Universidade fernando pessoa



Baixar 468.38 Kb.
Página1/7
Encontro07.02.2018
Tamanho468.38 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7

VANIA ROSANGELA MACHADO



Expandindo a Sala de Aula COM Tecnologia e Criatividade

UMA PROPOSTA DE PRODUÇÃO COLETIVA

UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA


Oporto, 2010


VANIA ROSANGELA MACHADO

Expandindo a Sala de Aula COM Tecnologia e Criatividade

UMA PROPOSTA DE PRODUÇÃO COLETIVA

UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA


Oporto, 2010


AUTOR: VANIA ROSANGELA MACHADO




FIRMADO




Expandindo a Sala de Aula COM Tecnologia e Criatividade

UMA PROPOSTA DE PRODUÇÃO COLETIVA

Trabajo presentado a la Universidad Fernando Pessoa como parte de los requisitos para obtener el grado de Maestría en Creatividad e Innovación con la orientación del profesor Dr. David de Prado



SUMÁRIO
MACHADO, Vania Rosangela. “Expandindo a Sala de Aula com Tecnologia e Criatividade – uma proposta de produção coletiva” Universidade Fernando Pessoa
Vive-se hoje a Era da Informação, a Sociedade do Conhecimento, mas o modelo de escola que temos é organizado e estruturado de tal forma que custa a mudar, a aceitar inovações ou boas propostas de muitos e bons pensadores da Educação.

Este trabalho discorre rapidamente sobre a chamada Era da Informação com salas de aula em que os alunos desde muito cedo, dominam as novas Tecnologias da Informação e a comunicação em rede de computadores atualmente, no Brasil, as escolas estão sendo equipadas com o necessário para que se possa pensar em avançar a partir daí para ajudar a inovar a Educação.

Mas apenas a perícia no uso das máquinas não garante o objetivo transformador de ultrapassagem dos muros da escola. Planejar ações que levem ao despertar da sensibilidade criativa para detectar os momentos, os melhores pontos para as saídas e entradas nesse muro, isso sim representará mudança de atitude e mentalidade em profissionais que precisam estar sempre em relação dialética com a realidade se quer ser um educador.

Aproveitar propostas de uso da rede de computadores para promover a abertura criativa – em via dupla – da escola à sociedade do conhecimento e da comunicação é uma perspectiva possível nestes tempos pós-modernos.




Palavras-chave:.

Produção coletiva, criatividade, tecnologias, interdisciplinaridade


ABSTRACT
Machado, Vania Rosangela. Spanding the classroom with technology and creativity – a proposition of collective production.. Fernando Pessoa University
We live today in the Information Age, the Knowledge Society, but the school model we have is organized and structured so that costs to change, to accept innovations or good proposals from many fine thinkers of Education.

This work talks briefly about the named Information Age with classrooms where students since very early, dominate the technologies of information and communication network of computers. Actuality in Brazil the schools are being equipped with the necessary to that we can think to move from there to help innovate education.


But only expertise in the use of machines does not guarantee the transformative goal of overtaking the school walls. Plan actions that lead to the awakening of creative sensibility to detect the moments, the best spots for the exits and entrances in that wall, which represents a change of attitude and mentality needed by professionals to be always in dialectical relationship with the reality if you they want to be an educator .


Getting proposals for use of the computer network to promote the creative openness - double track - the school for the knowledge society and communication is a possible perspective in these times called postmodern.

Ouvir

Ler foneticamente



 

Dicionário - Ver dicionário detalhado


Key words:. Collective
production, creativity, technology, interdisciplinary
RESUMEN

Machado, Vania Rosangela. Expandiendo el aula con Tecnología y creatividad – una propuesta de producción colectiva ”. Universidade Fernando Pessoa

Hoy se vive la Era de la información, la Sociedad del Conocimiento, pero el modelo de escuela que tenemos se organiza y estructura de tal forma que cuesta a cambiar, a aceptar innovaciones o buenas propuestas de los muchos y buenos pensadores de la Educación.

Este trabajo discurre rápidamente sobre la llamada Era de la Información, con aulas en las que los alumnos, desde muy temprano, dominan las nuevas tecnologías de la Información y la comunicación en red de computadoras. Actualmente en Brasil, las escuelas se están equipando con lo necesario para que se pueda pensar en avanzar a partir de ese punto para ayudar a innovar la Educación.

Sin embargo sólo la destreza con el uso de las máquinas no garantiza el objetivo último transformador para sobrepasar los muros de la escuela. Planificar acciones que lleven al despertar de la sensibilidad creativa hacia la detección de los momentos, los mejores puntos de salidas y entradas en ese muro, ello sí representará cambio de actitud y de mentalidad en profesionales que necesitan estar siempre en relación dialéctica con la realidad si se quiere ser un educador.

Aprovechar las propuestas de uso de la red de computadores para promover la apertura creativa – en dupla vía – de la escuela a la Sociedad del Conocimiento y de la comunicación es una perspectiva posible en estos tiempos postmodernos.


Palavras-chave:.

Produção coletiva, criatividade, tecnologias, interdisciplinaridade


DEDICATÓRIA

À vida

AGRADECIMENTOS
À ACOJE – Associação dos Colégios Jesuítas – pela ajuda que me permitiu fazer o curso.

Ao David de Prado Díez, pelo estímulo, e por sua grande generosidade.


Aos companheiros de curso e aos amigos que não me deixaram desistir


Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal