Universidade Federal de Santa Catarina Curso de Pós-graduação em Estudos da Tradução Curso de Pós-graduação em Literatura Disciplina



Baixar 34.1 Kb.
Encontro12.01.2018
Tamanho34.1 Kb.

Universidade Federal de Santa Catarina

Curso de Pós-graduação em Estudos da Tradução

Curso de Pós-graduação em Literatura


Disciplina:

Nome do curso: Introdução à teoria do verso

Prof. Dr. Alckmar Luiz dos Santos

imeio: alckmar@cce.ufsc.br

Duração: 15 semanas - 4 créditos


Ementa
Esse curso propõe um estudo sistemático e minimamente aprofundado da versificação tradicional, partindo de suas bases greco-latinas e chegando ao exame de alguns manuais de versificação em diferentes línguas (Português, Espanhol, Francês, Inglês, Catalão). Também serão feitos estudos das obras de vários poetas, a selecionar em comum acordo com os estudantes.


Conteúdos programáticos


  1. Noções de fonética e fonologia; ritmo, cadência e entonação




  1. As bases clássicas da teoria do verso e da poética: as métricas grega e latina




  1. Alguns tratados de versificação: idade média, século XVIII, século XIX, século XX




  1. Estudo de algumas formas poéticas




  1. Leituras e estudos métricos de alguns poetas (Garcia de Resende, Gregório de Matos, Gonçalves Dias, Olavo Bilac, B. Lopes, Luís Delfino, além de outros poetas, brasileiros ou não, eventualmente propostos pelos alunos).


Avaliação
A avaliação será realizada através de um ensaio, sobre qualquer um dos elementos trabalhados durante as aulas, a ser entregue no máximo 30 dias após o término do semestre 2011-1.


Cronograma
Semana 1 – Introdução ao curso; ritmo e criação literária; escolha do corpus de trabalho
Semana 2 – Noções de fonologia, ritmo, cadência e entonação, aplicadas ao estudo do verso tradicional.
Semana 3 – As bases clássicas da teoria do verso e da poética: as métricas grega e latina
Semana 4 – Estudo de tratados de versificação

Semana 5 - Estudo de tratados de versificação


Semana 6 - Estudo de tratados de versificação
Semana 7 – Estudo de tratados de versificação
Semana 8 – Estudo de algumas formas poéticas
Semana 9 – Estudo de algumas formas poéticas
Semana 10 – Leituras e estudos métricos de alguns poetas
Semana 11 – Leituras e estudos métricos de alguns poetas
Semana 12 – Leituras e estudos métricos de alguns poetas
Semana 13 – Leituras e estudos métricos de alguns poetas
Semana 14 – Leituras e estudos métricos de alguns poetas
Semana 15 – Término do curso; apresentação e discussão das propostas de trabalhos finais


Bibliografia1
AMORIM DE CARVALHO. Problemas de versificação. Lisboa: Centro do Livro Brasileiro, 1981.
____________________. Teoria geral da versificação. Lisboa: Editoral Império, 1987. 2 volumes.
____________________. Tratado de versificação portuguesa. Coimbra: Livraria Almedina, 1991.
ANDRADE, João Nunes de. Arte nova da versificação portuguesa. Rio de Janeiro: Tipografia Brasiliense de Francisco Manoel Ferreira, 1852.
AQUIEN, Michèle. La versification appliquée aux textes. Paris: Nathan, 1993.
ARAUJO, Luis de Mata. Elementos de retórica y poética. Madri: Imprenta de D. Eusebio Aguado, 1834.
Arte de trovar do Cancioneiro da Biblioteca Nacional de Lisboa. Introdução e edição crítica de Giuseppe Tavani. Lisboa: Edições Colibri, 1999.
AZEVEDO FILHO, Leodegário A. de. A técnica do verso em Português. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, 1971.
AZEVEDO, Sânzio de. Para uma teoria do verso. Fortaleza: Edições UFC, 1997.
BOILEAU. Arte poética de Boileau. Tradução pelo Conde da Ericeira. Lisboa: Tipografia Rolandiana, 1818.
CALVO, Agustín García. Tratado de rítmica y prosódia y de métrica y versificación. Zamora: Editorial Lucina, 2006.
CAMPOS, Geir. Pequeno dicionário de arte poética. Rio de Janeiro: Conquistam 1960.
CAMPOS, Paulo Mendes. Forma e expressão do soneto. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação. Ministério da Educação e Cultura, s.d.
CAREY, John. Practical English prosody and versification. Londres: Baldwin, Cradock, and Joy, 1816.
CASTILHO, António Feliciano de. Tractado de metrificação portugueza. Para em pouco tempo, e até sem mestre, se aprender a fazer versos de todas as medidas e composições. Lisboa: Imprensa Nacional, 1851.
CAVALCANTI PROENÇA, M. Ritmo e poesia. Rio de Janeiro: Organização Simões, 1955.
CHOCIAY, Rogério. Teoria do verso. São Paulo: Editora McGraw-Hill do Brasil, 1974.
CUNHA, Celso. Estudos de poética trovadoresca. Versificação e ecdótica. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro, 1961.
____________. Estudos de versificação portuguesa (séculos XIII a XVI). Paris: Fundação Calouste Gulbenkian; Centro Cultural Português, 1982.
____________. Língua e Verso. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1968.
____________. Significância e movência na poesia trovadoresca. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1985.
DAIN, A. Traité de métrique grecque. Paris: Editions Klincksieck, 1965.
DE CHALONS. Règles de la poésia française. Paris: Claude Jombert, 1716.
DIEZ Y CARBONEL, Augusto. Lengua española y literatura. Tercer año – versificación. Barcelona: Clarasó, 1935.
EVANS, R. W. A treatise on versification. Londres: Francis & John Rivington, 1852.
EVERETT, Erastus. A system of English versification. Nova Iorque; Filadélfia: D. Appleton & Co.; Geo. S. Appleton, 1848.
GOLDSTEIN, Norma. Versos, sons, ritmos. 14ª edição. São Paulo: Editora Ática, 2006.
GRAMMONT,Maurice. Petit traité de versification française. Paris : Armand Colin, 1965.
GUERREIRO, Miguel do Couto. Tratado da versificação portuguesa. Lisboa: Oficina de Francisco Luiz Ameno, 1784.
GUEST, Edwin. A history of english rhythms. Londres: William Pickering, 1838.
HOBSBAUM, Philp. Metre, rhythm and verse form. Londres: Routledge, 1996.
http://www.youtube.com/watch?v=ZyyAiW9grKM
http://www.youtube.com/watch?v=7y3HoFQH63k
http://www.youtube.com/watch?v=66iarC-q2rM
http://www.youtube.com/watch?v=PVz4e0cLZew
http://www.youtube.com/watch?v=hBeC_cQQfak
http://www.youtube.com/watch?v=Bl7wAM1FH4o
http://www.youtube.com/watch?v=CjQXlnH1yW4
LANE, Wiliam. Greek versification simplified. Londres: C. H. Law, School Library, 1847.
LAVARENNE, M. Initiation à la métrique et à la prosodie latines. Paris: Editions Magnard, 1948.
LLATAS, R.; SERRA Y BALDÓ, A. Resum de poètica catalana. Barcelona: Editorial Barcino, 1932.
MASSINI-CAGLIARI, Gladis. Acento e ritmo. São Paulo: Contexto, 1992.
______________________. Do poético ao lingüístico no ritmo dos trovadores: três momentos da história do acento. Araraquara; São Paulo: FCL / Laboratório Editorial / UNESP; Cultura Acadêmica Editora, 1999.
MAZALEYRAT, Jean. Elements de métrique française. Paris: Armand Colin, 1974.
MOREAU, François. Six études de métrique. De l’alexandrin romantique au verset contemporain. Paris: Sedes, 1987.
NORBERG, Dag. An introduction to the study of medieval latin versification. Tradução de Grant C. Roti & Jacqueline de la Chapelle Skubly. Washington: The Catholic University of America Press, 2004.
NOUGARET, LOUIS. Traité de métrique latine classique. 4ª edição. Paris : Editions Klincksieck, 1986.
QUICHERAT, L. Traité de versification française. Paris: Librairie de L. Hachette, 1850.
RAMOS, Péricles Eugênio da Silva. O verso romântico e outros ensaios. São Paulo: Conselho Estadual de Cultura, s.d.
RENGIFO, Juan Diaz. Arte poética española. Barcelona: Imprenta de María Ángela Martí Viuda, 1759.
RODRIGUES LAPA, M. Estlística da língua portuguesa. 4ª edição. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, 1965.
__________________. Lições de literatura portuguesa. Época medieval. 6ª edição. Coimbra: Coimbra Editora Ltda., 1966.
ROUBAUD, Jacques. La vieillesse d’Alexandre. Essai sur quelques états récents du vers français. Paris: Editions Ramsay, 1988.
SAID ALI, M. Versificação portuguesa. São Paulo: Edusp, 1999.
SPINA, Segismundo. Introdução à poética clássica. São Paulo: Editora F.T.D., 1967.
________________. Manual de versificação românica medieval. Rio de Janeiro: Edições Gernasa, 1971.
TAVANI, Giuseppe. Poesia e ritmo. Tradução de Manuel Simões. Lisboa: Livraria Sá da Costa, 1983.
________________. Repertorio métrico della lírica galego-portoghese. Roma: Edizioni dell’Ateneo, 1967.
Tratado da versificação portuguesa. Lisboa: Tipografia Lacerdina, 1817.
WEIGAND, Gustave. Traité de versification française. Bromberg: Louis Levit, 1863.



1 As obras dos poetas a serem trabalhadas serão definidas, já na primeira semana de aulas, de acordo com os interesses e projetos de pesquisa dos participantes.


Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal