Universidade federal de santa catarina departamento de lingua e literatura vernáculas



Baixar 23.99 Kb.
Encontro12.01.2018
Tamanho23.99 Kb.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

DEPARTAMENTO DE LINGUA E LITERATURA VERNÁCULAS

CURSO DE POS-GRADUAÇÃO EM LITERATURA

CENTRO DE COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO


CURSO OFERECIDO NO 2015/1 PROFA DRA ANA LUIZA ANDRADE

Linha de pesquisa: Arquivo, Tempo, Imagem

Curso Espaço, tempo, memória
TITULO: A leitura do livro de Susan Buck-Morss traduzido ao português Mundo Sonhado e Catástrofe : o desaparecimento da utopia de massa no Ocidente e no Oriente
Pretende-se estudar o ESPAÇO a partir de um mundo dividido espacialmente a partir de uma divisão europeia. Pensamento lineal global (Carl Schmitt : Primeiro Imaginario Politico Planetario e os Espaços abertos: o Novo Mundo: America, Asia e Africa.) e o TEMPO relativo ao da produção ocidental capitalista.
Dois momentos:

1. o mundo da guerra fria, baseando-se na citação de Susan B-Morss de que:


“a extensão do poder que ameaça apagar o poder pessoal com o pouco espaço para a livre expressão cultural e literária. A dimensão tecnológica desta sociedade tem como resultado a sua própria máquina de guerra, posto que a transformação sócio-economica se concebe em termos militares e uma noção de engenharia social trata os seres humanos como material que, como o metal, há de se fundir-se novamente (pererabotaet’sia), convertendo-se, tal como dissera Stalin de forma afirmativa, em “pequenos tornos” da grande maquinaria da sociedade.” (Buck-Morss,p.48)
2. como se manifesta na literatura e nas artes plásticas
o devir literário na modernidade quanto à (des)valorização da memória ou do arquivo em construções/montagens de filmes e escritos. O surgimento da cultura de massas e a manipulação das massas.
Insurgências e Ressurgências (Freyre):
2. 1.Kafka e a parte do fogo

queima de arquivo (a biblioteca, o Ateneu)/Kafka e a exigência da obra (O espaço Literário)

2.2. Desterritorialização (Deleuze)

2.3. Nordesterrados: paisagens da seca


3. Guerra em muitas frentes: a esquize ...“outro homem vindo não sabes donde, em ti, importuno”... (Rimbaud) no escritor/no cineasta
Guerra sem testemunhas (Osman Lins) Willy Mompou 1969

Guerra de um homem só (Ernst Yunger/ Cosarinsky) -1981


Filmes:

La Habana: El arte nuevo de hacer ruinas (2006);

Arquitetura da Destruição (1988);
6. O jogo géstico brechtiano: aproximações, distanciamentos

6.1. paisagens (Simmel)

6.2. paisagens geométricas O voo panorâmico (Flavio de Carvalho, Joao Cabral)

6.3. Minuscule (contra-arquiteturas)


Bibliografia
ANDRADE, A. L., "Rastros da memória: a imagem no gesto do escritor" in Escrita e PsicanáliseII, organizadores Sergio Scotti, Rosi Bergamaschi, Mariana Lange, Beatriz Guimarães, Rômulo Vargas, Rafael Stobbe, Ana Costa. Curitiba: Ed. CRV, 2010, p.245-254

ANDRADE, Ana Luiza. Catálogo de Insetos. Diário Catarinense. Florianópolis: RBS Ed.10 de março de 2007,p.14.

ANTELO, Raul. . Potências da imagem. Chapecó: ARGOS, 2004.

AGAMBEN, Giorgio. “O autor como gesto” Profanações trad. Selvino Assmann. SP: Boitempo,2007.

BATAILLE, Georges. “La conciencia de la muerte.” “El trabajo y el juego” Las Lagrimas de Eros Introducción de J.M. Lo Duca. Traducción de David Fernández.

__________________A noção de despesa a parte maldita. Dir. Jayme Salomão. RJ: Imago Editora, 1975.

BELLEMIN-NÖEL, Jean. Psicanálise e Literatura. Trad. Sandra Nitrini. SP: Cultrix, 1983.

BENJAMIN,Walter. “O autor como produtor” “O teatro de Brecht”, “A arte na era da reprodutibilidade técnica”. Walter Benjamin Obras Escolhidas I Magia e Técnica Arte e Política.Ensaios sobre Literatura e História da Cultura. Trad. Sergio Paulo Rouanet Prefácio Jeanne Marie Gagnebin São Paulo: Brasiliense,1996.

BENJAMIN, Walter. Sobre o conceito de história. Magia e técnica, arte e política. Obras escolhidas vol. 2. Trad. Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense,1994.
_________________ Pequena história da fotografia. Magia e técnica, arte e política. Obras escolhidas vol. 2. Trad. Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994.

_________________Experiência e pobresa. Magia e técnica, arte e política. Obras escolhidas vol. 2. Trad. Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense,1994.

_________________ O narrador. Magia e técnica, arte e política. Obras escolhidas vol. 2. Trad. Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994.

_________________ A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. Obras escolhidas vol.2. Trad. Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994.

_________________ A doutrina das semelhanças. Obras escolhidas vol.2. Trad. Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BENJAMIN, Walter. Rua de mão unica. 5. ed São Paulo (SP): Brasiliense, 1995.



_________________ Paris do Segundo Império. Obras Escolhidas Vol.3. Trad. José Carlos Martins Barbosa e Hemerson Alves Baptista. São Paulo: Brasiliense, 1989.

BLANCHOT, Maurice.O espaço Literário. Trad. Alvaro Cabral. Rio de Janeiro: Rocco,1987.

_________________. A parte do fogo.
_________________ Escrituras del desastre.
BONITZER , Pascal. Desencuadres: cine y pintura Buenos Aires: Santiago Arcos Editor, 2007.

BUCK-Morss, Susan. Dreamworld and Catastrophe The Passing of Mass Utopia in East and West. Cambridge, Mass: The MIT Press, 2000.

_____________O cinema como prótese de percepção. Trad. Ana Luiza Andrade. Florianópolis: Cultura e Barbárie,2009.

________________. A Dialética do Olhar. Walter Benjamin e o Projeto das Passagens. Trad. Ana Luiza Andrade. Chapecó/BH: Grifos/EUFMG: 2002.

BUTOR, Michel. Inventário do tempo. Trad. de Waltensir Dutra. Nova Fronteira,1988.
CONZARINSKY, Edgardo. Blues. Buenos Aires: Adriana Hidalgo editora, 2010.

_______________________ Lejos de donde. Buenos Aires: Tusquets editores, 2009.

______________________ El pase del testigo. Buenos Aires: Editorial sudamericana, 2001.

______________________ Borges Em / E / Sobre Cinema. Trad. Laura J. Hosiasson. São Paulo: Iluminuras, 2000

______________________ A noiva de Odessa. Trad. Titan, Junior, S. V., in Piauí 19.


DELEUZE, Gilles, GUATTARI, Felix. Kafka Por uma Literatura Menor. Direção Jayme Salomão Rio de Janeiro: Imago,1977.

_____________. Imagem-Tempo. Cinema 2. Tradução Eloisa de Araujo Ribeiro. Ver. Filosófica Renato Janine Ribeiro. São Paulo: Brasiliense,2005.

DERRIDA, Jacques. Dar (el) tiempo. I. La Moneda Falsa. Trad. Cristina de Peretti. Barcelona: Paidós,1995.

_______________. O cartão-postal De Sócrates a Freud e além. Trad. Ana Valéria Lessa e Simone Perelson. RJ: Civilização Brasileira, 2007.

DIDI-HUBERMANN, Georges. Gestes d’Air et de Pierre. Corps, parole, souffle, image. Paris: Minuit, 2005.

FREUD, S. O futuro de uma Ilusão e o mal-estar na civilização. Direção Jayme Salomão. VOL. XXI, RJ: Imago Editora, 1996.

__________”O mecanismo psíquico do esquecimento” (1893-1899) in Vol. III Primeiras publicações psicanalíticas , Rio de Janeiro: Imago Editora, 1996.

FONSECA, Maria Augusta. (ORG) “A casa do romance e suas séries industriais: Avalovara como objet d’art” de ANDRADE, Ana Luiza. In Olhares sobre o Romance. São Paulo: Nankin Editorial. 2005.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas. Uma arqueologia das ciências humanas. Trad. Salma Thanus Muchail. SP: Martins Fontes,2000.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. “As escrituras do Corpo” Lembrar, Escrever, Esquecer. São Paulo: Editora 34 Ltda. ,2006.

HUIZINGA,Johan. Homo Ludens. Trad. João Paulo Monteiro. São Paulo: Perspectiva,2007.

LOPES DE BARROS, Rodrigo.”Havana: a cidade como catástrofe em Antonio José Ponte.” Alea, vol 12,n.2, julho-dezembro,2010,pp.257-268.

LUKÁCS, Georg. A teoria do romance. Um ensaio histórico-filosófico sobre as formas da grande épica. Trad.,posfácio e notas José Marcos Mariani de Macedo. SP: Editora Duas Cidades/Editora 34 Ltda., (2ª. Ed) 2009.

MORAES, Eliane Robert. O corpo impossível A decomposição da figura humana de Lautreamont a Bataille. SP: Iluminuras, 2002.

MOTA, Mauro. Paizagem das Secas. INL,1958.

NADEAU, Maurice. História do Surrealismo. Trad. Geraldo Gerson de Souza. SP: Perspectiva,2008.

NANCY, Jean-Luc. La Mirada del Retrato. Trad. Irene Agoff. Buenos Aires: Amorrortu Editores, 2006.

PELBART, Peter Pal. O tempo não-reconciliado. SP: Perspectiva.

PONTE, Carlos. Un arte de hacer ruínas in Um arte de hacer ruínas e otros cuentos. USA: Fondo de Cultura Econômica, 2005.
QUIROGA, Horacio. “La expressión por la expressión” Revista El Hogar . Cine e Literatura. 1ª. Ed. Buenos Aires: Losada, 2007, pp.222-225.

RANCIÈRE, Jacques. O inconsciente estético. Tradução de Mônica Costa Netto. São Paulo: editora34, 2009.

ROBBE_GRILLET, Allain. Por um novo romance. Trad. Cristovão Santos. Lisboa: Publicações Europa-América,1965.

__________________O ano passado em Marienbad (roteiro) Trad. Vera Adami Trad. Introd. Elisabeth Veiga. Rio de Janeiro: Nova Fronteira,1988.

SIMMEL, Georg. Ruinas (traduçãoo Antonio Carlos dos Santos)



VIRILIO, Paul. A Máquina de Visão. Da fotografia à videografia, holografia e infografia (computação eletrônica): a humanidade na “era da lógica paradoxal” Trad. Paulo Roberto Pires. RJ: José Olympio, 1994.

WILLIAMS, Rosalind. Notes on the Underground an essay on Technology, Society and the Imagination. With an afterword by the author. Cambridge, Mass., The MIT Press, 2008.

Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal