Universidade federal fluminense centro de Estudos Gerais



Baixar 50.95 Kb.
Encontro05.01.2018
Tamanho50.95 Kb.

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Centro de Estudos Gerais


Instituto de Ciências Humanas e Filosofia

Área de História

Departamento de História

Curso de Graduação em História



Professor: Marcos Alvito

Disciplina: Seminário II em História da Cultura (Diálogos entre a História e a Antropologia)


Código: GHT 00553 Carga Horária: 60h / Semestrais

Tipo: Eixo

Eixo Cronológico: Contemporânea Linha Temática: Cultura, Mentalidades e Ideologia.

Período: 02/2013 Turma: A1 Horário: 11-13h (3as. e 5as.)

Ementa: Sem maiores pretensões, este curso visa servir de introdução a algumas noções teóricas fundamentais desenvolvidas no campo da Antropologia e cada vez mais utilizadas pelos historiadores. Na medida do possível iremos analisar exemplos concretos da utilização de conceitos antropológicos em trabalhos históricos e refletiremos acerca dos resultados. Trabalharemos com três autores (e seus comentadores): Mauss, Bourdieu e Sahlins (em sua polêmica com Obeyesekere).
Objetivos: exercitar a compreensão e o manejo de conceitos e teorias antropológicas, refletindo criticamente acerca da possibilidade de utilização das mesmas pelos historiadores. O curso prevê ampla participação dos alunos, pois praticamente todas as aulas são estruturadas em torno do debate de um ou mais textos. Também será valorizado o contraste entre os diferentes autores e correntes teóricas. Mas de uma maneira simples, introdutória. Sem hermetismo.
Bibliografia de Referência: (no máximo 10 títulos):
ALVITO,Marcos

(1995) Atenas e Esparta corpo a corpo: um estudo da apropriação social do corpo feminino. Tese de Antropologia Social na USP (tese não-concluída e não-defendida; escrevi 3 capítulos e depois fiz uma tese sobre a Favela de Acari)

BOURDIEU,Pierre

(2002) Esboço de uma teoria da prática. Precedido de três estudos de etnologia cabile. Oeiras: Celta.


COHEN,David

(1994) Law, sexuality and society. The enforcement of morals in classical Athens. Cambridge: Cambridge University Press.


CERTEAU,Michel de

(1994) A invenção do cotidiano: artes de fazer. Petrópolis:Vozes.


FINLEY,M.I.

(1982) O mundo de Ulisses. Lisboa: Editorial Presença.


GOMES,Ângela de Castro.

(1994) A invenção do trabalhismo. Rio de Janeiro,Relume-Dumará.2.ed.


MAUSS,Marcel.

(1974) "Ensaio sobre a dádiva. Forma e razão da troca nas sociedades arcaicas" In: Sociologia e Antropologia, volume II. São Paulo: E.P.U./EDUSP. pp.37- 184.


OBEYESEKER,Gananath

(1997) The Apotheosis of Captain Cook: European Mythmaking in the Pacific.

Princeton: Princeton University Press.
SAHLINS,Marshall

(2001) Como pensam os 'nativos': sobre o Capitão Cook, por exemplo. São Paulo: EDUSP.


----------------------------------

UNIDADE I: Marcel Mauss e o Ensaio sobre a dádiva


UNIDADE II: Bourdieu e a Teoria da Prática
UNIDADE III: UFC teórico: Marshall Sahlins x Gananath Obeyesekere

----------------------------------


Avaliação : levará em conta a presença, a participação nos debates e dois trabalhos escritos. O Trabalho 1 é OBRIGATÓRIO. Os alunos deverão em seguida escolher entre o Trabalho 2 e o Trabalho 3. Os trabalhos serão entregues sempre na última aula de cada unidade. Os trabalhos são os seguintes:
Trabalho 1 (OBRIGATÓRIO): Defina os principais conceitos presentes no Ensaio sobre a dádiva, já levando em conta os comentários feitos por Lévi-Strauss, Sigaud e Bourdieu. Em seguida, avalie as possibilidades de utilização destes conceitos pelos historiadores a partir dos exemplos de Gomes e Finley. Máximo: 6 páginas
Prazo: 8 de outubro

Trabalho 2: Bourdieu (a definir) / Prazo: 12 de novembro
Trabalho 3: Sahlins x Obeyesekere (a definir) / Prazo: 12 de dezembro
P.S: Outros textos, trabalhados no curso ou não, além dos especificamente mencionados nos enunciados, poderão ser utilizados.
OBSERVAÇÃO: Pedimos que os trabalhos sejam impressos, preferencialmente, em frente e verso, uma singela mas efetiva colaboração com o meio-ambiente.
Observações importantes:
I. - Alguns materiais do curso como este programa, uma apostila com resumos (feitos por mim) dos textos principais e até mesmo alguns artigos em PDF (como a crítica de Chartier a Darnton) ficarão na seguinte conta do
DROPBOX (www.dropbox.com) :
login: materialdoalvito@hotmail.com
senha: marcosalvito
- procurar pelo folder: História e Antropologia 2013-01

II. Quanto à presença, seguiremos rigorosamente a norma da UFF: 75% de presença obrigatória. Lembro que, segundo as Normas e Procedimentos da UFF, na sua parte III, capítulo XI, seção III, artigo 83, parágrafo 16:
"Não há abono de faltas a aulas mesmo que o aluno comprove, por meio de documentos, doença, viagens a serviço ou trabalho extraordinário, seja em órgãos públicos ou entidades privadas, excetuados os casos inclusos no que dispõe o artigo 77 do regulamento do Corpo de Oficiais de Reserva do Exército"
Encarando o nosso trabalho conjunto como uma atividade profissional e seguindo a norma da universidade e a dinâmica de um curso voltado para os debates em sala, o número máximo de faltas permitido é de 25% da carga-horária (15 horas-aula). Ou seja, o aluno que faltar o equivalente a 8 das 30 aulas estará reprovado. A chamada será feita às 11h. Os alunos que chegarem após este horário ganharão meia-presença (uma aula ao invés de duas).
O horário da aula: 11:00-11:50 - intervalo - 12:00-12:50 (fim da aula)
- No caso dos alunos que ingressarem posteriormente no curso, através do "ajuste de disciplinas", os 25% de faltas serão calculados de acordo com o número de aulas que eles puderem efetivamente frequentar, ou seja, em termos absolutos terão direito a um número menor de faltas.

CRONOGRAMA:




01-02

10/09

Apresentação do curso, do professor e dos alunos

03-04

12/09

Mauss: vida e obra, introdução ao Ensaio sobre o dom

05-06- 07

17/09

Introdução


Aula até 14h - Capítulo 1 (1a. parte)

08-09

19/09

Cap.1 (final)
Cap. 2 (1a. parte)

10-11-12

24/09

Cap. 2 (2a. parte)

Aula até 14h - Cap. 3

13-14

26/09

Cap. 4 (Conclusão)


15-16-17

01/10

Avaliações da obra: LST, SIGAUD e BOURDIEU

Aula até 14h - Ângela de Castro Gomes, A invenção do trabalhismo , cap. IV

18-19

03/10

Cotinuação de A.C. Gomes e
FINLEY,cap. 5 - Moralidade e valores

20-21

8/10

Entrega e apres. de resenhas da UNIDADE I






Dias 10 e 12 de outubro estarei na Feira Internacional do Livro em Frankfurt a convite do Instituto Goethe, fazendo parte da seleção brasileira de escritores; no dia 15 será feriado

22-23-

24

17/10

Bourdieu: vida e obra, introdução de Loïc Wacquant


Aula até 14 h - Esboço - Prólogo e cap. 1

25-26

22/10

Cap. 1 (final)
Parte II - Prólogo

27-28-

29

24/10

Parte II - Cap. 1 (final)


Aula até 14 h - Parte II - Cap. 2

30-

31

29/10

P Parte II, capítulo 3

32-33 -34

31/10

Parte III, capítulo 4


Aula até 14 h - Crítica CERTEAU


35-36

05/11

Ex. histórico: COHEN

37-38

07/11

Idem

39-40

12/11

Entrega, apres. e debate das resenhas da UNIDADE II

41-42

14/11

OBEYESEKERE

43-44

19/11

OBEYESEKERE

45-46

21/11

OBEYESEKERE

47-48

26/11

SAHLINS

49-50

28/11

SAHLINS

51-52

05/12

SAHLINS

53-54

07/12

Avaliações do debate: GEERTZ, BOROFSKY e YOSHIDA

55-56

12/12

Entrega, apres. e debate das resenhas da UNIDADE III

57-58

14/12

Continuação

59-60

19/12

Avaliação do curso pelos alunos









©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal