marginalizadas. Uma proposta adequada a esse conceito seria a associação de uma fossa filtro seguida de valas de filtração. Na Unicamp esse sistema foi estudado em escala piloto e apresentou como resultado uma alta remoção de matéria orgânica, fazendo com que a Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO) nunca ultrapassasse 60 mgL-1, valor máximo permitido pela legislação brasileira (Conama 357, 2005). Deste modo, na presente iniciação científica buscou-se ampliar este estudo avaliando um estação que adota este tipo de tratamento em escala real, tendo em vista reutilizar seu efluente em alguma nova atividade humana.

Tratamento - Esgoto - Baixo custo


T0866

UTILIZAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS NA GESTÃO DA SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO NA CIDADE UNIVERSITÁRIA ZEFERINO VAZ – UNICAMP


Marcell Guimarães Cunha (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Diógenes Cortijo Costa (Orientador), Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo - FEC, UNICAMP
A tecnologia SIG (SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS) oferece ferramentas operacionais para planejamento, gerenciamento, auxílio à tomada de decisões e apoio à política. O Software de SIG, Geomédia Professional 6.0, permitirá a gestão quanto ao cadastro da sinalização com dados para manutenção e reposição, entre outros. O cadastro da sinalização está em etapa final, faltando apenas uma pequena parcela do campus a ser trabalhada. Os dados obtidos até o momento já estão sendo introduzidos na Base Cartográfica do Campus, que foi desenvolvida e adaptada no Software AutoCad. E também está sendo criada uma tabela no Software Access que contém detalhadamente todos os dados registrados. Quando todos os dados tiverem sido coletos, tanto essa tabela, quanto a Base Cartográfica serão importados para o Software Geomédia, e este terá a finalidade de fazer todas as análises e fornecer variadas informações, tais como: quantidade de placas de regulamentação, placas de advertência, declividade das ruas, área de visão de uma determinada placa. E além dessas informações, o software também pode gerar outras muito mais complexas, bastando para isso, ter os dados necessários. Com a utilização deste SIG, pretendemos facilitar o serviço da própria prefeitura do campus, facilitando a substituição de placas, como também disponibilizar a qualquer cidadão o funcionamento da sinalização de trânsito dentro da UNICAMP, e além de tudo, pode-se até evitar acidentes melhorando a sinalização das vias dentro do Campus.

Sinalização - Trânsito - UNICAMP


T0867

MAPA DIGITAL DE RISCOS DE ACIDENTES DE TRABALHO DA CIDADE UNIVERSITÁRIA ZEFERINO VAZ – UNICAMP


Renato Pimentel Gomes (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Diógenes Cortijo Costa (Orientador), Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo - FEC, UNICAMP
Devido a importância do conhecimento dos locais com potenciais riscos de acidentes de trabalho, é que a muito se constrói o mapa de risco de acidentes de trabalho. Este estudo, através da utilização de recursos digitais, buscou uma nova forma de construção de mapas de risco, com o intuito de aprimorar a elaboração e otimizar sua visualização, tornando-o mais eficiente possível. Os objetivos deste trabalho foram a elaboração do mapa digital de riscos da FEC e a atualização da base cartográfica digital da UNICAMP, em relação aos prédios da FEC. A princípio, para atualização do base cartográfica digital, utilizou-se principalmente a tecnologia GPS, onde foram aferidas as coordenadas georeferenciais dos novos prédios e adicionada a base, além da utilização de outros instrumentos, como trena. Para elaboração do mapa de risco digital, primeiramente utilizou-se os tradicionais métodos de classificação dos locais com potenciais riscos de acidentes de trabalho, de acordo com as normas. Após isso, através de SIGs (Sistema de Informações Geográficas) foi elaborado o mapa digital de risco de acidentes de trabalho da FEC, onde constam além do mapa de risco, um banco de dados cadastral com diversas informações sobre as diferentes instalações da faculdade. Este estudo foi muito valioso, pois introduz no mercado uma nova maneira de elaboração de mapas de risco e possibilitou a bem sucedida atualização da base cartográfica digital da UNICAMP.

Mapa - SIG - Base


T0868

CURVAS CARACTERÍSTICAS AJUSTADAS DE MÁQUINAS HIDRÁULICAS PARA SIMULAÇÃO DE ESCOAMENTOS TRANSITÓRIOS


Guilherme Carvalho Hallack (Bolsista SAE/UNICAMP) e Prof. Dr. Edevar Luvizotto Junior (Orientador), Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo - FEC, UNICAMP
Este trabalho visa obter uma representação analítica para curvas características de bombas hidráulicas. Será empregada a representação no plano de Suter (modificado) das curvas de carga e de momento. Os valores discretos, para a representação completa, nas oito zonas de operacionais, serão ajustados através de séries trigonométricas. Os dados se referem a quatorze diferentes rotações especificas disponíveis na literatura. A vantagem desta forma de representação, sob o ponto de vista computacional, está na redução de valores a armazenar e na obtenção de funções continuas e deriváveis. Este fato é importante na técnica de solução do contorno bomba, sob condições de escoamento transitório, analisado através do método das características. Um sistema de equações não lineares, representativos do contorno bomba, deverá ser resolvido através do método iterativo de Newton-Raphson a cada instante da evolução do transitório. As funções continuas e deriváveis auxiliam no emprego do método, que envolve o cálculo de derivadas parciais das funções que definem o contorno, em relação a rotação e vazão (adimensionalizadas).Um programa de computador será elaborado para estudo de caso, visando aviar as proposições que forem empregadas.

Escoamento transitório - Curvas características - Máquinas hidráulicas


T0869



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   59   60   61   62   63   64   65   66   ...   83


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal